caracterização da matriz energética brasileira

Propaganda
ISSN: 2316-2678
CARACTERIZAÇÃO DA MATRIZ ENERGÉTICA BRASILEIRA
Lariza Mikaelly Callou Bezerra , Mariane Leite de Souza, Cássia Taisy Alencar de
Andrade , Taian Mendes Feitosa , Andersson Alves da Silva
Orientador: Rodolfo José Sabiá
Área: exatas
Modalidade: oral
Instituição de Ensino: Universidade Regional do Cariri
A busca por fontes alternativas de energia a fim de retomar as condições no planeta
tem se intensificado cada vez mais. Por esse motivo, todo país procura apresentar um
matriz energética diversificada e adequada. Toda energia gerada, transformada,
distribuída e consumida por um país ou determinada região, seja todo o globo ou
apenas uma cidade, classifica-se como Matriz Energética (ME). Ela é uma ferramenta
utilizada para o planejamento energético e possui como principais fatores chaves a
disponibilidade de recursos naturais existentes, o domínio tecnológico e as relações
internacionais estabelecidas. Com base nesses conceitos, a pesquisa foi desenvolvida
com o propósito de entender o comportamento da matriz energética brasileira e
também compreender suas relações com o desenvolvimento nacional. Para isso, foram
analisados dados obtidos da U.S. Energy Information Administration, do Balanço
Energético Nacional (BEN) e outras agências internacionais ligadas a informações
sobre o consumo/produção de energia, assim como livros, periódicos, e outros
trabalhos científicos. Estudos recentes da Empresa de Pesquisa Energética (EPE)
apontam um crescimento energético latente nos próximos 25 anos e também uma
diversificação da matriz energética brasileira, a qual, em 1970, possuía o petróleo e a
lenha com total de 78%, e em 2000 a energia hidráulica aliada a estes correspondia a
74%. Dados do Ministério de Minas de Energia estimam que a energia necessária para
movimentar a economia no país deverá ficar, no ano de 2016, em mais de 286 milhões
de toneladas equivalentes de petróleo (tep), onde um tep representa 11,630 MWh.
Desse total, 43,9% são de energia renovável, o que já demonstra um maior crescimento
e diversificação da ME do país, tornando-o menos vulnerável à falta de energia.
Análises prospectivas também informam as quatro fontes dominantes da Matriz
energética brasileira para 2030, onde 77% da mesma será composta por petróleo,
energia hidráulica, gás natural e da biomassa proveniente da cana-de-açúcar. Logo, já
em uma posição favorável quando relacionado ao uso de recursos energéticos, o Brasil
deixa claro sua dinâmica, que visa baixos impactos ambientais, se tornando uma
referência para outros países decorrente do que já investiu no passado. Essa
contribuição, no entanto, tem de ser contínua para que no futuro o Brasil não se torne
um país que não aproveitou grandes oportunidades.
Palavras-chave: Sustentabilidade, Brasil, Energia Renovável, Matr
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards