baixar arquivo

Propaganda
Do Mito à Filosofia
Mito
• Mythos: “Relato”, “Fábula”,
“Narrativa”
a
Fundamento:
Imaginação
Fé
É uma narrativa sobre a
origem da coisas e dos seres
Função do Mito: Explicar e dar sentido
à realidade caótica.
Condições Históricas para o
Surgimento da Filosofia
- As viagens Marítimas
- Invenção do Calendário
- Invenção da escrita alfabética
Surgimento da
Política
As decisões eram tomadas na Ágora
(praça pública) mediante argumentos.
Uso da RAZÃO e do DISCURSO (LOGOS)
Mito:(h Cosmogonia
Filosofia: h Cosmologia
h
Uso da Razão (LOGOS) –
Diferença entre Mito e
Filosofia
Filosofia Pré-Socrática
(Séc.VII a.C.)
“Filósofos da Natureza”
1) Compreensão
Racional da origem
do Universo.
2) A Natureza é
perfeitamente
compreensível por
meios racionais
3) Busca pelo
elemento primordial
que está na origem de
todas as coisas: ARCHÉ
Filósofos Pré-Socráticos
Tales (625 – 558 a.C.)
Arché: água
Anaximandro
(610 – 547 a.C.)
Arché: Ápeiron (algo abstrato
que seria ilimitado, indefinido e
indeterminado).
Anaxímenes (585 – 525 a.C.)
Arché: Ar
Pitágoras (570 – 495 a.C.)
Arché: números (Matemática)
Demócrito (460 – 370 a.C)
Arché: átomos (partículas
indivisíveis)
Anaxágoras (500 – 428 a.C)
Arché: Homeomerias
(elementos que seriam a
união de todas as coisas em
menor ou maior grau)
Empédocles (490 – 435 a.C)
Arché: Fogo, terra, ar, água
(proporções diferentes)
Heráclito (540 – 470 a.C.)
“Não podemos banhar-nos duas
vezes no mesmo rio, porque o
rio não é mais o mesmo”.
Tudo está em movimento.
Não há nada imóvel.
Tudo é Devir.
Panta Rei (Tudo flui)
Parmênides (500 a.C. - ?)
“Necessário é o dizer e pensar que o
ente é; pois é ser. E nada não é”
O movimento não existe.
Separação entre Aparência
(Mutável) e Essência
(Imutável)
Duas Vias para o Conhecimento
da Natureza:
1ª VIA: Opinião (Mutável –
Órgãos dos Sentidos)
2ª VIA: Verdade (Imóvel –
Razão)
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards