Nota à Imprensa | Sexta-feira, 11 de Maio de 2012

Propaganda
Nota à Imprensa | Sexta-feira, 11 de Maio de 2012
--------------------------------------------------------------------
Música no Grande Auditório, dia 19 de Maio
Jorge Palma “Com todo o respeito” no TMG
No sábado, dia 19 de Maio, Jorge Palma vem ao Teatro Municipal da Guarda para o concerto de
apresentação do novo álbum, intitulado “Com todo o respeito”, editado em Outubro de 2011. Trata-se de
uma digressão acústica criada especificamente para salas onde o artista, ao piano, se faz acompanhar pelo
filho, Vicente Palma, ao piano e à guitarra.
Em “Com todo o respeito”, aquele que é por muitos considerado o melhor “cantautor” português cria um
ambiente intimista de interatividade com o público e viaja por temas bem conhecidos dos seus mais de 40
anos de carreira.
Sobre o músico, alguém escreveu que «Em Jorge Palma sobressai a capacidade de redescobrir a música,
de criar uma forma atraente, de exibir sentimentos, explorar emoções, e cativar sempre mais gente, a
acompanhar a sua solidão junto ao piano, num misto de querer estar só, mas com todos os outros».
De referir que este último disco de Jorge Palma foi galardoado com o Prémio Pedro Osório pela Sociedade
Portuguesa de Autores.
Música no Café Concerto, dia 17
Carlos Barretto e António Eustáquio apresentam “Guitolão”, o
novo disco
Na próxima quinta-feira, dia 17 de Maio, os músicos Carlos Barretto e António Eustáquio apresentam no
Café Concerto o espectáculo “Guitolão”, pelas 22h00.
“Guitolão” é um instrumento musical nascido em Portugal e é também o sonho do guitarrista Carlos Paredes
tornado realidade pelo construtor Gilberto Grácio. Trata-se de um cordofone, baseado na guitarra
portuguesa, mas com um registo mais grave.
«O encontro entre António Eustáquio (guitolão) e Carlos Barretto (contrabaixo) faz-se, pois, sob a égide
deste raro instrumento que, nas mãos de António Eustáquio ganha vida». Um concerto que promete
surpreender e onde a dupla apresenta o disco com o mesmo nome, Guitolão”, lançado com a etiqueta da
JACC Records. A entrada é livre.
Trata-se de uma iniciativa apresentada através da Rede 5 Sentidos e em parceria com o Jazz Ao Centro
Clube.
Música no Café Concerto, dia 18
3ª sessão SoniCC com Alone in the Darkness + Ésse
Na sexta, dia 18 de Maio, actuam no Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda às 22h00 mais duas
bandas selecionadas no âmbito do SoniCC: Alone in the Darkness (Guarda) e Ésse (Vilar Formoso).
Trata-se da terceira sessão desta actividade que tem como objectivo dar oportunidade às bandas e
projectos da região da Guarda de se revelarem no TMG.
Alone in the Darkness é um projecto de quatro jovens da Guarda, surgido em 2011. Aspiram tocar ao lado
de grandes bandas do movimento underground português. Os Alone in the Darkness são António Farinhas
(Guitarra/baixo/voz), Bernardo Delgado (Bateria), Leonardo Rodrigues (Teclado/voz) e Lucas Martins
(Guitarra e backing vocals).
Ésse vem de Vilar Formoso (concelho de Almeida) e é um amante dos ritmos Hip Hop. Começou a cantar
aos 13 anos. «Desde cedo que desenvolvi o meu gosto pela escrita, e naturalmente este estilo musical
cativou-me, tanto pelo seu poder introspectivo, como interventivo, entre ritmo, rimas, métrica.», refere o
jovem no seu texto de aprentação.
O SoniCC entrará brevemente numa nova fase, alargando o âmbito da iniciativa a bandas também do
Distrito de Castelo Branco. Os projectos interessados deverão enviar informação e maquetas para o TMG.
Para ver na Galeria de Arte até 20 de Maio
Última semana para visitar “Vivência a cores d’um andarilho”,
de Roberto Chichorro
O TMG tem patente na Galeria de Arte a exposição “Vivência a cores d’um andarilho”, do pintor
Moçambicano Roberto Chichorro, exposição que terminará a 20 de Maio.
Roberto Chichorro nasceu em 1941 em Lourenço Marques. Trabalhou como desenhador de publicidade e
arquitectura, e como decorador de pavilhões para feiras internacionais em Moçambique. Fez cenografias
para espectáculos e ilustrou vários livros. Foi bolseiro do Governo Espanhol, em Madrid, para cerâmica
(Taller Azul) e zincogravura (Óscar Manezzi) e do Governo Português, vivendo em Portugal desde essa
data e dedicando-se exclusivamente à pintura. Participou é várias exposições individuais e colectivas por
todo o mundo, desde 1960. É um dos mais conceituados pintores Africanos da actualidade.
Sobre a sua obra, escreve Álvaro Lobato Faria: «Qualquer obra de Roberto Chichorro poderia começar
assim. A construção do seu imaginário decorre do enquadramento de sonhos e memórias de histórias
vividas, fragmentadas e esfarrapadas pelo esquecimento, que procura repor numa unidade lógica própria da
narração. Sabe-se lá que promessas, que juras ou votos ficariam por cumprir, mas para Chichorro todas as
histórias são dignas de serem contadas. Há mais mundos do que este e para que disso tomemos
consciência, a imaginação é tão indispensável quanto o olhar, receptivo à descoberta. Aqui, reside uma das
marcas da originalidade e da intemporalidade do seu imaginário: ele opera em nós um desenraizamento,
obriga-nos a abandonar os lugares-comuns, transporta-nos para algures e daí para nenhures».
A exposição pode ser visitada de terça à sexta das 16h às 19h e das 21h00 às 23h, aos sábados das 15h
às 19h e das 21h00 às 23h e aos domingos das 15h às 19h. A entrada é livre.
-----------------------------------------------------------------------------Para mais informações, contactar:
Gabinete de Comunicação e Imagem
Culturguarda E.M. / Teatro Municipal da Guarda
Rua Batalha Reis, 12, 6300-668, GUARDA, PORTUGAL
Tel. 00351 271 205 240 • Fax. 00351 271 205 248
[email protected]
www.tmg.com.pt
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards