6º Anos Unidade 7 – Estratégias da vida... Tema 1 – O ecossistema

Propaganda
6º Anos
Unidade 7 – Estratégias da vida...
Tema 1 – O ecossistema
Ecossistema é o conjunto formado pelos fatores ambientais e pelos seres vivos interagindo nesse local.
Cada ecossistema apresenta características próprias, diferenças que determinam adaptações diversas dos
seres vivos que nele habitam.
Organismos semelhantes tendem a viver juntos formando grupos. Se gerarem descendentes férteis serão
considerados da mesma ESPÉCIE.
Quando os organismos da mesma espécie vivem em conjunto em uma mesma área, eles formam uma
POPULAÇÃO.
As populações próximas costumam interagir umas com as outras formando COMUNIDADES ou BIOCENOSES.
As relações ou interações entre os seres vivos e com o ambiente garantem - lhes alimentação, reprodução,
defesa do território e abrigo. (teoria da adaptação – DARWIN falava sobre no conceito de Seleção Natural).
Os ecossistemas são formados por componentes vivos, como as plantas e animais e componentes não-vivos
(que também podem ser chamados de fatores ambientais ou físicos e químicos.), como o ar, a água, a luminosidade,
a temperatura demais fatores climáticos.
O endereço do ser vivo é o seu HÁBITAT.
E o conjunto de hábitos desenvolvidos pelos organismos em seu hábitat se chama NICHO ECOLÓGICO. O
nicho traduz o que o ser vivo faz no ecossistema e o papel que ele desempenha, como por exemplo, o que come,
onde, em que momento do dia; como se relaciona com os outros seres e com o ambiente; a que horas do dia, ou em
que época do ano ele tem maior atividade; quando e como se reproduz.
Tema 2 – Obtenção de alimentos nos ecossistemas
As relações alimentares entre os seres vivos pode variar bastante entre os ecossistemas, constituindo uma
das suas principais características.
Os seres vivos podem obter alimentos de duas formas: produzindo-o ou se alimentando de outro organismo.
Os PRODUTORES são os seres fotossintetizantes que usam gás carbônico, água e sais minerais e luz solar
para produzir alimento. São representados por plantas e algas. Então, sem a luz solar não teríamos oxigênio e
alimento.
Os CONSUMIDORES são seres que se alimentam de outros organismos ou de suas partes, como, por
exemplo: folhas, frutos e sementes de plantas e, também, animais e seus ovos e filhotes.
Os DECOMPOSITORES são consumidores especiais que se alimentam de organismos mortos ou de resíduos
como pelôs, fezes e restos vegetais, desmanchando-nos e deixando como resíduos sais minerais que servirão para
plantas fazerem a fotossíntese e ainda evitam o acúmulo de restos e dejetos. Fungos e bactérias são os seres
decompositores.
Tema 3 – Relações alimentares no ecossistema
CADEIAS ALIMENTARES representam uma seqüência de seres vivos, na qual cada ser vivos representado se
alimenta do que o antecede e serve de alimento para o que o sucede.
As setas nas cadeias alimentares mostram o trajeto do alimento: o ser vivo indicado antes da seta servirá de
alimento par o ser vivo indicado após a seta.
NT – nível trófico
c. - consumidor
Percebam que a seta aponta também para os decompositores que podem se alimentar de plantas,
gafanhotos, sapos, cobras e gaviões.
Cada posição na cadeia alimentar é chamada de nível trófico. Assim, temos:
PRIMEIRO NÍVEL TRÓFICO: é ocupado pelo produtor. – nessa cadeia a planta.
SEGUNDO NÍVEL TRÓFICO: é ocupado pelo consumidor que se alimenta de produtores. São também
chamados herbívoros ou consumidores primários. – nessa cadeia o gafanhoto.
TERCEIRO NÍVEL TRÓFICO: é ocupado pelo consumidor que se alimenta de consumidores primários. São
também chamados consumidores secundários ou carnívoros. – nessa cadeia o sapo.
QUARTO NÍVEL TRÓFICO: é ocupado pelo consumidor que se alimenta de consumidores secundários. São
também chamados consumidores terciários ou carnívoros. – nessa cadeia a cobra.
QUINTO NÍVEL TRÓFICO: é ocupado pelo consumidor que se alimenta de consumidores terciários. São
também chamados consumidores quartenários ou carnívoros. – nessa cadeia, o gavião.
Os decompositores podem ocupar vários níveis tróficos, dependendo do que estão se alimentando.
TEIAS ALIMENTARES são cadeias alimentares que se interligam nos ecossistemas.
Temos um exemplo de várias cadeias entrelaçadas:
1 – planta  gafanhoto  pássaro  cobra  gavião  decompositores
2 – planta  gafanhoto sapo  cobra  gavião  decompositores
3 – planta  rato  coruja  decompositores
4 – planta  rato  gavião  decompositores
OBS.: quando o ser se alimenta de vegetais e de carne é chamado de onívoro.
Tema 4 – Estratégias dos seres vivos
A sobrevivência ou não de seres vivos em diferentes ecossistemas depende de suas estratégias de vida.
Veremos algumas estratégias de seres vivos para viverem em ambientes secos, frios ou quentes.
A água
As PLANTAS em ambientes secos podem apresentar algumas das seguintes estratégias:
1 – Terem raízes profundas ou muito ramificadas, que absorvem mais água.
2 – Terem folhas reduzidas ou modificadas em espinhos, que diminuem a perda de água.
3 – Terem uma camada de cera sobre as folhas, que evita a perda de água.
4 – Terem caule que armazena água.
Os ANIMAIS também podem apresentar estratégias para sobreviverem em ambientes secos:
1 – Possuem um revestimento no corpo impermeável, que evita a perda excessiva de água, como nos répteis
e insetos.
2 – As fezes são secas e a urina produzida é com pouco líquido.
3 – Vivem em tocas que conservam a umidade.
A temperatura
Ambientes quentes
Transpiração – é uma estratégia que os seres vivos possuem para regular a temperatura corporal: quando
estão se esquentando, transpiram e acabam eliminando água que tende a evaporar e nessa evaporação essa água
leve consigo o calor do corpo.
Ambientes frios
Os ANIMAIS que vivem em ambientes frios têm as seguintes estratégias:
1 - Grossa camada de gordura na pele ou pelagem comprida e abundante que ajudam a reter o calor no
corpo e evita o resfriamento.
2 – A hibernação é um sono profundo durante a estação desfavorável onde os animais diminuem a
temperatura corpórea para uma próxima à temperatura do ambiente e utilizam como fonte de energia a gordura
acumulada durante a estação favorável. Essa estratégia é mais comum nos ambientes frios, mas também pode
ocorrer como estratégia à seca.
3 – Num local onde o inverno é rigoroso quando a estação se inicia os animais podem migrar. Essas
migrações também podem ocorrer por outros motivos como falta de alimento, ou para a reprodução. Os animais
sempre migram pelo mesmo caminho.
As PLANTAS em ambientes frios perdem as folhas no outono e entram em dormência para sobreviverem ao
frio do inverno que se aproxima. Essa perda de folhas diminui o gasto de energia das plantas.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards