+ Fracasso escolar

Propaganda
Raízes Históricas das concepções
sobre o fracasso escolar: o triunfo de
uma classe e sua visão de mundo
Visão de mundo = natureza das ideias
“Quando um teorico elabora uma
explicação do mundo, ele está produzindo
ideias verdadeiras que nada devem à sua
existência histórica e social ou está
realizando uma transposição involuntária
para o plano das ideias de relações
sociais muito determinadas? (Chaui,1981)
A ERA DAS REVOLUÇÕES
A ERA DO CAPITAL
Revolução política Francesa (1789-1792)
Revolução Industrial Capitalista (1780)
Mudança paradigmática Idade Média e
Moderna;
Racionalismo (René Descartes) e Empirismo
(John Locke);
Contribuição do Movimento Iluminista e da
Revolução Francesa;
Fato marcante para análise da “nova” ordem
sócio-econômica: Revolução Industrial
Bacon: Fusão Racionalismo x Empirismo
(aplicabilidade do método científico aos
fenômenos
POSITIVISMO
AUGUSTO COMTE (1798 –
1857)
Pai da sociologia
Afirmação social das ciências
experimentais, afastando
radicalmente da teologia e
metafísica;
O Positivismo estabelece
identidade entre as sociedades
humanas e os organismos
biológicos (ciências físicas).
Todos têm um lugar determinado
e devem permanecer nesse lugar
para que a ordem social seja
mantida (célula).
FUNCIONALISMO
ÉMILE DURKHEIM (1858 – 1917)
Durkheim é quem reveste de caráter científico a
sociologia, tomando por base a noção positivista
de ciência proposta por Comte.
Reino social * Reino Mineral * Reino Vegetal
Reino social = Reino Moral (idéia e ideais
coletivos)
A sociologia deve descobrir as leis da vida social
Coerção exterior
Fatos sociais = coisas (neutralidade da ciência)
Educação é socialização (“O todo tem
precdência sobre as partes” – “Cada nova
geração, ao nascer, recebe pronta a forma de
educação”)
Presença do “consenso”
Sociedade: Solidariedade (mecânica (pessoas
fazem a mesma coisa juntas) ou orgânica
(pessoas assumem funções diferentes)
“A divisão do trabalho é a solução pacífica da
luta pela vida”
MATERIALISMO HISTÓRICO
KARL MARX (1818 – 1883)
Real (pensamento analítico) * Ideal (pensamento normativo) – “O
futuro desejado está contido no presente odioso”
Leis da História: “O que move a história é a luta entre as classes
sociais”
Trabalho = relação homem com a natureza, intermediando com
outros (trabalho manual e trabalho intelectual = forças produtivas)
Divisão de Trabalho: Aumento da produtividade social
Propriedade = base das desigualdades sociais
Relações sociais de produção (trabalho intelectual x trabalho
manual)
Modos de produção (escravista, feudal, capitalista)
Classes sociais
Expropriação – Alienação (falsa consciência: oriunda da ideologia
dominante)
É possível construir outras relações: Educação para emancipação
(contra a Educação para alienação)
Escola de tempo integral – dispendiosa
Trabalho infantil – desejável, desde que conjugado com a
educação (jornadas específicas de trabalho)
3 dimensões dos conteúdos educacionais: mental, física e
tecnológica
Críticas à família: Substituit uma educação doméstica por uma
educação de caráter social
Reprodutivismo
• Segundo essa corrente sociológica, a educação
reproduz as condições da sociedade, em
qualquer local e tempo.
• Tal fato se sucede a partir de dois processos
complementares: a violência material e a
violência simbólica.
• Violência material: dominação econômica
exercida
pelos
grupos
dominantes,
alimentando a dominação cultural.
• Violência simbólica: é a dominação cultural,
realizada
pelo
sistema
de
ensino,
principalmente.
• Funções do sistema de ensino: reprodução das
classes e reprodução da cultura dominante.
Deve assegurar-se da continuidade das
relações de produção estabelecidas.
• Assegura o sucesso dos considerados aptos e
o fracasso dos considerados inaptos. Para
tanto, aparenta neutralidade.
Outra abordagem da corrente reprodutivista
explica a manutenção social através dos
Aparelhos do Estado.
Aparelhos Repressivos do Estado:
baseiam-se na força, coerção e violência
física (prisões, polícia ...).
Aparelhos Ideológicos do Estado: atuam
em primeiro lugar na consciência das
pessoas, afetando seu agir, e apenas
secundariamente se utiliza a repressão
(família, escola, igreja...).
• Ainda outra fonte de reprodutivismo
aponta dois tipos de escola: a escola dos
ricos e a escola dos pobres.
• São aparelhos ideológicos que formam,
de um lado, a força de trabalho e, de
outro, os futuros governantes.
• Ambas as escolas estão a serviço dos
interesses das classes dominantes.
Michael Apple
Neoliberalismo = Restauração (Neo)Conservadora
• ORIGEM DO CONCEITO DE NEOLIBERALISMO: LIBERALISMO
ECONÔMICO (CAPITALISMO).
• NEOLIBERALISMO (CRITICA O ESTADO PELA INEFICIÊNCIA
ESTATAL) X INTERVENCIONISMO (PRIMA PELA INTERVENÇÃO
ESTATAL A FAVOR DO BEM ESTAR SOCIAL).
• ESTADO MÍNIMO = FALÊNCIA DO PÚBLICO = PRIVATIZAÇÃO.
• EMPREGABILIDADE E CLIENTELISMO > ATENDER O
MERCADO DE TRABALHO > MÃO DE OBRA > MENOS
CONSCIÊNCIA CRÍTICA > ÊNFASE NO TECNICISMO.
•
PRINCIPAIS FONTES DE INVESTIGAÇÃO NEOLIBERAL:
UNESCO, PCNS E LDB.
COMO O FRACASSO ESCOLAR É PRODUZIDO?
-Aspectos sociais
-Aspectos materiais - econômicos
-Aspectos ideológicos
-Aspectos políticos
-Aspectos culturais
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards