Or. Subord. Substantivas.

advertisement
Colégio Cenecista “Prof. Sérgio Ferreira”
Língua Portuguesa
2º ano
Professora – Catarina Vitor
1º trimestre
Período composto por subordinação (2)

Oração subordinada – é toda oração que funciona como termo (sujeito, objeto, adjunto adnominal,
adjunto adverbial etc.) de outra oração.

Oração principal – é toda oração que tem, associada a ela, uma oração subordinada.

A uma oração principal podem relacionar-se três tipos de orações: subordinadas
substantivas, subordinadas adjetivas e subordinadas adverbiais.
Orações subordinadas substantivas
Observe, no exemplo abaixo, a classe gramatical e a função sintática da palavra derrota:
Ele admitiu a derrota.
--- função: objeto direto
--- classe: substantivo
Trocando o termo derrota pela oração que foi derrotado, teremos o período composto equivalente:
Ele admitiu que foi derrotado. --- função: objeto direto
--- equivale a: substantivo
Observe, então, que a oração que foi derrotado, ao mesmo tempo que exerce a função de objeto
direto, ocupa o lugar de um substantivo. Por isso ela recebe o nome de substantiva.
Portanto, que foi derrotado é uma oração subordinada substantiva objetiva direta.
Para sintetizar os conceitos acima, complete o seguinte quadro:
que foi derrotado

É oração porque tem verbo.

É subordinada porque ____________________________________

É substantiva porque ____________________________________

É objetiva direta porque _________________________________
Colégio Cenecista Prof. Sérgio Ferreira • Além Paraíba - MG

SÍNTESE
Oração subordinada substantiva
Estrutura da oração principal
verbo de ligação + predicativo = É bom que voltes.
Subjetiva
verbo intransitivo = Convém que nos ajundem.
(função: sujeito)
verbo na voz passiva = Será divulgado que ele virá.
Objetiva direta
(função: objeto direto)
(sujeito) + VTD = Ela disse que o viu.
Objetiva indireta
(função:objeto indireto)
(sujeito) + VTI = Não concordo com que ele jogue.
Predicativa
(função: predicativo)
sujeito + verbo de ligação = O certo é que ele sumiu.
Completiva nominal
(sujeito) + verbo + nome incompleto = Ele está certo de que venceu.
Apositiva
(função: aposto)
(sujeito) + verbo + nome = Só lhe peço isso: que me ajude.
Observações:

Os termos que estão entre parênteses podem, ocasionalmente, não aparecer na estrutura da
oração principal.

As conjunções que iniciam subordinadas substantivas chamam-se conjunções subordinativas
integrantes (em geral, que e se).
Atividades
1. Nos períodos simples a seguir, o termo destacado tem sua função sintática indicada entre
parênteses. Seguindo o exemplo, substitua o sinal # por uma oração substantiva equivalente ao
termo em destaque e classifique-a.
PS: Falsos profetas sempre anunciam o fim do mundo. (objeto direto)
PC: Falsos profetas sempre anunciam que o mundo se findará.

oração subordinada substantiva objetiva direta
a) É aconselhável sua permanência na cidade. (sujeito)
É aconselhável #. ____________________________________________________________
____________________________________________________________________________
Colégio Cenecista Prof. Sérgio Ferreira • Além Paraíba - MG
(função: complemento nominal)
b) A opinião pública exigia a renúncia do deputado. (objeto direto)
A opinião pública exigia # .
_____________________________________________________
____________________________________________________________________________
c) À noite, divulgou-se a renúncia do deputado. (sujeito)
À noite, divulgou-se # .
________________________________________________________
____________________________________________________________________________
d) A torcida estava confiante na vitória do tenista brasileiro. (complemento nominal)
A torcida estava confiante # . ___________________________________________________
____________________________________________________________________________
2. Nas frases a seguir são dadas as orações principais de possíveis períodos compostos. Faça o
seguinte:
1º) Observe a estrutura sintática da oração principal e determine o termo que lhe falta. Consulte, se
necessário, o desenvolvimento da teoria.
classificação da oração que, necessariamente, apareceria entre colchetes. Siga o exemplo.
Eu jamais aceitaria [que ...]

A oração dada apresenta sujeito (eu) e verbo transitivo direto (aceitaria); falta, portanto, o objeto
direto. Assim, a oração entre colchetes seria objetiva direta.
a) Por meio de investigações detalhadas, ficou provado [que ...]
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
b) Atualmente pouco importa [se ...]
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
c) Os documentos apresentados não confirmam [se ...]
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
d) O gerente da loja desconfiava [de que ...]
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
e) O gerente da loja estava desconfiado [de que ...]
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
Colégio Cenecista Prof. Sérgio Ferreira • Além Paraíba - MG
2º) Lembrando que a oração subordinada substantiva tem a função do termo faltante na principal, dê a
f) O grande sonho de meus pais era [que ...]
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
3. Leia este período simples: A filha esperava o perdão do pai.
a) Dê a função sintática do termo em destaque. __________________________________________
b) Essa frase é ambígua. Substituindo o termo em destaque por uma oração adequada, reescreva o período
duas vezes, de modo a obter os dois diferentes sentidos que ele pode ter.
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
4. Lembrando que um verbo não pode apresentar dois complementos (objetos) iguais, considere este
período: A empresa informou aos acionistas de que os lucros seriam pequenos.
a) Comente a incorreção gramatical que ele apresenta. _____________________________________
___________________________________________________________________________
b) Altere a oração subordinada o mínimo possível, de modo a adequar a frase ao padrão culto do idioma.
____________________________________________________________________________
c) Sem modificar a oração subordinada original, faça, no período, a menor alteração possível, de modo a
adequá-lo ao padrão culto. __________________________________________________________
____________________________________________________________________________
5. Fuvest-SP
“Não tenho dúvidas de que a reportagem esteja à procura da verdade, mas é preciso ressalvar de
que a história não pode ser escrita com base exclusivamente em documentos da polícia política.”
(O Estado de S. Paulo, 30/8/1993)
Das duas ocorrências de de que, no excerto acima, uma está correta e a outra não.
a) Justifique a correta.
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
b) Corrija a incorreta, dizendo por quê.
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
Bom Trabalho !!!
Colégio Cenecista Prof. Sérgio Ferreira • Além Paraíba - MG
___________________________________________________________________________
Colégio Cenecista Prof. Sérgio Ferreira • Além Paraíba - MG
1) A 2) C 3) B 4) D 5) A 6) C 7) C
1) voz reflexiva
2) Não, segundo tal definição, o ciúme não possui carga positiva, apenas negativa. Portanto, todo
ciúme é doentio, como bem mostra a definição, quando afirma que o ciúme é “o desejo de posse da
pessoa amada”.
Colégio Cenecista Prof. Sérgio Ferreira • Além Paraíba - MG
Download