Discurso proferido pela Deputada Carmen Zanotto (PPS

Propaganda
Discurso proferido pela Deputada Carmen Zanotto (PPS-SC)
em 09/10/2012.
Sras. e Srs. Deputados, ocupo esta tribuna, para tratar de um tema que é caro
para as mulheres do mundo – o Movimento Outubro Rosa. O laço rosa do
movimento simboliza mundialmente a luta contra o câncer de mama e estimula
a participação da população, empresas e entidades na prevenção e combate
da doença.
A história do laço rosa iniciou-se nos anos 90, quando ativistas da luta contra a
SIDA inspirados pela força do laço decidiram fazer laços para os que lutavam
contra a doença. O primeiro laço Cor-de-Rosa foi introduzido pela Fundação da
Mama Susan G. Komen, que ofereceu bonés cor-de-rosa aos sobreviventes do
cancro da mama que participavam da Corrida para a Cura desde 1990. Alguns
meses mais tarde em 1991 todos os participantes da Corrida de Nova Iorque
receberam um Laço Cor-de-Rosa, no entanto não teve a importância esperada.
O New York Times declarou o ano de 1992 como o ano do Laço Cor-de-Rosa.
Em 1997, entidades americanas começaram efetivamente a comemorar e
fomentar ações voltadas à prevenção do câncer de mama. São ações
direcionadas a prevenção pelo diagnóstico precoce, para sensibilizar a
população as cidades inicialmente se enfeitavam com laços rosas, depois
surgiram ações como corridas, desfiles de modas, partidas de boliche. A
iluminação de rosa de monumentos, prédios públicos, pontes surgiu
posteriormente.
No Brasil, desde 29 de abril de 2009, vigora a Lei Federal 11.664/2008, que
garante às mulheres a partir de 40 anos a realização do exame de mamografia
na rede SUS - Sistema Único de Saúde. A Lei dispõe sobre a efetivação de
ações de saúde que assegurem a prevenção, a detecção, o tratamento e o
seguimento dos cânceres do colo uterino e de mama, no âmbito do Sistema
Único de Saúde – SUS.
Apesar da garantia da Lei, sr. presidente, não podemos deixar de ressaltar que
a dificuldade de acesso ao procedimento ainda é grande em inúmeros
municípios, principalmente entre os mais carentes.
De acordo com dados do Ministério da Saúde, houve aumento em relação ao
número de mamografias realizadas entre mulheres maiores do que 40 anos.
De janeiro a junho de 2012, foram realizados 2,2 milhões de exames, o que
representa um crescimento de 28% em relação ao mesmo período em 2010,
quando foi registrado 1,7 milhão de mamografias. Um passo importante, mas
ainda distante da meta ideal que é a de 3,8 milhões de exames.
Aqui, o engajamento no Outubro Rosa não é diferente de todo o mundo, ações
em todos os estados destacam a importância de alertar a população para o
câncer de mama. Em 2010, 12 mil pessoas morreram de câncer de mama e
apesar das ações que estão sendo desenvolvidas, o Instituto Nacional do
Câncer (INCA) estima em mais de 50 mil o número de novos casos de câncer
de mama em 2012.
Quero ressaltar que o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente entre
as mulheres, correspondendo por 22% dos casos novos a cada ano.
Em 2009, Florianópolis entrou no roteiro do Movimento Outubro Rosa através
da parceria entre a Associação Brasileira de Portadores de Câncer – AMUCC,
a FEMAMA e a Secretaria Municipal de Saúde iluminando a figueira da Praça
XV e o Lago das Bandeiras na cabeceira da Ponte Pedro Ivo. Além da
iluminação rosa, van batizadas de Rosa Móvel percorreram a cidade, levando
informações sobre diagnóstico precoce do câncer de mama à população. Em
Santa Catarina, só neste ano, foram 1.600 casos confirmados.
Além da iluminação foi preparado um material informativo que será distribuído
em postos de saúde de todo o Estado. Todo o valor arrecadado será revertido
para a Associação Brasileira de Portadores de Câncer.
Na minha cidade, Lages, a Vara da Fazenda Pública comemora o “Outubro
Rosa” com o lançamento do projeto “ Alô Elô”, que tem como objetivo
conscientizar a população quanto à prevenção do câncer de mama e a
importância do autoexame.
Em Lages, muitas mulheres, mesmo com consulta marcada, deixam de
comparecer ao consultório médico, são números preocupantes. Para isso será
sera realizado o 1º Encontro Rosa da Serra Catarinense, onde serão discutidas
ações de prevenção e combate ao câncer de mama.
O Congresso Nacional não poderia ficar alheio ao movimento estando
participando ativamente, seja na realização de sessão solene, de autoria da
Deputada Janete Pietá e da Senadora Ana Amélia, ocorrida no último dia 01 de
outubro, seja na iluminação do prédio do Congresso. Era o que tinha a dizer
Sr. Presidente.
Deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC)
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards