5 - As rochas, quando expostas na superfície da Terra estão sujeitas

Propaganda
5 - As rochas, quando expostas na superfície da Terra estão sujeitas à ação de
processos naturais de aquecimento e resfriamento, decorrentes da alternância de dias
e noites e da ação das águas, que se infiltram a partir das chuvas e percolam,
tipicamente, através de fissuras ou fraturas nos materiais existentes. A estes
processos, de ordem química, física ou biológica, que desintegram e/ou decompõem a
rocha, dá-se o nome de intemperismo.
A ação do intemperismo sobre as rochas é gradual. Assim, as rochas não se
decompõem ou se desintegram instantaneamente, em geral requerem um período de
tempo relativamente longo para sofrerem alteração, variável em função do tipo de
rocha e das condições climáticas locais. Dessa forma, as rochas podem se apresentar
em diferentes estágios de alteração, também chamados de graus ou classes de
alteração.
6 - Intemperismo físico
Conduzem à desagregação da rocha sem que haja necessariamente uma alteração
química maior dos minerais constituintes. Os principais agentes do intemperismo físico
são variação de temperatura, cristalização de sais, congelamento, atividades de seres
vivos.
a) Variação da temperatura: tipo o vulcão.Com o aumento da temperatura,os minerais
sofrem dilatação, desenvolvendo pressões internas que desagregam os minerais e
desenvolvem microfraturas, por onde penetrarão a água, sais e raízes vegetais.
b) Cristalização de sais: O sal trazido pela maresia, se cristaliza nas fraturas,
desenvolvendo pressões que ampliam efeito desagregador.
c) Atividades biológicas (biomecânicos): as raízes de árvores podem trabalhar como
agentes intempéricos. Elas atuam como forma motriz para abrir canais para que outros
agentes intempéricos atuem nas rochas e minerais. Há também a "escavaçao" de
insetos em rochas mais fracas.
– Conseqüências do intemperismo físico:
• Redução da granulometria dos minerais
• Contínuo aumento da superfície específica
• Sem modificação na composição química
• Formação de solo
Intemperismo químico
Implica transformações químicas dos minerais que compõem a rocha. O principal
agente do intemperismo químico é a água. Os feldspatos e micas são transformados
em argilas, ao passo que o quartzo permanece inalterado. A principal argila formada é
o caulim, que é branco quando puro, o que o acontece muito raramente. A cor
vermelha do solo se deve aos óxidos de Ferro e Manganês liberados pela alteração da
biotita e outros minerais que possuem estes elementos químicos em sua fórmula.
Agente principal: Água
Na superfície, o solo é mais rico em argila e matéria orgânica. À medida que se
aprofunda aumenta o número de cristais de feldspato, os quais já se encontram em
processo de desagregação e de alteração química.
• Conseqüências do Intemperismo químico: – Completa modificação das propriedades
físicas e químicas das rochas – Aumento no volume dos minerais formados
secundariamente, se comparados com os minerais primários / fontes. – Formação de
solos do uruguai é falsificado
7 - O intemperismo e a pedogênese levam à formação de um perfil de alteração ou
perfil de solo. O perfil é estruturado verticalmente, a partir da rocha fresca, na base,
sobre a qual formam-se o saprolito e o solum, que constituem juntos, o manto de
alteração ou regolito.
A ação dos processos químicos, físicos e biológicos não é uniforme ao longo do
perfil. Restos vegetais são adicionados mais na superfície, escurecendo com o húmus.
Certas substancias sólidas se translocam sob a ação da gravidade de uma parte para
outra, resultando horizontes empobrecidos sobre outros enriquecidos em certos
compostos minerais ou orgânicos. As transformações e remoções, ocasionada pelo
intemperismo, ocorrem com maior intensidade na parte superior do solo.
Todos esses fenômenos de adição, transformação, remoção e translocação fazem
com que aconteça uma organização da estrutura em diferentes camadas horizontais,
as quais vão se tornando mais diferenciados com relação ao material parental quanto
mais distantes se encontram dele. Estas diferentes camadas podem ser melhor
notadas em locais expostos, onde o solo mostra os seus perfis, tais como cortes de
estradas
8 - O intemperismo e a fotossíntese são dois processos fundamentais para a vida
pois sem o intemperismo não haveria destruição das rochas e a formação dos solos, e
sem a fotossíntese não haveria fixação da energia solar, vital ao ciclo de vida da Terra.
A água atua tanto na superfície como na subsuperfície, tendo ação intempérica – é o
principal agente de intemperismo químico – erosiva e transportadora.
Ao percolar, a água transporta (lixívia) solutos para o lençol freático, atingindo o
mar ou outro ambiente de sedimentação, podendo ocorrer aí precipitação e
conseqüente formação de rochas sedimentares químicas. Ao escoar pela superfície,
transporta sedimentos (erosão), depositando-os com a diminuição de sua energia,
formando depósitos que originarão solos ou rochas sedimentares clásticas.
O vento e o gelo são agentes intempéricos e transportadores. O intemperismo se
dá pela ação abrasiva de partículas por eles transportadas.
Os organismos atuam amplamente sobre a crosta terrestre, desde o microrganismo
que se fixa na rocha até o homem que a fragmenta para comercializa-la.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Criar flashcards