Interbits – SuperPro ® Web 1. Um estudante, no laboratório, deveria

Propaganda
Interbits – SuperPro ® Web
1. Um estudante, no laboratório, deveria aquecer uma certa quantidade de água desde 25 °C
até 70 °C. Depois de iniciada a experiência ele quebrou o termômetro de escala Celsius e teve
de continuá-la com outro de escala Fahrenheit. Em que posição do novo termômetro ele deve
ter parado o aquecimento?
Nota: 0 °C e 100 °C correspondem, respectivamente, a 32 °F e 212 °F.
a) 102 °F
b) 38 °F
c) 126 °F
d) 158 °F
e) 182 °F
2. Com o objetivo de recalibrar um velho termômetro com a escala totalmente apagada, um
estudante o coloca em equilíbrio térmico, primeiro, com gelo fundente e, depois, com água em
ebulição sob pressão atmosférica normal. Em cada caso, ele anota a altura atingida pela
coluna de mercúrio: 10,0 cm e 30,0 cm, respectivamente, medida sempre a partir do centro do
bulbo. A seguir, ele espera que o termômetro entre em equilíbrio térmico com o laboratório e
verifica que, nesta situação, a altura da coluna de mercúrio é de 18,0 cm. Qual a temperatura
do laboratório na escala Celsius deste termômetro?
a) 20 °C
b) 30 °C
c) 40 °C
d) 50 °C
e) 60 °C
3. Qualquer indicação na escala absoluta de temperaturas é:
a) sempre inferior ao zero absoluto.
b) sempre igual ao zero absoluto.
c) nunca superior ao zero absoluto.
d) sempre superior ao zero absoluto.
e) sempre negativa.
4. Uma escala de temperatura arbitrária X está relacionada com a escala Celsius, conforme o
gráfico a seguir.
Página 1 de 8
Interbits – SuperPro ® Web
As temperaturas de fusão do gelo e ebulição da água, sob pressão normal, na escala X são,
respectivamente,
a) - 60 e 250
b) -100 e 200
c) -150 e 350
d) -160 e 400
e) - 200 e 300
5. Calor é:
a) energia em trânsito de um corpo para outro, quando entre eles há diferença de temperatura
b) medido em graus Celsius
c) uma forma de energia que não existe nos corpos frios
d) uma forma de energia que se atribui aos corpos quentes
e) o mesmo que temperatura
6. Assinale a alternativa ERRADA.
a) Os corpos se dilatam sob efeito do calor.
b) Dois corpos em equilíbrio térmico têm, necessariamente, a mesma temperatura.
c) A transferência de calor se faz do corpo mais frio para o mais quente.
d) Quando um corpo absorve calor, sua energia térmica aumenta.
e) Temperatura é a medida da energia térmica de um corpo.
7. Com respeito à temperatura, assinale a afirmativa mais correta:
a) A escala Celsius é utilizada em todos os países do mundo e é uma escala absoluta. A
escala Kelvin só é usada em alguns países por isso é relativa.
b) A Kelvin é uma escala absoluta, pois trata do estado de agitação das moléculas, e é usada
em quase todos os países do mundo.
c) A escala Celsius é uma escala relativa e representa, realmente, a agitação das moléculas.
d) As escalas Celsius e Kelvin referem-se ao mesmo tipo de medida e só diferem de um valor
constante e igual a 273.
e) A escala Celsius é relativa ao ponto de fusão do gelo e de vapor da água e o intervalo é
dividido em noventa e nove partes iguais.
8. Analise as situações a seguir descritas, considerando-se o processo de transferência de
calor relacionado a cada uma delas:
I - Um legume se aquece ao ser colocado dentro de uma panela com água fervente.
II - O congelador, localizado na parte superior de uma geladeira, resfria todo o interior da
mesma.
III - Os componentes eletrônicos de aparelhos, em funcionamento, de uma estação espacial,
transmitem calor para o espaço.
As situações I, II e III correspondem, respectivamente, aos processos de
Página 2 de 8
Interbits – SuperPro ® Web
a) condução, convecção e condução.
b) convecção, radiação e convecção.
c) condução, convecção e radiação.
d) radiação, condução e radiação.
