DINÂMICA POPULACIONAL

Propaganda
DINÂMICA POPULACIONAL

O termo Dinâmica de populações se aplica ao
estudo das variações no número de indivíduos
da população e dos fatores que influenciam
essas variações; igualmente inclui a
investigação das taxas em que se verificam as
perdas e reposições de indivíduos e de qualquer
processo regulador que tenda a manter o
tamanho da população em equilíbrio, ou que
pelo menos evite uma variação excessiva.
DINÂMICA POPULACIONAL

No uso mais comum da palavra, entende-se
por população o conjunto de pessoas ou
organismos de uma espécie que habitam
uma determinada área geográfica. Deste
modo, a nível dos seres humanos, pode ser
definida como todos ao habitantes de um
dado país ou área, considerados no seu
conjunto.
DINÂMICA POPULACIONAL

Uma comunidade ecológica é definida como um
grupo de espécies que interagem ou
potencialmente são capazes de interagir, vivendo
no mesmo lugar. Uma comunidade é mantida
unida pela rede de influências que as espécies
têm umas com as outras. Inerente neste aspecto
é a noção que o que quer que afete uma espécie
afeta também muitas outras. Obtém-se uma
compreensão das comunidades examinando as
interações que envolvem pares de espécies ou
muitas espécies entre si.
POTENCIAL BIÓTICO

Capacidade inata de uma população para
crescer em condições favoráveis. O
potencial biótico representa a capacidade
que os organismo vivos possuem de se
multiplicar rapidamente, através da
reprodução.
RESISTÊNCIA AMBIENTAL

conjunto de fatores capazes de limitar o crescimento
populacional denominamos resistência ambiental.

Entre os fatores determinantes da resistência ambiental,
podemos citar as proporções inadequadas entre os sexos na
população, os efeitos do clima e da limitação de espaço, a
competição entre os indivíduos de uma população e entre
os indivíduos de populações diferentes, e as numerosas
causas de morte como velhice, doenças, acidentes, falta de
alimento, predação, parasitismo e falta de refúgios.
CURVA DE CRESCIMENTO

Curva sigmóide(forma de S):- Para uma população introduzida
em novo ambiente, a curva de crescimento apresenta três fases
bem característas:- fase de adaptação(crescimento lento) , fase de
exploração máxima do ambiente(crescimento rápido) e fase de
resistência ambiental(crescimento lento).

Oscilações e flutuações populacionais:- Oscilações- população
equilibrada com o meio ambiente , apresenta pequenas variações
em relação ao tamanho médio, enquanto que, as flutuações
indicam variações maiores quando comparadas ao tamanho
médio da população. Isto se deve a fatores
climáticos(luminosidade, temperatura, umidade) , competição ,
predatismo , parasitismo , alimento e outros. O crescimento real
da população é = potencial biótico - resistência ambiental.
TAXAS DE MEDIDA POPULACIONAL
DENSIDADE POPULACIONAL

Mede o número de pessoas ou organismos por unidade de
área. As variantes podem expressar a população por
unidade habitável, habitada, produtiva (ou potencialmente
produtiva) ou até área cultivada.

Uma área geográfica em particular de terra é dita como
tendo capacidade máxima, representando a população
máxima que pode suportar. Alguns observadores das
sociedades humanas acreditam que o conceito de
capacidade máxima também se aplica á população
humana, e que um crescimento populacional descontrolado
pode resultar numa catastrofe. Outros opõem-se a esta
visão.
TAXAS DE MEDIDA POPULACIONAL

Taxa de natalidade:- Indica o número de nascimentos
em um determinado tempo.

Taxa de mortalidade:- Representa o número de mortes
(óbitos) em um intervalo de tempo.

Taxa de dispersão ( imigração e emigração ):
Emigração- indivíduos que saem da população original em
certo intervalo de tempo.
Imigração- indivíduos que entram ou chegam a uma nova
população.
ASSENTAMENTOS HUMANOS

O Programa Habitat da Organização das
Nações Unidas (ONU) tem como missão
promover ambiental e socialmente o
desenvolvimento sustentável dos
assentamentos humanos e a aquisição de
abrigo adequado para todos.

O Programa foi estabelecido em 1976, como
uma agência dentro das Nações Unidas, para
coordenar atividades no campo dos
assentamentos humanos.
ASSENTAMENTOS HUMANOS

O foco principal foi a implementação da
Agenda Habitat, um plano de ação global
adotado pela comunidade internacional na
Conferência Habitat 2, realizada em Istambul,
Turquia, em 1996. A Agenda é um plataforma
de princípios que devem se traduzir em
práticas. As atividades desenvolvidas no
âmbito do Habitat contribuem para o objetivo
global das Nações Unidas de reduzir a pobreza
e promover o desenvolvimento sustentável
dentro de um contexto em que o mundo que
avança aceleradamente para a urbanização.
IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS









CONCENTRAÇÃO DEMOGRÁFICA
FALTA DE MORADIA
AUMENTO DA POBREZA
DESEMPREGO E EXCLUSÃO SOCIAL
INSTABILIDADE FAMILIAR
CRIMINALIDADE E VIOLÊNCIA
VULNERABILIDADE A DESASTRES
OCUPAÇÃO DAS ENCOSTAS
DOENÇAS POR VEICULAÇÃO HÍDRICA
IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS
IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS
IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Criar flashcards