Apresentação do PowerPoint

Propaganda
Ciências
Estudo dirigido para o teste
Aluna: RAYANA TEIXEIRA PEIXOTO, 7°B.
Professor: José Roberto.
Conhecendo os
Protoctistas
Capítulo 4
Protoctista
Primeiros animais
Unicelulares
Multicelulares
Eucariontes
Autótrofos
Heterótrofos
Protoctista
Protozoários
Algas
Eucariontes
Eucariontes
Unicelulares
Unicelular
Heterótrofos
Multicelular
Autótrofos
• Núcleo: Controla as funções vitais
• Pseudópodes/sarcodineos
(ameboide) : Servem para a
locomoção e a captura de
alimentos
• Vacúolo digestivo : Onde os
nutrientes são digeridos
• Vacúolo contrátil : Controla o
volume de água na célula
Classificação dos protozoários de acordo com sua locomoção
Ciliados
Flagelado
Esporozoários
 Paramécios
 Tripanossomos
 Plasmódios
 Vivem em água
doce, como rios,
lagos e poças de
água
 Tem um filamento
longo e fino
chamado flagelo
para se mover
 Causa a Malária
 Se locomovem
através de cílios
 Causa a doença de
Chagas
 Não tem estrutura de
locomoção
 São parasitas
 São expansões
citoplasmáticas
Cistos
Desfavoráveis
Parede resistente
Impede a desidratação
Reprodução dos protozoários
Bipartição ou
cissiparidade
 Simples divisão celular
 De uma célula ,duas se
originam
 Reprodução assexuada
Conjugação
 Troca de material
genético
 Reprodução sexuada
Reprodução dos protozoários
Bipartição ou cissiparidade
Conjugação
Ambíase
AGENTE : Entamoeba histolytica
COMO : Ingestão de cistos de ameba encontradas em águas e
vegetais contaminados
SINTOMAS : Diarreias sanguinolentas e calafrios
PROFILAXIA : Saneamento básico e higienização
Doença de chagas
AGENTE : Trypanosoma cruzi
COMO : Transmitidos aos seres
humanos pelas fezes de um
percevejo
SINTOMAS : Problemas
cardíacos, febre, mal estar,
inchaço nas pálpebras, no fígado
e no baço
PROFILAXIA : O uso de cortinas
e telas de proteção em janelas e
portas em locais onde o inseto
existe
Malária
 AGENTE : Gênero – Plasmodium, epítetos – vivax, falciparum ou malarie.
 COMO : Quando a fêmea do mosquito do gênero Anopheles, contaminada
com um protozoário localizado na saliva, suga o sangue de uma pessoa.
 SINTOMAS : Febre alta entre 39°C e 40°C , calafrios, suor abundante, dores
no corpo, falta de apetite, pele amarela e cansaço
 PROFILAXIA : Telas e redes de proteção em janelas e portas, eliminar
criadouros do mosquito.
Toxoplasmose
AGENTE : Toxoplasma gondii
COMO : Adquirido pelo contato com fezes de gato ou de outros animais ,
objetos contaminados e pela ingestão de alimentos contendo cistos, carnes
cruas ou malpassadas de porco ou carneiro e vegetais mal lavados
SINTOMAS : Afeta o coração, o fígado e os músculos , produzindo pequenas
manchas vermelhas pelo corpo, febre, cansaço , ínguas e problemas de visão
PROFILAXIA : Não entrar em contato com fezes de gatos ou de outros animais
não ingerir carnes cruas ou malpassadas de porco ou carneiro e vegetais mal
lavados.
Conhecendo as algas
 Fotossíntese
 São essenciais para a retirada de gás carbônico e a reposição
do ar que respiramos
 São organismos produtores e a base da cadeia alimentar
aquática
 As algas unicelulares compõem o fitoplâncton
 Parede celular :
composta de
celulose combinada
com outras
substâncias,
mantém o formato
da célula e protege
sua estrutura
 Cloropasto : onde a
clorofila está
armazenada
Clorofíceas (algas verdes)
Unicelulares
Multicelulares
Produzem amido
Aquática, marinha ou de água doce
Encontradas em troncos de árvores, barrancos
e na superfície da neve
Rodófitas (algas vermelhas)
Multicelulares
Ambiente marinho
Da parede de suas células é extraída uma gelatina
chamada ágar utilizada em laboratórios para
cultivo de bactérias
Feófitas (algas pardas)
 Multicelulares
 Ambiente marinho
 "Florestas" submarinas
 A presença de óleo acumulado nas células facilita a
flutuação das algas
 Nos sargaços, bolsas de ar diminuem o peso da alga e
facilitam o movimento dos talos
 Algina – muito utilizada na indústria de sorvetes
Euglenas
Unicelulares
Heterótrofas
Clorofiladas
Se locomovem por flagelo
Estigma (pigmento vermelho) : com ele a
euglena consegue perceber luminosidade
Diatomáceas
 Microscópicas
 Unicelulares
 Encontradas em água doce ou salgada
 Frústula (carapaça) apresenta saliências e poros
 Composta de sílica
 Algas importantes do fitoplâncton
Dinoflagelados
 Unicelulares
 Geralmente marinhos
 Com outras algas compõem o plâncton
 Possuem 2 flagelos
 O excesso de outras espécies de dinoflagelados leva a liberação de
substâncias tóxicas na água e estas podem matar animais marinhos e
intoxicar pessoas. Esse fenômeno é chamado de nocivas (FAN) ou maré
vermelha.
 Algumas espécies como a Noctiluca sp. é capaz de produzir luminescência
(brilhar) através de uma reação química, que é iniciada quando a alga
recebe um estímulo mecânico, como atrito o agitação da água ao redor.
1.Multicelulares
2.Euglenoides
3.Feofíceas
4.Rodofíceas
5.Frústula
6.Estigma
7.Bolsas de ar
8.Clorofila
9.Gomas
Reprodução das algas
Sexuada
 Consiste na união de gametas
masculino e feminino, com a
produção de zigotos que envolvem
novas algas
 Algumas fazem conjugação, em
que 2 talos se liga, por suas células
Assexuada
 Divisão da célula
 A bipartição em algas unicelulares,
podem ser :
•Fragmentação de talos, em que os
pedaços se regeneram em novas algas
•Produção de esporos, células que,
em condições favoráveis, originam
novas aulas
Resumo do capítulo
 O Reino Protoctista é constituído por seres vivos unicelulares ou multicelulares e
eucariontes. Podem ser autótrofos, como as algas, ou heterótrofos.
 Os protozoários se reproduzem principalmente por bipartição, ou seja, por divisão celular
simples em que um organismo origina outros dois, e por conjugação, em que há troca de
material genético. Esse caso configura o que se chama de reprodução sexuada .
 É importante destacar que os protozoários são alimentos de algumas espécies de animais
aquáticos. Há, porém, espécies de parasitas que causam doenças nos seres humanos, como
a amebíase.
 As algas, por sua vez, são importantes para a fotossíntese.
Os fungos
Capítulo 5
Características gerais dos fungos
 Não apresentam clorofila
 São heterótrofos
 Apresentam células eucarióticas
 As células possuem parede celular para sustentação e proteção, que é geralmente formada
por uma substância chamada quitina
 O corpo deles é formado por um emaranhado de filamentos denominados hifas
 Podem ser unicelulares ou multicelulares
 Substância de reserva – GLICOGÊNIO
 As células dos fungos liberam substâncias químicas que digerem os materiais ao seu redor e,
em seguida, absorvem apenas o que necessitam
 Esporângios : responsáveis pela formação dos esporos
 Os esporos são liberados no ar e levados pelo vento
Diferentemente das plantas e dos animais, os
fungos multicelulares não tem tecidos e suas
células costumam se organizar em filamentos
chamados de HIFAS
Uma grande quantidade de HIFAS compõe o
MICÉLIO, o corpo do fungo, que se desenvolve no
solo ou sobre o material onde o fungo vai retirar
seus nutrientes : pão, frutas, sementes, etc.
0000000
Hifas
Micélio
Produtivo/Vegetativo
Os fungos e a saúde
 Micose : se desenvolvem na pele, nas unhas e no couro cabeludo, onde as áreas são
mais úmidas e ricas em queratina, uma proteína impermeabilizante encontrada
nessas região .
 A candidíase, ou sapinho : provoca o aparecimento de bolas brancas na língua, nos
lábios e fora da boca e na região genital.
 A paroniquia , ou unheiro : o fungo se manifesta inicialmente na cutícula e depois
em volta da unha provocando alterações no formato e na aparência, .
 A frieira, ou pé de atleta : aparece entre os dedos do pé quando eles estão úmidos,
fazendo com que a pele descame, rache e surjam bolhas cheias de liquido o
tratamento é prolongado e consiste no uso de antimicóticos. Para se evitar essa
micose, é preciso manter os pés secos, usar meias de algodão, passar talco para
absorver a umidade e arejar os sapatos.
Os fungos e a alimentação
 A fermentação é uma reação química que fornece energia ao fungo. Para
tanto, decompõe o açúcar sem utilizar oxigênio, liberando, ao final,
moléculas de gás carbônico.
 Quando usamos o fermento biológico, são leveduras desidrata das que
colocamos na massa. Ao entrar em atividade, as leveduras decompõem
o açúcar e liberam álcool e gás carbônico na massa. O álcool evapora
quando ela vai ao forno e o gás carbônico forma bolhas, que a tornam
maior e mais leve.
Os fungos e a decomposição
 Por degradar a matéria orgânica, devolvendo substâncias que serão
utilizadas pelas plantas, as bactérias e os fungos são chamados de
decompositores. Eles degradam e decompõem os compostos orgânicos
que fazem parte da matéria viva e absorvem o que necessitam para se
desenvolver, deixando para trás compostos mais simples, como sais
minerais. Esses nutrientes são utilizados pelas plantas em seu
desenvolvimento.
Os fungos e outros seres vivos
 Líquen: é formado quando as hifas dos fungos se associam com algas unicelulares
 Quando os líquens estão associados, as hifas retiram água do solo e passam para as
algas, que retribuem fornecendo o açúcar, que produzem na fotossíntese, para os
fungos. Essa associação é chamada de mutualismo,uma relação entre seres de
espécies diferentes, benéfica para ambos e obrigatória para que fungos e algas
sobrevivam em ambientes onde viver separado não seria possível
 Quando se reproduzem, soltam-se dos líquens células da alga entrelaçadas às hifas
do fungo, formando o sorédio
 As micorrizas são associações entre hifas de fungos e raízes de determinadas
plantas. Nessas associações, a planta fornece alimento para os fungos e estes
aumentam a quantidade de sais minerais absorvidos pelas raízes.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards