experiência 2

Propaganda
1º LABORATÓRIO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS I I
Turma B
DATA: 15/08/06 – ENTREGA RELATÓRIO ATÉ 15 DIAS APÓS ESTA DATA
ALUNO:________________________________________________________
TÍTULO: MEDIDAS DE TENSÃO E CORRENTE COM O OSCILOCÓPIO.
1- OBJETIVO
- Determinar valores de tensão e corrente contínua com o osciloscópio e comparar com o multiteste;
- Determinar valores de tensão e corrente alternada com o osciloscópio e comparar com o multiteste;
EQUIPAMENTOS
 Osciloscópio:
 Fonte de tensão C.C.;
 Multímetro.
 Gerador de Sinais
LISTA DE MATERIAIS
 Resistor de 1KΩ - 1/4W;
 Resistor de 10KΩ - 1/4W;
 Capacitor ( Poliéster ) 680nF - 250V
1- MEDIÇÃO DE TENSÕES C.C. POSITIVAS
Procedimento:
- Ajuste a chave de base de tempo para 1ms/div;
- Conecte a ponta de prova em um dos canais (CH1 ou CH2) ajuste a medida para CC;
- Ajuste o ganho vertical em 5V/div;
- Ligue a fonte de C.C. e ajuste para 10V de saída. Use o multímetro.
- Conecte a ponta de prova do osciloscópio na saída da fonte;
- Faça a leitura da tensão no osciloscópio (nº de divisões eixo vertical)
- V = _____ x _____ = _____V (Verifique com o multímetro se a tensão lida confere);
2- MEDIÇÃO DE TENSÕES C.C. NEGATIVAS
Inverta a posição da ponta de prova. Coloque o terra do Osciloscópio no terminal positivo e a outra ponta no
terminal negativo da fonte CC. Ajuste 3 V de saída (sensibilidade de 1V/div );
Faça a leitura; V=_____V ( osciloscópio ) e V=_____V (multiteste)
3- MEDIDA DE CORRENTE CONTÍNUA - Fazer leitura de corrente contínua com o Osciloscópio. Ajuste 5 V
na saída da fonte CC. Coloque um resistor como carga. Meça a tensão neste elemento com o Osciloscópio.
Utilize a escala mais conveniente. Insira o multiteste (amperímetro) em série ao resistor e meça a corrente.
Confira os valores obtidos de corrente entre a tensão vs resistência (lei Ohm) Osciloscópio e a corrente
medida no multiteste. Neste caso, como utilizar a medida do Osciloscópio para obter a corrente do circuito?
Faça a leitura; V=_____V (osciloscópio) e V=_____V (multiteste)
4- MEDIDA DE TENSÃO ALTERNADA - Fazer leitura de tensão alternada com o osciloscópio. Com o
gerador de sinais (senóide) 1khz e Vp = 5V conectado ao resistor de 1kΩ determine a tensão de pico a pico,
a tensão de pico e a tensão eficaz da CA na tela. Obs. V EFICAZ 
VP
2
. Medir no Osciloscópio as tensões de
pico e pico-a-pico e calcular a tensão eficaz.
Vpp = _____V; Vp = _____V; Vef = _____V;
- Medir a tensão de saída do gerador de sinais com o multiteste - Vef = _____V; Compare os resultados
obtidos. Observe que o multiteste mede tensão AC eficaz (Veficaz).
5- MEDIDA DE CORRENTE ALTERNADA (Utilize as medidas de tensão do experimento anterior) inserindo
em resistor de 1kΩ na mesma. Calcule a corrente que atravessa o circuito.
Vp = _____V; Vpp = _____V (medidas do Oscilocópio)
- Calcule a corrente eficaz que atravessa o circuito sugerido;
I = _____A;
- Confira com o multímetro.(corrente eficaz)
I = _____A;
6- MEDIDA DE FREQÜÊNCIA COM O OSCILOSCÓPIO
O osciloscópio pode ser utilizado para determinação de freqüência de um sinal elétrico.
1
6.1- RELAÇÃO ENTRE PERÍODO E FREQÜÊNCIA
A relação entre estas duas grandezas é dada pela equação: f 
1
T
6.2 - DETERMINAÇÃO DO PERÍODO DE UM SINAL
O eixo horizontal do Osciloscópio é denominado de "eixo dos tempos". Conhecendo-se o tempo de
cada divisão horizontal e o número de divisões horizontais ocupados por um ciclo da C.A. pode-se
determinar o período da C.A.:
PERÍODO = Nº de divisões horizontais de 1 ciclo vezes o Tempo de uma divisão.
- Ajuste no gerador de funções uma freqüência de 1 Khz e tensão de pico VP  1.V (senoidal).
- Medir o período da C.A. projetada na tela. T= _____s
6.3- Calcule a freqüência:
f = _____Hz <==> f= 1 / T
É possível medir freqüência com o Multiteste do laboratório? Justifique.
7- MEDIDA DE ÂNGULO DE FASE
7.1 RELAÇÃO DE FASE ENTRE TENSÃO E CORRENTE: Quando se utiliza o duplo traço cada uma das
C.A. é aplicada a um canal e a relação de fase é medida com o auxílio das divisões horizontais da tela.
A única exigência que se faz para se poder medir este ângulo de fase é que as CA's tenham mesma
freqüência, porque neste caso a defasagem é variável.
7.1- MEDIÇÃO DO ÂNGULO DE FASE: Observar isoladamente as senóides de tensão e corrente
em uma associação série de resistor com capacitor. Observar simultaneamente as senóides de tensão e
corrente no capacitor e resistor respectivamente, determinando o ângulo de fase;
7.2- DETERMINAÇÃO DO ÂNGULO DE FASE ENTRE TENSÃO E CORRENTE NA ASSOCIAÇÃO
SÉRIE CAPACITOR E RESISTOR
Monte o circuito abaixo:
- Conecte o gerador ao circuito (ele deve estar ajustado para 1Khz, 8Vpp, senoidal) e osciloscópio ao circuito
conforme a figura;
2
Confira se o comando de inversão do canal 2 está ativado (este comando serve para corrigir a
inversão ocasionada pela forma de ligação da ponta de prova do canal 2). Verifique qual a relação de fase
entre tensão da fonte e a corrente no circuito. E também qual a diferença de fase entre a tensão da fonte e a
tensão sobre o capacitor. Represente suas senóides.
Relatório:
O relatório deve conter as seguintes informações:
- Respostas das questões encontradas;
- Resultados (tabelas preenchidas, valores medidos, descrição de funcionamento, etc...) para cada
procedimento;
- Conclusão (resumo do aprendizado e constatações obtidas durante a experiência com análises dos
resultado).
3
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Criar flashcards