9. Sobre a propagação do calor, considere as seguintes afirmações:
I) O processo de convecção do calor só pode ocorrer nos meios sólidos e líquidos.
II) A irradiação do calor só pode ocorrer no vácuo.
III) A condução de calor é o processo de propagação que ocorre nos corpos sólidos.
IV) A convecção do calor só pode ocorrer nos líquidos.
Está(estão) correta(s) somente:
a) I.
b) II.
c) III.
d) II e III.
e) III e IV.
10. Quem viaja de carro ou de ônibus pode ver, ao longo das estradas, torres de transmissão
de energia tais como as da figura.
Olhando mais atentamente, é possível notar que os cabos são colocados arqueados ou, como
se diz popularmente, “fazendo barriga”.
A razão dessa disposição é que
a) a densidade dos cabos tende a diminuir com o passar dos anos.
b) a condução da eletricidade em alta tensão é facilitada desse modo.
c) o metal usado na fabricação dos cabos é impossível de ser esticado.
d) os cabos, em dias mais frios, podem encolher sem derrubar as torres.
e) os ventos fortes não são capazes de fazer os cabos, assim dispostos, balançarem.
11. Um pediatra brasileiro está fazendo especialização médica em Londres. Ao medir a
temperatura de uma criança com suspeita de infecção, obtém em seu termômetro clínico a
indicação 101,84 F.
Sobre esta temperatura é correto afirmar que:
a) este valor é preocupante, pois equivale a uma febre de 39,6 C.
Página 3 de 8
Interbits – SuperPro ® Web
b) o valor correspondente é 37,8 C, não sendo considerado como febre.
c) este valor corresponde a 37 C, sendo a temperatura corpórea normal do ser humano.
d) a criança está com temperatura de 38,8 C, indicando estado febril.
e) a indicação do termômetro traduz um quadro e hipotermia de 34,8 C.
12. Um médico, no Brasil, mede a temperatura de seu paciente e o termômetro registra
37,0 C (graus Celsius). Esta temperatura, expressa em F (graus Fahrenheit), é igual a
a) 90,8.
b) 96,8.
c) 94,6.
d) 92,0.
e) 98,6.
13. A massa de ar frio polar continua influenciando o tempo em Santa Catarina. Nesta
segunda-feira (13), Urupema voltou a registrar a temperatura mais baixa do ano até agora no
estado [...]. Há uma semana, a cidade da Serra amanhece com temperaturas negativas.
G1. Urupema volta a registrar a temperatura mais baixa do ano. Disponível em:
<http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2016/06/urupema-volta-registrartemperaturamais-baixa-do-ano-em-sc.html>. Acesso em: 13 jun. 2016 (Adaptado).
Suponha que o termômetro utilizado na cidade de Urupema, no estado do Paraná, tenha sua
escala termométrica de leitura em Fahrenheit (F) indicando uma temperatura de 15,8 F. Se o
termômetro possuísse escala termométrica em graus Celsius, quanto estaria marcando?
a) 7 °C
b) 8 °C
c) 29 °C
d) 10 °C
e) 9 °C
14. Dois termômetros de mercúrio têm reservatórios idênticos e tubos cilíndricos feitos do
mesmo vidro, mas apresentam diâmetros diferentes.
Entre os dois termômetros, o que pode ser graduado para uma resolução melhor é
a) o termômetro com o tubo de menor diâmetro terá resolução melhor.
b) o termômetro com o tubo de maior diâmetro terá melhor resolução.
c) o diâmetro do tubo é irrelevante; é apenas o coeficiente de expansão de volume do mercúrio
que importa.
d) como o vidro é o mesmo o que importa é o coeficiente de expansão linear para o de maior
diâmetro.
15. Ao longo do ano de 2015, a temperatura média na cidade de Fortaleza foi de 28  C. Na
escala Farenheit, essa temperatura corresponde a
a) 82,4 F.
b) 28 F.
c) 41,2 F.
d) 61,9 F.
e) 103,1 F.
16. Se um termômetro graduado em graus Celsius assinala 60, a leitura em outro, graduado
na escala Fahrenheit, medindo a temperatura no mesmo ambiente, assinalará
a) 280 F.
b) 42 F.
Página 4 de 8
Interbits – SuperPro ® Web
c) 140 F.
d) 40 F.
e) 63 F.
17. O pisca-pisca das lanternas dos automóveis é comandado por relés térmicos, conforme
esquema da figura abaixo, de modo que se fechando o circuito com a chave A, a corrente
aquece a lâmina bimetálica, provocando, no fim de certo tempo, a abertura do circuito pelo
afastamento dos contatos em C. Observe os materiais disponíveis a seguir:
Materiais disponíveis
Fe
Coeficiente de dilatação linear
A
24  106 C1.
Cu
14  106 C1.
Latão
20  106 C1.
Zn
26  106 C1.
10  106 C1.
O par de metais componentes de uma lâmina que provoca maior afastamento dos contatos
com o mesmo aumento de temperatura é
a) metal m  Fe; metal n  Zn.
b) metal m  Latão; metal n  A .
c) metal m  A ; metal n  Cu.
d) metal m  Latão; metal n  A .
18. Uma esfera de aço tem volume de 1.000 cm3 em uma temperatura de 20 C. Este
material possui um coeficiente de dilatação linear médio de 1,2  105 C1. A esfera é aquecida
até 220 C.
Nestas condições, a dilatação sofrida pela esfera após o aquecimento, em cm3 , é
a) 3,6.
b) 6,0.
c) 4,8.
d) 7,2.
e) 2,4.
19. Nos rolamentos de automóveis, são utilizadas algumas pequenas esferas de aço, para
facilitar o movimento e minimizar desgastes, conforme representa a figura abaixo.
Página 5 de 8
Interbits – SuperPro ® Web
Após certo tempo de funcionamento, a temperatura das esferas aumenta em 300 C devido ao
atrito.
Considere que o volume de uma esfera contida em um rolamento é 1mm3 e que o coeficiente
de dilatação linear do aço é 11 106 C1. Nas condições propostas acima, conclui-se que a
variação do volume e o volume de cada esfera, após o aquecimento em virtude do
aquecimento por atrito, são, respectivamente:
a) 1,0099 mm3 e 0,0099 mm3 .
b) 0,0066 mm3 e 1,0066 mm3 .
c) 0,0099 mm3 e 1,0099 mm3 .
d) 1,0066 mm3 e 0,0066 mm3 .
20. Para verificar se uma pessoa está febril, pode-se usar um termômetro clínico de uso
doméstico que consiste em um líquido como o mercúrio colocado dentro de um tubo de vidro
graduado, fechado em uma das extremidades e com uma escala indicando os valores de
temperatura. Em seguida, coloca-se o termômetro debaixo da axila e aguardam-se alguns
minutos para fazer a leitura.
As afirmativas a seguir referem-se ao funcionamento do termômetro.
I. A temperatura marcada no termômetro coincidirá com a temperatura de ebulição do mercúrio
do dispositivo.
II. A temperatura marcada na escala do termômetro está relacionada com a dilatação térmica
do mercúrio.
III. O tempo de espera citado acima refere-se ao tempo necessário para que se atinja o
equilíbrio térmico entre o paciente e o termômetro.
IV. Se a substância do mesmo termômetro for trocada por álcool, a temperatura indicada será a
mesma.
As afirmativas corretas são
a) I e II.
b) I e IV.
c) II e III.
d) III e IV.
Página 6 de 8
Interbits – SuperPro ® Web
Gabarito:
Resposta da questão 1:
[D]
Resposta da questão 2:
[C]
Resposta da questão 3:
[D]
Resposta da questão 4:
[C]
Resposta da questão 5:
[A]
Resposta da questão 6:
[C]
Resposta da questão 7:
[B]
Resposta da questão 8:
[C]
Resposta da questão 9:
[C]
Resposta da questão 10:
[D]
Resposta da questão 11:
[D]
Resposta da questão 12:
[E]
Resposta da questão 13:
[E]
Resposta da questão 14:
[A]
Resposta da questão 15:
[A]
Resposta da questão 16:
[C]
Resposta da questão 17:
[A]
Resposta da questão 18:
[D]
Página 7 de 8
Interbits – SuperPro ® Web
Resposta da questão 19:
[C]
Resposta da questão 20:
[C]
Página 8 de 8
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards