professor: André Pessoa História Progressão

Propaganda
Professor: André Pessoa
História
Ensino médio 1º ANOS A e B.
RENASCIMENTO
Introdução:
Durante os séculos XV e XVI intensificou-se, na Europa, a produção artística e científica. Esse período
ficou conhecido como Renascimento ou Renascença.
Contexto Histórico:
As conquistas marítimas e o contato mercantil com a Ásia ampliaram o comércio e a diversificação dos
produtos de consumo na Europa a partir do século XV. Com o aumento do comércio, principalmente com
o Oriente, muitos comerciantes europeus fizeram riquezas e acumularam fortunas. Com isso, eles
dispunham de condições financeiras para investir na produção artística de escultores, pintores, músicos,
arquitetos, escritores, etc.
Os governantes europeus e o clero passaram a dar proteção e ajuda financeira aos artistas e intelectuais da
época. Essa ajuda, conhecida como mecenato, tinha por objetivo fazer com que esses mecenas
(governantes e burgueses) se tornassem mais populares entre as populações das regiões onde atuavam.
Neste período, era muito comum as famílias nobres encomendarem pinturas (retratos) e esculturas junto
aos artistas.
Foi na Península Itálica que o comércio mais se desenvolveu neste período, dando origem a uma grande
quantidade de locais de produção artística. Cidades como, por exemplo, Veneza, Florença e Gênova
tiveram um expressivo movimento artístico e intelectual. Por este motivo, a Itália passou a ser conhecida
como o berço do Renascimento.
Características do Renascimento Cultural:
a- Antropocentrismo: (o homem no centro): Valorização do homem como ser racional. Para os
renascentistas o homem era visto como a mais bela e perfeita obra da natureza. Tem capacidade criadora
e pode explicar os fenômenos à sua volta.
b- Otimismo: Os renascentistas acreditavam no progresso e na capacidade do homem de resolver
problemas. Por essa razão apreciavam a beleza do mundo e tentavam captá-la em suas obras de arte.
c- Racionalismo: Tentativa de descobrir pela observação e pela experiência as leis que governam o
mundo. A razão humana é à base do conhecimento. Isto se contrapunha ao conhecimento baseado na
autoridade, na tradição e na inspiração de origem divina que marcou a cultura medieval.
d- Humanismo: O humanista era o indivíduo que traduzia e estudava os textos antigos, principalmente
gregos e romanos. Foi dessa inspiração clássica que nasceu a valorização do ser humano. Uma das
características desses humanistas era a não especialização. Seus conhecimentos eram abrangentes.
e- Hedonismo: Valorização dos prazeres sensoriais. Esta visão se opunha à idéia medieval de associar o
pecado aos bens e prazeres materiais.
f- Individualismo: A afirmação do artista como criador individual da obra de arte se deu no
Renascimento. O artista renascentista assinava suas obras, tornando-se famoso. O ser humano é único.
g- Inspiração na antiguidade clássica: Os artistas renascentistas procuraram imitar a estética dos antigos
gregos e romanos. O próprio termo Renascimento foi cunhado pelos contemporâneos do movimento, que
pretendiam estar fazendo renascer aquela cultura, desaparecida durante a “Idade das Trevas” (Média).
Principais figuras do Renascimento:
Itália - Dante Alighieri, Francesco Petrarca, Giovanni Boccaccio, Nicolau Maquiavel, Leonardo da Vinci,
Rafael Sanzio, Michelangelo Buonarroti.
França - François Rabelais, Michael de Montaigne.
Inglaterra - Thomas Morus, William Shakespeare.
Holanda - Erasmo de Rotterdam, Jan Van Eyck, Pieter Bruegel, Rembrandt.
Alemanha - Albrecht Dürer, Hans Holbein.
Portugal - Luís Vaz de Camões.
Espanha - Miguel de Cervantes.
A pesquisa científica evoluiu muito no período graças, entre outros, a figuras como: Leonardo da Vinci,
Nicolau Copérnico, Galileu Galilei, Johannes Kepler, André Vesálio, Miguel de Servet e William Harvey
e a invenção da imprensa por Gutemberg.
PRESTE ATENÇÃO:
O Renascimento foi uma nova visão de mundo estimulada pela burguesia em ascensão e que refletiu
nos mais diversos setores da atividade humana. Foi uma época de transição entre as Idades Medieval
e Moderna, e em que se evidenciavam lado a lado princípios e conceitos velhos e novos. Foi o inicio
de mudanças que marcariam a humanidade até os dias atuais
DICA DE FILME:
Agonia e êxtase, Warner Home Vídeo, dirigido por Carol Reed.
FIM
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Criar flashcards