contabilidade - modulo 2 ( alves )

Propaganda
TURMA DE EXERCÍCIOS – GRAMÁTICA E TEXTO
(Professor Carlos Vitor)
Texto I
Diversos municípios brasileiros, especialmente
aqueles que se urbanizaram de forma muito rápida, não
oferecem à população espaços públicos para a prática de
atividades culturais, esportivas e de lazer. A ausência desses
espaços limita a criação e o fortalecimento de redes de
relações sociais. Em um tecido social esgarçado(L.6), a
violência é cada vez maior, ameaçando a vida e
enclausurando ainda mais as pessoas nos espaços
domésticos.
Internet:http://www.polis.org.br (com adaptações)
Considerando o texto I, julgue os seguintes itens.
1 – A expressão “tecido social esgarçado” (l.6) está
empregada em sentido figurado e representa a ideia de que as
estruturas sociais estão fortalecidas em suas instituições
oficiais.
2 – A inserção da palavra consequentemente, entre vírgulas,
antes de “cada vez” torna explicita a relação entre idéias
deste período e aquelas apresentadas anteriormente no texto.
3 – A expressão “ainda mais” reforça a ideia implícita de que
há dois motivos para o enclausuramento das pessoas: a falta
de espaços públicos que favoreçam as relações sociais com
atividades culturais, esportivas e de lazer e o aumento da
ameaça de violência.
Texto II
Entre os primatas, o aumento da densidade
populacional não conduz necessariamente à violência
desenfreada. Diante da redução do espaço físico, criamos
leis mais fortes para controlar os impulsos individuais e
impedir a barbárie. Tal estratégia de sobrevivência tem
lógica evolucionista: descendemos de ancestrais que tiveram
sucesso na defesa da integridade de seus grupos; os
incapazes de fazê-lo não deixaram descendentes.
Definitivamente, não somos como os ratos.
Acerca dos textos I e II, julgue os itens a seguir.
4 – Tanto no texto I como no II, a questão do espaço físico
como um dos fatores intervenientes no processo de
intensificação da violência é vista sob o prisma da densidade
populacional excessiva.
5 – Como a escolha de estrutura gramaticais pode evidenciar
informações pressupostas e significações implícitas, no texto
II, o emprego da forma verbal em primeira pessoa –
“criamos” – autoriza a inferência de que os seres humanos
pertencem à ordem dos primatas.
6 – Por funcionar como um recurso coesivo de substituição
de idéias já apresentadas, no texto I, a expressão “Tal
estratégia de sobrevivência” retoma o termo antecedente
“violência desenfreada”.
Texto
Pesquisas constatam doses crescentes de
pessimismo diante do que o futuro esteja reservando aos que
habitam este mundo, com a globalização exacerbando a
competitividade e colocando os Estados de bem-estar social
nos corredores de espera de cumprimento da pena de morte.
6 – Preserva-se a correção gramatical e a coerência textual
ao se substituir “esteja” (L.1) por está, mas perde-se a ideia
de hipótese, de possibilidade que o modo subjuntivo confere
ao verbo.
Texto
Para o filósofo Bentham, a felicidade era uma
proposição matemática, e ele passou anos realizando
pequenos ajustes em seu “cálculo da felicidade”, um termo
maravilhosamente atraente. Eu, por exemplo, nunca associei
cálculo à felicidade. No entanto, trata-se de matemática
simples. Some os aspectos prazerosos de sua vida, depois
subtraia os desagradáveis. O resultado é a sua felicidade
total. Os mesmos cálculos, acreditava Bentham, podiam ser
aplicados a uma nação inteira. Cada medida tomada por um
governo, cada lei aprovada, deveria ser vista sob o prisma da
“maior felicidade possível”. Bentham ponderou que dar dez
dólares a um homem pobre contava mais do que dar dez
dólares a um homem rico, já que o pobre tirava mais prazer
desse dinheiro.
7 – O autor constrói seu texto de forma a se aproximar do
leitor, o que explica, por exemplo, o emprego da primeira
pessoa do singular no segundo período e o do imperativo no
quarto.
Texto
As leis elaboradas pelo Poder Legislativo
constituem um dos mais importantes instrumentos para a
proteção dos direitos naturais. Afinal, elas são as
responsáveis pela construção da liberdade individual no
Estado de sociedade. Ao compor a liberdade dos indivíduos
em sociedade, elas também limitam o poder governamental.
A participação popular e o controle popular do poder
guardam a ideia de que o exercício da política é coletivo e
racional, com vistas à conquista de algum bem. A expressão
do consentimento periódico por meio do voto, em qualquer
dos níveis de governo, é essencial para que o Estado
constitucional perdure e seja sempre capaz de proteger os
direitos inerentes às pessoas.
8 – Na argumentação do texto, a opção pela estrutura verbal
“guardam a ideia” cria o pressuposto de ser falsa a afirmação
de que “exercício da política é coletivo e racional”.
Texto
Falar em direitos humanos pressupõe localizar a
realidade que os faz emergir no contexto sócio-político e
histórico-estrutural do processo contraditório de criação das
sociedades. Implica, em suma, desvendar, a cada momento
deste processo, o que venha a resultar como direitos novos
até então escondidos sob a lógica perversa de regimes
políticos, sociais e econômicos, injustos e comprometedores
da liberdade humana.
9 – O tempo e o modo verbal em que “venha” está
empregado indicando incerteza, dúvida a respeito do que
pode vir a ser resultante em termos de “direitos novos”
Sugestões, críticas, envio de questões para resolução em sala, envie email para [email protected] Um abraço!!!
1
TURMA DE EXERCÍCIOS – GRAMÁTICA E TEXTO
(Professor Carlos Vitor)
Texto
“A mudança de qualidade no atendimento ao
cidadão começa no balcão, mas ela tem que atingir as
organizações por dentro”. Paulo Daniel B. Lima, gerente do
Programa de Qualidade, analisa isso.
É ele quem vai abrir o encontro com uma palestra
sobre o estabelecimento de padrões de qualidade de
atendimento e a necessidade de avaliação periódica da
satisfação do cidadão.
10 – A locução verbal ‘vai abrir’ denota dúvida do autor do
texto em relação ao fato de o gerente do Programa de
Qualidade realizar a palestra de abertura do encontro.
Texto
Considerando as recentes técnicas, os meios e os
problemas que envolvem os crimes de informática e a ação
de perícia criminal sobre evidências de delitos dessa
natureza, vimos sugerir a adoção de protocolos para coleta,
manipulação, exame e preparação do laudo pericial, visando
à integridade da prova e sua aceitação perante a justiça.
11 – Seriam mantidas a coerência e a correção gramatical se
a forma verbal “vimos” fosse substituída por viemos.
Texto
O levantamento concluído pelo Instituto Médico
Legal (IML) aponta, após a implantação da Lei de
Embriaguez ao Volante, uma redução de 63% nas mortes
ocasionadas por acidente de trânsito em São Paulo.
No levantamento realizado pelo IML, são
comparadas as três primeiras semanas de junho, período que
antecedeu a chamada Lei Seca, com as três semanas
posteriores. Na primeira fase, a média é de 11,7 mortos na
quinta, sexta, sábado e domingo de cada semana. Depois da
implantação da Lei Seca, a média cai para 4,3 mortos em
acidentes de trânsito.
A pesquisa foi feita nesses quatro dias de cada
semana, pois é o período em que é mais freqüente a
associação de álcool e direção com o aumento do número de
acidentes registrados.
12 – A alteração do tempo verbal para o pretérito perfeito
das formas verbais “são”, “é” e “cai” (em negrito)
prejudicaria a correção gramatical do período.
Texto
Os países têm importante papel a desempenhar na
cooperação jurídica internacional para que não se
transformem em locais seguros de guarda de dinheiro e de
bens ilegais e de refúgio para criminosos.
13 - A forma verbal “transformem” está sendo empregada
no subjuntivo por tratar-se de uma ação hipotética.
Texto
As leis elaboradas pelo Poder Legislativo
constituem um dos mais importantes instrumentos para a
proteção dos direitos naturais. Afinal, elas são as
responsáveis pela construção da liberdade individual no
Estado de sociedade. Ao compor a liberdade dos indivíduos
em sociedade, elas também limitam o poder governamental.
A participação popular e o controle popular do poder
guardam a ideia de que o exercício da política é coletivo e
racional, com vistas à conquista de algum bem. A expressão
do consentimento periódico por meio do voto, em qualquer
dos níveis de governo, é essencial para que o Estado
constitucional perdure e seja sempre capaz de proteger os
direitos inerentes às pessoas.
14 - O uso do modo subjuntivo, no último período sintático,
em “perdure” e “seja”, em orações sintaticamente
independentes, deve-se ao valor semântico do subjuntivo
para expressar a ideia de possibilidade ou suposição, que, no
caso, se aplica à função do “Estado”.
Texto
As relações financeiras do Brasil com o restante do
mundo atravessam um momento excepcional. A passagem
do país para condição de credor internacional é apenas um
marco simbólico dessa evolução.
15 – A forma verbal ‘atravessam’ está no plural para
concordar com a expressão “do Brasil com o restante do
mundo”.
Texto
O aumento do controle e do uso, por parte do
homem, da energia contida nos combustíveis fósseis,
abundantes e baratos, foi determinante para as
transformações econômicas, sociais, tecnológicas – e
infelizmente ambientais – que vêm ocorrendo desde a
Revolução Industrial.
16 – Preservam-se a correção e a coerência textual ao se
empregar “as transformações econômicas, sociais,
tecnológicas – e infelizmente ambientais” no singular.
Texto
O argumento da suposta infalibilidade dos mercados
em bases científicas e a pretensão de transformar economia e
finanças em ciências exatas produzem uma perigosa
mistificação.
17 – A flexão de plural da forma verbal ‘produzem’ é
exigida pelo termo ‘economia e finanças’.
Texto
Novos instrumentos vêm ocupar o lugar dos
instrumentos velhos e passam a ser utilizados para fazer algo
que nunca tinha sido imaginado antes.
18 – É gramaticalmente correta e coerente com a
argumentação do texto a seguinte reescrita: Cada novo
instrumento que vêm ocupar o lugar dos instrumentos
antigos passam a ser utilizados para fazer algo que antes não
tinha sido imaginado.
Texto
O Brasil é campeão mundial em agrobiodiversidade.
Estima-se que somente a Amazônia detenha mais de 25% da
biodiversidade vegetal e animal do planeta.
19 – Em “Estima-se, no último período sintático do texto, o
sujeito está oculto.
Texto
Sugestões, críticas, envio de questões para resolução em sala, envie email para [email protected] Um abraço!!!
2
TURMA DE EXERCÍCIOS – GRAMÁTICA E TEXTO
(Professor Carlos Vitor)
Falar em direitos humanos pressupõe localizar a
realidade que os faz emergir no contexto sócio-político e
histórico-estrutural do processo contraditório de criação das
sociedades. Implica, em suma, desvendar, a cada momento
deste processo, o que venha a resultar como direitos novos
até então escondidos sob a lógica perversa de regimes
políticos, sociais e econômicos, injustos e comprometedores
da liberdade humana.
20 – O paralelismo sintático e semântico entre “pressupõe”
e “implica” (primeiro parágrafo) evidencia que remetem ao
mesmo sujeito oracional.
Texto
Trabalho demais, agenda cheia, Internet, celular e
carros que chegam a mais de 200 km/h transformam o
homem moderno numa espécie de Coelho Branco de Alice
no País das Maravilhas.
21 – Se o trecho “e carros que chegam a mais de 200 Km/h”
fosse retirado do texto, a forma verbal”transformam” deveria
ser substituída por transforma.
Texto
Em dez anos, houve um incremento de 200 milhões
na ocupação feminina.
22 – O emprego de singular em “houve” deve-se ao singular
em “um incremento” e, por isso, se essa expressão estivesse
no plural, o verbo deveria ser empregado também no plural.
Texto
As estradas da Grã-Bretanha tinham sido
construídas pelos romanos, e os sulcos foram escavados por
carruagens romanas.
23 – Devido ao valor de mais-que-perfeito das formas
verbais, preservam-se a coerência textual e a correção
gramatical ao se substituir “tinham sido” por havia sido.
Texto
Muitos países já estão revendo seus conceitos
comerciais e os profissionais familiarizados com políticas e
práticas sociais terão cada vez mais destaque no mercado de
trabalho.
24 – A flexão de plural em “terão” deve-se ao fato de que
“políticas e práticas sociais”, que é o sujeito dessa forma
verbal, está no plural.
Texto
Não existem soluções mágicas, é claro, mas uma
coisa é certa: uma crise global requer soluções globais.
25 – Amplia-se a possibilidade de a primeira asserção do
texto ser verdadeira, preservando-se a correção gramatical e
a coerência entre os argumentos, ao se substituir “Não
existem (l.1) por Não devem haver.
Texto
Pesquisas constatam doses crescentes de
pessimismo diante do que o futuro esteja reservando aos que
habitam este mundo, com a globalização exacerbando a
competitividade e colocando os Estados de bem-estar
social nos corredores de espera de cumprimento da pena de
morte.
É preciso “investir no povo” recomenda o Per
Capita – um centro pensante, criado recentemente na
Austrália -, com seus dons progressistas. Configurar um
mercado no qual as empresas levem em consideração o
interesse público, sejam ampliados os compromissos de
proteção ao meio ambiente e tenham como objetivo o bemestar dos indivíduos. A questão maior é saber como colocar
em prática essas belezas, num momento em que as lutas
sociais sofrem o assédio cada vez mais agressivo da
globalização e as próprias barreiras ideológicas caem por
terra.
(texto com adaptações)
A partir do texto acima, julgue os itens subseqüentes.
26 – O desenvolvimento da argumentação do segundo
parágrafo do texto propõe algumas soluções para se
combaterem as “doses crescentes de pessimismo”, citadas no
primeiro parágrafo.
27 – No primeiro parágrafo, a argumentação do texto leva a
concluir que um dos problemas dos “Estados de bem-estar
social”, em um mundo globalizado, é o cumprimento da
pena de morte.
28 – No segundo parágrafo, o período sintático iniciado por
“Configurar” dá continuidade argumentativa a “É preciso”,
no período anterior.
29 – De acordo com o desenvolvimento das idéias do texto, a
“proteção ao meio ambiente” e o “bem-estar dos indivíduos”
são duas das “belezas” referidas no texto.
Texto
O bom momento que vive a economia
nacional estimula suas vendas, mas a indiscutível preferência
do consumidor pelo modelo flex tem outras razões.
30 – No trecho “O bom momento que vive a economia
nacional estimula suas vendas”, o sujeito das formas verbais
‘vive” e “estimula” é o mesmo.
Sugestões, críticas, envio de questões para resolução em sala, envie email para [email protected] Um abraço!!!
3
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards