A144 - Formatado

Propaganda
CONCURSO PÚBLICO
PREFEITURA MUNICIPAL JOINVILLE
Prova Objetiva para o cargo de:
A144 – MÉDICO PLANTONISTA PEDIATRA - PMJ
Data: 22 de novembro de 2009.
Duração da prova: 03 (três) horas, incluído o tempo para o preenchimento do cartão-resposta.
Obs.: Você poderá entregar o caderno de provas e o gabarito somente depois decorrido o tempo
de 1hora e 30 minutos de prova.
Confira o número que você obteve no ato da inscrição com o
que está indicado no cartão-resposta
Instruções:
Para fazer a prova você usará:
Este caderno de prova com 05 (cinco) páginas, sem contar esta capa;
Um cartão-resposta que contém o seu nome, número de inscrição e cargo;
Verifique, no caderno de prova:
a) se faltam folhas e se a sequência de questões, no total de 30, está correta;
b) se há imperfeições gráficas que possam causar dúvidas;
Comunique imediatamente ao fiscal qualquer irregularidade.
Não é permitido qualquer tipo de consulta
durante a realização da prova;
Para cada questão objetiva são apresentadas 4 (quatro) alternativas diferentes de respostas (a, b, c, d,), apenas uma delas constitui a resposta correta em relação ao enunciado da questão;
Preencha completamente o alvéolo correspondente à alternativa correta de cada questão no cartão-resposta utilizando caneta esferográfica de tinta azul ou preta;
A interpretação das questões é parte integrante da prova, não será permitida consulta
aos fiscais.
Ao terminar, entregue ao fiscal o caderno de prova completo e o cartão-resposta devidamente preenchido e assinado no verso. Você receberá um folheto com a numeração das questões para que possa
anotar suas respostas para posterior conferência. O conteúdo das provas e os gabaritos serão divulgados no site www.sociesc.org.br/concursos.
A144 – Médico Plantonista Pediatra - PMJ
LÍNGUA PORTUGUESA
Aos meus colegas médicos
Enquanto as mulheres com formação universitária
têm em média 1,4 filho, as que vivem abaixo da linha
de pobreza começam a tê-los na adolescência e não
param mais. Existe modelo mais perverso?
Nós, médicos, conhecemos de perto essa realidade.
Somos testemunhas da falta de anticoncepcionais
nos postos do SUS e do calvário que as mães de
muitos filhos percorrem na vã esperança de colocar
DIU ou laquear as trompas.
Somos nós os responsáveis por esse descalabro?
Não, os principais culpados são os governantes que
controlam as verbas públicas e definem prioridades e
o poder de intimidação que a cúpula da Igreja Católica exerce sobre eles. Quando as autoridades eclesiásticas condenam o uso de qualquer anticoncepcional que não seja a obsoleta "tabelinha", para os políticos é mais prudente esquecer essa história de planejamento familiar, coisa de gente pobre, uma vez
que os mais abastados compram pílulas na farmácia,
colocam DIU em nossos consultórios, fazem laqueadura e vasectomia nos hospitais particulares.
Embora sejam os maiores culpados, justiça seja
feita, eles não são os únicos: a sociedade contribui
com o silêncio. Parece que ninguém vê a molecada
equilibrando bolinha nos faróis, as adolescentes
grávidas da periferia, o número de crianças nas favelas. Somos cegos ou avestruzes?
[...]
As vozes paralisantes dos esquerdistas de porta de
botequim, que interpretam a defesa do acesso universal à contracepção como tentativa de acabar com
a pobreza impedindo o nascimento de pobres, bem
como as imposições medievais da igreja não podem
nos intimidar. Os próprios padres, quando em contato com a miséria de seus paroquianos, só não pregam abertamente a contracepção por impedimentos
hierárquicos. Contrária a ela é a cúpula dirigente, há
muito apartada de seus rebanhos, a mesma que
comete o crime continuado de condenar o uso de
camisinha num mundo em que 40 milhões de pessoas carregam o vírus da Aids nas secreções sexuais.
Sabedores de que muitos de nossos governantes
são os primeiros a burlar as leis, nós, médicos, devemos cobrar deles a aplicação da lei do planejamento familiar. Apesar do aviltamento da profissão,
ainda dispomos de algum poder: chefiamos postos
de saúde, dirigimos hospitais, ocupamos secretarias
municipais e estaduais e cargos importantes no Ministério da Saúde.
Se não esquecermos que a função primordial da
medicina é aliviar o sofrimento humano, poderemos
dar um exemplo à sociedade ao contribuir, de fato,
para assegurar às pessoas mais pobres o direito de
planejar o tamanho de suas famílias. Exatamente
como fazemos com as nossas. (VARELLA, Drauzio. Aos
01- No período “para os políticos é mais prudente
esquecer essa história de planejamento familiar,
coisa de gente pobre, uma vez que os mais abastados compram pílulas na farmácia, colocam DIU
em nossos consultórios, fazem laqueadura e vasectomia nos hospitais particulares” pode-se afirmar que o autor:
(A) critica a ação do governo em negligenciar a situação de classes mais altas que compram pílulas, colocam DIU e frequentam hospitais particulares.
(B) critica a ação do governo de não investir em
ações de planejamento familiar para os pobres, já que classes mais altas têm acesso aos
métodos contraceptivos.
(C)critica a ação dos políticos que se esquecem
do planejamento familiar e preferem investir
verbas públicas em parcerias com hospitais
particulares.
(D)critica essa “gente pobre” que não entende
como utilizar os métodos contraceptivos e por
isso não desenvolvem um planejamento familiar eficaz.
02- No período “Apesar do aviltamento da profissão,
ainda dispomos de algum poder” a troca do vocábulo “apesar” não afetaria o sentido proposto pelo autor se fosse substituído por:
(A) Ao passo
(B) À proporção
(C) A despeito
(D) Enquanto
03- No período “Os próprios padres, quando em
contato com a miséria de seus paroquianos, só
não pregam abertamente a contracepção por impedimentos hierárquicos.” as vírgulas estão sendo utilizadas para:
(A) isolar adjunto adverbial antecipado.
(B) isolar vocativo.
(C) marcar elipse do verbo.
(D) isolar oração adverbial.
MATEMÁTICA
04- Um fazendeiro dividirá seu terreno em três partes
para plantar milho, soja e trigo. A área onde será
plantado o milho terá o dobro da área onde será
plantada a soja, que por sua vez terá o dobro da
área do trigo. O terreno tem área de 42 hectares.
As áreas reservadas para a plantação do milho,
da soja e do trigo, serão, respectivamente:
(A) 12, 24 e 6 hectares
(B) 24, 12 e 6 hectares
(C) 20, 10 e 2 hectares
(D) 14, 14 e 14 hectares
meus
colegas
médicos.
Ago.
2007.
Disponível
em
<http://www.drauziovarella.com.br/artigos/gravidezadolescencia.as
p>)
1
A144 – Médico Plantonista Pediatra - PMJ
05- 40% de 40% de 40% de uma quantidade representam a seguinte porcentagem dessa quantidade:
(A) 32%
(B) 12,8%
(C) 16%
(D) 6,4%
06- A média aritmética de três números a, b e c é 4.
A média ponderada entre eles, considerando pesos de 3, 3 e 4, respectivamente, para a, b e c é
4,2. Sabendo que a é igual a 2, y e z valem:
(A) 4 e 5
(B) 3 e 5
(C) 3 e 6
(D) 4 e 6
TEMAS CONTEMPORÂNEOS
07- A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI para geladeiras, fogões, máquinas de
lavar e tanquinhos, produtos da linha branca, que
encerraria , foi prorrogada por mais três meses.
A partir de 1º de novembro de 2009 entrou em vigor uma nova tabela cujas alíquotas passam a
ser estabelecidas com base:
(A) na eficiência energética dos produtos, de acordo com a classificação do Programa Brasileiro de Etiquetagem, coordenado pelo Inmetro.
(B) na eficiência energética dos produtos, de acordo com a classificação do Programa Brasileiro de Etiquetagem, coordenado pelo COPOM ( Comitê de Política Monetária).
(C) no preço dos produtos, de acordo com a classificação do Programa Brasileiro de Etiquetagem, coordenado pelo PROCON ( Instituto de
Defesa do Consumidor).
(D) na eficiência energética dos produtos, de acordo com a classificação do Programa Brasileiro de Etiquetagem, coordenado pela ABNT(
Associação Brasileira de Normas Técnicas).
08- De 7 a 18 de dezembro de 2009, os líderes
mundiais se encontrarão em Copenhague para,
mais uma vez, discutir:
(A) a maior participação das mulheres nas decisões políticas mundiais.
(B) o acesso de pessoas portador as de necessidades especiais a organismos internacionais.
(C) alternativas para o combate às mudanças
climáticas que ameaçam a vida humana na
Terra.
(D) decidir qual será o país sede da copa do
mundo de futebol após 2014 que será no
Brasil.
09- Ministro Henrique Meirelles destaca que os principais efeitos do turbulento cenário econômico internacional no Brasil estão relacionados a problemas de liquidez e a restrição de crédito. "A solidez da regulação nacional foi fundamental para
minimizar os impactos no Brasil". (Fonte: Revista Brasil Alemanha, 27/07/2009).
Algumas medidas foram adotadas para diminuir o
impacto da crise. Analise as frases abaixo e assinale a alternativa correta.
I- foram vendidos dólares no mercado à vista.
II- redução dos depósitos compulsórios .
III- canalização da liquidez para instituições menores com aumento do limite para o Fundo
Garantidor de Crédito (FGC).
IV- empréstimos tomados do Banco Central para
amortizar a dívida externa.
(A)
(B)
(C)
(D)
somente as frases I, III e IV estão corretas
somente as frases II , III e IV estão corretas
somente as frases I,II e III estão corretas
somente as frases II e III estão corretas
10- Apesar de ter registrado uma leve melhora em
seu indicador social, o Brasil se manteve na 70ª
posição no ranking do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), divulgado pelo Programa das
Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).
O levantamento leva em conta dados socioeconômicos de 179 países e o índice varia entre 0 e
1. Quanto mais próximo de 1, melhor é o resultado. De acordo com os números, o Brasil passou
de 0,802 para 0,807 e permaneceu dentro do
grupo das nações consideradas com alto desenvolvimento humano - de IDH superior a 0,800.
No cálculo do IDH são computados os seguintes
fatores:
(A) produção industrial (taxas de população ocupada), desemprego (número de trabalhadores
fora do mercado de trabalho) e longevidade
(expectativa de vida da população).
(B) educação (taxas de alfabetização e escolarização), longevidade (expectativa de vida da
população) e renda (PIB per capita).
(C) educação (número de analfabetos), segurança (número de policiais) e renda (PIB per capita).
(D) educação (somente o número de alunos que
concluíram o ensino médio), longevidade (expectativa de vida da população) e renda (acima de 10 salários mínimos).
2
A144 – Médico Plantonista Pediatra - PMJ
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
11- A Constituição Federal de 1988, em seu Título
VIII, Capítulo II (Da Ordem Social), Seção II (Da
Saúde), em seu artigo 200, orienta, além de outras atribuições ao Sistema único de Saúde
(SUS), nos termos da lei:
(A) Transferir a responsabilidade da execução as
ações de vigilância sanitária e epidemiológica,
bem como as de saúde do trabalhador, para
os órgãos públicos e privados do município.
(B) Controlar e fiscalizar procedimentos, produtos
e substâncias de interesse à saúde e participar da produção de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos, hemoderivados e
outros insumos.
(C)Ordenar a formação de recursos humanos na
área de saúde, para sua utilização na rede
particular de saúde.
(D)Participar da formulação da política e da execução das ações de saneamento básico no
âmbito federal.
12- Segundo a Portaria MS 2.616/98, que regulamenta as ações de controle de infecção hospitalar
no país, não são atribuições da Comissão de
Controle de Infecção Hospitalar (CCIH):
(A) Somente elaborar a aplicação de normas e rotinas técnico operacionais, visando limitar a
disseminação de agentes presentes nas infecções em curso no hospital, por meio de medidas de precaução e de isolamento.
(B) Elaborar, implementar, manter e avaliar programa de controle de infecção hospitalar, adequado às características e necessidades da
instituição, contemplando ações relativas a
capacitação do quadro de funcionários e profissionais da instituição, bem como cooperar
com a ação do órgão de gestão do SUS, fornecendo informações solicitadas.
(C)Avaliar, periódica e sistematicamente, as informações providas pelo Sistema de Vigilância
Epidemiológica das infecções hospitalares e
aprovar as medidas de controle propostas pelos membros executores de CCIH.
(D)Notificar ao Serviço de Vigilância Epidemiológica e Sanitária do organismo de gestão do
SUS os casos e surtos diagnosticados ou suspeitos de infecção associadas à utilização de
insumos e/ou produtos industrializados
13- A higienização das mãos em um ambiente hospitalar ou ambulatorial, é a medida individual mais
simples e menos dispendiosa para prevenir a
propagação de infecções. As mãos constituem a
principal via de transmissão de microrganismos,
pois a pele é um possível reservatório de diversos
microrganismos, que podem se transferir de uma
superfície para outra através de:
(A) Transferência de contaminantes (vírus, bactérias, fungos etc.) através do contato da pele diretamente com o ar ambiente e, posteriormente deste, para outras pessoas.
(B) Para a fricção antisséptica das mãos, pode-se
utilizar álcool gel a 40%, durante 5 a 10 segundos.
(C)A eficácia da higienização das mãos independe da duração da higienização.
(D)Contato direto (pele com pele), ou indireto, através do contato com objetos e superfícies
contaminados.
14- A infecção do trato urinário (ITU) é tida hoje
como a principal infecção hospitalar endêmica. A
instrumentação do trato urinário representa o fator
de risco mais importante na aquisição da ITU.
Nos pacientes mantidos sob sondagem vesical,
onde a urina é drenada para reservatórios abertos
(sistema aberto) e, para o sistema fechado a probabilidade e tempo de aparecimento da ITU são
respectivamente:
(A) 100% após 4 dias e, 50% após 10 a 14 dias.
(B) 50% após 10 a 14 dias e, 100% após 4 dias.
(C)60% após 4 dias e, 25% após 10 a 14 dias.
(D)100% independentemente de o sistema ser
aberto ou fechado.
15- A infecção do trato respiratório é a segunda
infecção hospitalar mais frequente, com mortalidade de 20 a 75% e letalidade de 50 a 70%. A
maioria das pneumonias hospitalares estão relacionadas à ventilação mecânica. Os fatores de
risco são inúmeros e podem ser classificados em
modificáveis e não modificáveis. Assinale a alternativa correta com exemplos de fatores de risco
modificáveis:
(A) Doença pulmonar crônica, idade acima de 60
anos, síndrome do desconforto respiratório do
adulto etc.
(B) Coma ou alteração do estado de consciência,
cirurgias torácicas ou abdominal etc.
(C)Politrauma, neurocirurgia, doença neuromuscular etc.
(D)Duração da ventilação mecânica (igual ou superior a 24 horas), reintubação, traqueostomia,
aspiração de conteúdo gástrico, sonda nasogástrica ou naso-enteral, dieta enteral, posição
supina etc.
3
A144 – Médico Plantonista Pediatra - PMJ
Para as questões 16 e 17 abaixo, considere o seguinte caso clínico:
“Doente, 43 anos, sexo masculino, com incisão abdominal para-mediana para - retal interna D, realizada para tratar úlcera duodenal perfurada. Desenvolveu significante infecção da ferida operatória, sem
evisceração, mas com deiscência dos planos superficiais até a aponeurose, com intensa secreção purulenta.”
16- Os patógenos mais comumente encontrados na
cultura de secreção purulenta como no caso acima são:
(A) Echerichia coli e Pseudomonas aeruginosa.
(B) Staphilococcus aureus.
(C)Staphilococcus pyogenes.
(D)Serratia spp e Proteus spp.
17- Para o tratamento ou regressão do quadro, as
seguintes condutas mostram-se eficazes para a
maioria dos casos:
(A) Antibioticoterapia em bolus e.v. (cefalosporina
de segunda geração) e lavagem da ferida com
soro fisiológico.
(B) Limpeza da ferida cirúrgica com soro fisiológico diariamente, com uso de antibiótico tópico
(ácido fusídico, p.ex.).
(C)Antibioticoterapia oral (amoxicilina clavulinato,
eritromicina p.ex.) e lavagem da ferida 1 vez
ao dia.
(D)Retirada imediata de corpos estranhos (fios de
sutura, p.ex.), seguida da lavagem da ferida
com soro fisiológico e colocação de açúcar,
repetidas 2 a 3 vezes ao dia.
18- Qual dos exames abaixo não ajuda a avaliar o
prognóstico no paciente portador de Insuficiência
Cardíaca Congestiva (ICC)?
(A) Sódio sérico.
(B) Fração de ejeção pelo ECO.
(C)Peptídeo Natriurético Cerebral (BNP).
(D)Dosagem de vitamina B12 e fósforo sérico.
19- Faça as correlações (classificações) respectivas
para o Diabete Melito Tipo 1 e Tipo 2 e, a seguir,
escolha a alternativa correta:
I – Diabete Melito Tipo 1
II – Diabete Melito Tipo 2
(
(
(
(
(
(
) resistência à insulina, hiperinsulinemia e diminuição das células beta-pancreáticas
) destruição das células beta-pancreáticas
) início da doença, geralmente após os 40 anos
) tratamento com insulina em esquema intensivo
) sintomas: assintomático ou presença de poliúria, polidipsia, perda de peso etc.
) tratamento: dieta, exercício, drogas orais e
insulina, além do tratamento das comorbidades
A sequência correta de preenchimento (de cima
para baixo) é a seguinte:
(A) II, I, II, I, II, II
(B) II, II, I, II, I, I
(C)I, II, I, I, I, II
(D)I, I, I, II, II, I
20- Considerando os critérios de gravidade nos
casos de pancreatite aguda, o achado à tomografia computadorizada que indica uma taxa de mortalidade maior que 15% é:
(A) Coleção líquida única
(B) Morfologia normal
(C)Inflamação peripancreática
(D)Aumento focal da glândula
21- São achados de crise muito grave de asma,
com risco iminente de parada respiratória:
I. Bradicardia
II. Ausência de pulso paradoxal, na presença
de outros sinais de gravidade.
III. Respiração paradoxal
IV. Sonolência ou confusão mental
Assinale a alternativa correta:
(A) I, II e III.
(B) II e III.
(C)I, II, III e IV.
(D)I, III e IV.
22- Assinale a alternativa correta sobre a otite média aguda.
(A) Nas crianças menores de seis meses, a otite
média aguda deve ser conduzida de modo expectante.
(B) O abaulamento da membrana timpânica é o
sinal mais importante na otite média aguda e
sua presença diferencia causa bacteriana de
viral.
(C)No nosso meio, a antibioticoterapia é recomendada para todos os casos suspeitos ou
confirmada de otite média aguda.
(D)Em crianças abaixo de um ano, a presença de
conjuntivite purulenta associado à otite média
aguda aumenta a probabilidade de causa viral.
23- A lesão mais comum no trauma abdominal fechado é:
(A) Fígado
(B) Pâncreas
(C)Jejuno
(D)Baço
4
A144 – Médico Plantonista Pediatra - PMJ
24- Assinale a alternativa correta sobre epilepsia
na infância:
(A) O tratamento do estado de mal epiléptico na
criança, não difere do adulto, exceto pela dose
das drogas antiepilépticas.
(B) A síndrome epiléptica mais comum é ausência, que responde bem a carbamazepina.
(C)A perda da consciência demorada, ausência
de pródomos e recuperação lenta da consciência sugere o diagnóstico de sincope convulsiva.
(D)A maioria das crises epilépticas, no adulto e
na criança, são do tipo generalizada tônicoclônica (convulsão).
25- Assinale a alternativa correta sobre infecção
urinária na infância.
(A) A maior frequência dos casos de ITU na infância é causada pela Klebsiella sp.
(B) A estenose de junção vésico-ureteral; é a principal alteração do trato urinário relacionado à
infecção urinária na infância.
(C)No tratamento da ITU na infância, o cloranfenicol é a droga de primeira escolha em lactantes.
(D) Duração mínima do tratamento é de dez dias,
independente da via de administração do antibiótico.
26- Assinale a alternativa correta sobre o diagnóstico da pneumonia na infância:
(A) A hemocultura deve sempre ser solicitada,
pois apresenta uma taxa de isolamento do agente etiológico em torno de 90%.
(B) Padrão intersticial ou alveolointersticial e a
presença de atelectasia são achados radiológicos sugestivos de pneumonia bacteriana.
(C)A ultrassonografia na pneumonia está indicada
na avaliação do acometimento pleural, pela
presença de derrame pleural, debris ou septações.
(D)Nos casos em que a clinica é sugestiva de
pneumonia, não é necessária a realização do
RX de tórax.
27- Sobre a vacina contra hepatite B é correto afirmar que:
(A) A vacina pode ser aplicada em qualquer faixa
etária, porém as crianças recebem o dobro da
dose recomendada para os adultos.
(B) Deve ser aplicada, preferencialmente, dentro
das primeiras 12 horas de vida.
(C)Mesmo após completar três doses, as crianças
saudáveis dever ser revacinadas, por volta
dos 10 anos de idade,
(D)Crianças em grupo de risco para o vírus da
hepatite B devem realizar sorologia anualmente, e revacinadas, se os títulos de anticorpos
caírem abaixo de 10mUI/ml.
28- Entre as alternativas abaixo, escolha a alternativa correta sobre a medicação utilizada na profilaxia da meningite por hemófilos nos contatos.
(A) A droga utilizada é a rimfampicina, dada por
via oral, 20 mg/kg, por 4 dias para crianças acima de 1 mês de idade.
(B) Não é necessário quimioprofilaxia, uma vez
que este tipo de meningite bacteriana apresenta um baixa taxa de transmissão.
(C)Somente devem receber medicamentos para
profilaxia de meningite por hemófilos os contatos com quadro febril
(D)Os contatos muito próximos a um caso confirmado de meningite por hemófilos, devem receber vacina conjugada contra hemófilo.
29- Assinale a alternativa correta sobre o trauma na
infância.
(A) A lesão medular é mais comum no politrauma
em crianças que nos adultos.
(B) Diferente do adulto, a criança permanece
normotensa e com boa perfusão tecidual até a
perda de 30 a 50% do volume sanguíneo.
(C)Devido ao periósteo menos espesso e elástico
as fraturas de ossos longos nas crianças são
incompletas, do tipo galho verde ou completas
com desvio.
(D)As lesões difusas do encéfalo, particularmente
o edema e a lesão axonal difusa, são mais
comuns na criança do que em qualquer outra
faixa etária.
30- Entre os sintomas abaixo, observados na síndrome hemolítico-urêmica, quais os que estão
presentes na maioria dos pacientes?
I.
II.
III.
IV.
V.
Anemia hemolítica microangiopática.
Trombocitopenia.
Insuficiência renal aguda
Febre
Alterações neurológicas.
Assinale a alternativa correta:
(A) Todas estão corretas.
(B) I e III.
(C)I, II e III.
(D)III e IV.
5
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards