Discurso proferido pelo Deputado COSTA FERREIRA (PSC – MA)

Propaganda
O
postura
do
Brasil
na
liderança conjunta do G-21 e em
relação ao Mercosul é elogiável,
pois o nosso país dispõe de
potencial para propor mudanças
nas regras impositiva dos países
desenvolvidos.
Discurso
proferido
pelo
Deputado
COSTA
FERREIRA (PSC – MA).
Sr. Presidente Sras. E Srs. Deputados,
Teve início ontem a 5ª Conferência Ministerial da
organização Mundial do Comércio, onde pode ser
alinhavado acordos com repercussões previsíveis. Se
a balança pender para o lado do G-7, o mundo
continuará a naufragar na pobreza; se posicionar-se
favorável aos países pobres e em desenvolvimento,
poderemos vislumbrar, a longo prazo, um mundo
melhor.
Ao rejeitar claramente a propositura do Brasil, os
EUA demonstram que vão investir na discrepância
entre o discurso liberalizante dos mercados alheios e
no protecionismo do seu próprio mercado.
Um dos mentores e subscritário da proposta do
G-21, países em desenvolvimento, o Brasil adotou
uma postura ousada e coerente, conseguindo projetarse num delineamento de sua nova postura, agora
como uma liderança mundial. Juntamente com a Índia,
propõe à Organização Mundial do Comércio a
liberalização da produção agrícola. Sabedores da
grandeza do gesto, europeus e norte-americanos
desancam acusações contra a medida que busca o
espaço justo dentro da livre concorrência de mercado.
É preciso antever o arrocho que os grande blocos
comerciais dos países ricos exercem e quais as
conseqüências. O México, que no primeiro momento
aumentou espetacularmente suas exportações ao
ingressar no NAFTA, hoje encontra-se sob uma
dependência perigosa ao mercado dos EUA. Alargar
as fronteiras comerciais, diversificando produtos e
parcerias, torna-se imprescindível à economia de
qualquer nação que sonha grande. Ficar preso a um
único país, ou a um único bloco comercial, como o
México, aumenta a suscetibilidade de crise pela falta
de opção de mercado e perda da capacidade de
concorrência.
O Brasil caminha no rumo norte, refletindo sua
grandeza de mercado, competitivo em qualidade,
quantidade e preço. O Mercosul é um componente que
pavimenta
esse
caminho.
Fortalecer
os
laços
comerciais brasileiro no cone sul é resguardar o poder
de competir do Brasil.
A postura firme do Brasil, o investimento em
blocos
comerciais
opcionais,
marcam
nossa
participação condigna no cenário mundial. O Brasil
também já pode dizer não.
Muito Obrigado.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards