plano ensino ética 2011

Propaganda
PLANO DE ENSINO
1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO
Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe
Curso: FISIOTERAPIA
Professores: LUDIMAR PEGORARO
Período/ Fase: 4ª
Semestre: 2º
Disciplina: ÉTICA E DEONTOLOGIA
Email: [email protected]
Ano: 2011
Carga Horária: 02
2. EMENTA
Introdução e conceituação de Ética, bem como seus posicionamentos filosóficos; Direito, Moral e
Religião. Finalidade da Fisioterapia e papel profissional do Fisioterapeuta; Relacionamento com o
doente, a comunidade, colegas e outros profissionais da saúde. Apresentação das normas
disciplinadoras do exercício profissional, as limitações e o orientador profissional do Fisioterapeuta,
Remuneração profissional. (Código de Ética Profissional do Fisioterapeuta) Considera ainda, os
conselhos Federal e Regionais de Fisioterapia e sua vinculação a Terapia Ocupacional (Principais
leis e resoluções da profissão). Bioética: Origem e desenvolvimento da Bioética e Saúde Pública.
Bioética Clínica: Bioética e Educação da área da saúde. Aspectos éticos da reprodução humana.
Manutenção da vida. Charlatanismo e curandeirismo. Ciência e ética. Pesquisas biomédicas em
seres humanos. Fisioterapia legal: conceituação e princípios. Noções de Direito. Documentos
fisioterapêuticos: aspectos éticos e legais. Iatrogenia. Responsabilidade civil e penal do
fisioterapeuta frente à imperícia, a imprudência e a negligência. Relação do fisioterapeuta com as
instituições de saúde. Sigilo profissional.
3. OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA
Analisar os conteúdos da Ética e suas implicações no desenvolvimento profissional do
fisioterapeuta.
4. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA DISCIPLINA
• Analisar a teoria da ética objetivando entender o que é bom para a sociedade e, também para
os indivíduos;
• compreender o conceito de justiça baseado na eqüidade e sensibilizar-se pela necessidade da
construção de uma sociedade justa;
• adotar atitudes de respeito pelas diferenças entre as pessoas, respeito esse necessário ao
convívio numa sociedade democrática e pluralista;
• adotar, no dia-a-dia, atitudes de solidariedade, cooperação e repúdio às injustiças e
discriminações;
• analisar a vida profissional como participação no espaço público/privado, utilizando e aplicando
os conhecimentos adquiridos na construção de uma sociedade democrática e solidária;
• valorizar e empregar o diálogo como forma de esclarecer conflitos e tomar decisões coletivas;
• construir uma imagem positiva de si, o respeito próprio traduzido pela confiança em sua
capacidade de escolher e realizar seu projeto de vida e pela legitimação das normas morais
que garantam, a todos, essa realização;
1
• assumir posições segundo seu próprio juízo de valor, considerando diferentes pontos de vista e
aspectos de cada situação;
• analisar a importância do profissional de Fisioterapia no atual contexto.
5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES
 Por se tratar de um conhecimento basilar, a disciplina de Ética e Deontologia precisa
estabelecer relações com todas as disciplinas, específicas ou não, da grade curricular do
curso.
6. HABILIDADES REQUERIDAS E COMPORTAMENTO ESPERADO
 Capacidade para análise e interpretação dos textos em contextos.
 Elaboração de textos e interpretação de questões necessárias ao desenvolvimento do
conhecimento próprio.
 Iniciativa e criatividade.
 Espírito crítico-científico (raciocínio lógico e crítico-analítico).
 Responsabilidade profissional sobre os conhecimentos e as práticas.
 Espírito de cooperação, indispensável para o desenvolvimento social saudável e sustentável.
 Capacidade para relacionar teoria e prática.
 Entender que a vida social é a finalidade de todos os conhecimentos e práticas.
7. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1
2
3
Apresentação do plano de estudos
Importância do tema para a atualidade
Objeto Da Ética
1 Problemas Morais e Problema Éticos
2 O Campo da Ética
3 Definição da Ética
4 Ética e Filosofia
5 Ética e Outras Ciências
4 Moral e História
1 Caráter histórico da Moral
2 Origens da Moral
3 Mudança Histórico-Social e Mudança da Moral
4 O Progresso Moral
5 A Essência da Moral
1 O Normativo e o Fatual
2 Moral e Moralidade
3 Caráter social da Moral
4 O Individual e o Coletivo na Moral
5 Estrutura do Ato Moral
6 Singularidade do Ato Moral
6 Responsabilidade Moral, Determinismo e Liberdade
1 Condições da Responsabilidade Moral
2 A Ignorância e a Responsabilidade Moral
3 Coação Externa e Responsabilidade Moral
4 Coação Interna e Responsabilidade Moral
5 Responsabilidade Moral e Liberdade
6 Três posições Fundamentais no Problema da Liberdade
2
7 O Determinismo Absoluto
8 O Liberalismo
9 Dialética da Liberdade e da Necessidade
7 Os Valores
1 Que São os Valores
2 Sobre o Valor Econômico
3 Definição do Valor
4 Objetivismo e Subjetivismo Axiológicos
5 A Objetividade dos Valores
6 Valores Morais e Não Morais
8 A Obrigatoriedade Moral
1 Necessidade, Coação e Obrigatoriedade Moral
2 Obrigação Moral e Liberdade
3 Caráter Social da Obrigação Moral
4 A Consciência Moral
5 Teorias da Obrigação Moral
6 Teorias Deontológica do Ato
7 Teoria Deontológica da Norma (A Teoria Kantiana da Obrigação Moral)
8 Teorias Teleológicas (Egoísmo e Utilitarismo)
9 Utilitarismo do Ato e Utilitarismo da Norma
9 Ética Profissional
10 Código de Ética Profissional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional.
8. ESTRATÉGIAS DE ENSINO
Exposição do conteúdo definindo, em cada etapa, os objetivos dos conhecimentos e habilidades
a serem desenvolvidos. Procedimentos:
 Aulas expositivas;
 Análise e interpretação de textos e artigos;
 Experiências pessoais;
 Estudos de Casos;
 Estudos dirigidos;
 Análise de filmes/vídeos.
9. SISTEMA DE AVALIAÇÃO
 A verificação do rendimento pessoal compreenderá para fins de aprovação o disposto na
Resolução CONSUN Nº 13, que prevê especificamente em seu art. 6º, que o aluno que obtiver
na disciplina média igual ou superior a seis durante o período letivo e assiduidade não inferior a
75% será considerado aprovado.
 No decorrer do semestre, os alunos terão três momentos para que os conhecimentos
adquiridos possam ser analisados (M1, M2 e M3). Esta análise de aprendizagem será feita em
grupo e de forma individual, com pesos diferenciados, conforme especificação a seguir:
 Assim a verificação se dará da seguinte forma: a constatação de pelo menos 75% de
freqüência nas atividades em sala de aula e no aproveitamento de três médias parciais (M1, M2
e M3), conforme dispõe a referida Resolução, nos seguintes termos:
3
1ª Média – M1:
- Prova de conhecimento parcial, individual, sem consulta, com uma questão bônus de
conhecimentos gerais, valendo 0,5 ponto = Peso 7,5 (75%)
- Trabalhos em grupo = Peso 1,5 (15%)
- Nota de participação, freqüência e produção em sala = Peso 1,0 (10%)
2ª Média – M2:
- Prova de conhecimento parcial, individual, sem consulta = Peso 8,0 (80%)
- Trabalhos em grupo = Peso 1,0 (10%)
- Nota de participação, freqüência e produção em sala = Peso 1,0 (10%)
3ª Média – M3:
- Prova de conhecimento parcial, individual, sem consulta = Peso 70,0 (70%)
(contemplando todo o conteúdo ministrado no semestre).
- Trabalhos em grupo = Peso 3,0 (30%)
Observações Importantes:
 As análises de aprendizagem individuais (provas) serão escritas, constituídas de pelo menos
50% de questões discursivas, e aplicadas em data previamente marcada;
 O aluno que se ausentar no dia da realização da prova só terá direito à prova substitutiva
mediante processo administrativo devidamente protocolado e autorizado pela Secretaria do
Aluno, limitando-se a apenas 01 (uma) prova substitutiva no semestre;
 Os trabalhos devem ser entregues em sala de aula, em documento impresso;
 Os trabalhos entregues com atraso terão a redução de 30% do valor e poderão ser recebidos até
a aula da semana seguinte, a partir da data de entrega determinada. Não cabem formas
substitutivas para os mesmos;
 Receberão nota 0 (zero) os trabalhos que apresentarem sinais de cópias de outros trabalhos,
contiverem evidências de material literalmente copiado ou traduzido de livros ou Internet;
 Sobre os trabalhos escritos: a avaliação tem como critérios de análise:
1. Qualidade das idéias: fundamento das idéias, correlação de conceitos e inferências, riqueza
na argumentação, profundidade dos pontos de vista;
2. Uso de convenções: normas técnicas, gramaticais e de digitação. Serão descontados os
erros gramaticais das avaliações e trabalhos entregues. O aluno terá direito a reaver os pontos
perdidos desde que apresente a avaliação ou trabalho corrigido na aula posterior à entrega do
mesmo.
3. Sempre, criatividade. Sobre as apresentações: A apresentação oral é avaliada
individualmente e será observado o domínio do aluno sobre o assunto bem como sua
capacidade de fazer correlações, além de se valorizar formas criativas de exposição do
conteúdo. Caso haja interesse, será fornecido feedback particular quanto à postura e
apresentação do(a) acadêmico(a).
 Sobre a originalidade: Os trabalhos e provas que apresentarem qualquer sinal de cópia serão
desconsiderados e receberão nota zero e não têm direito à recuperação.
10. BIBLIOGRAFIA
10.1 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CAMARGO, Marcelino. Fundamentos de Ética Geral e Profissional. Petrópolis: Vozes,
1999.

CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIAOCUPACIONAL. Código de
Ética do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional. São Paulo, 1997.

DINIZ, Debora; GUILHERM, Dirce. O que é bioética. São Paulo, Brasiliense, 2005.
4
10.2 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ANGERAMI, Camon; VALDEMAR, Augusto (org.). A ética na saúde. São Paulo, Pioneira
Thomson Learning, 2002.

COLBARI, Antonia L. Ética do Trabalho: a Vida Familiar na Construção da Identidade
Profissional. 2a ed. São Paulo: Letras & Letras, 1995.

LEPARGNEUR,Humberto. Bioética, Novo Conceito: a Caminho do Consenso. São Paulo:
Loyola, 1996.

PALÁCIOS, Marisa (Org.); MARTINS, André (Org.); PEGORARO, Olinto A. (Org.). Ética,
ciência e saúde: desafios da bioética. Petrópolis, Vozes, 2002.

SEGRE, Marco. Bioética. 2a ed. São Paulo: EDUSP- Divisão Comercial, 1999.
5
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards