Custo da poluição

Propaganda
| Ano 31 | nº 167 | Sexta-feira, 16/9/2016
6
TCU sustentável / Adgedam
Poluição custa por ano R$ 15 bilhões
à economia brasileira
Segundo estudos divulgados
pelo Banco Mundial, a poluição
atmosférica causa no mundo perdas
que em termos de bem-estar totalizam 5,1 trilhões de dólares. No Brasil,
a poluição provoca perdas de mais de
15 bilhões de reais anualmente à economia. O montante, referente a 2013,
é uma estimativa dos salários que deixam de entrar na economia por causa
das mortes causadas pela poluição.
As doenças causadas pela poluição ambiental (cardiovasculares, câncer de pulmão e outras doenças pulmonares crônicas e respiratórias) são,
em consequência, responsáveis por
uma morte em cada dez no mundo.
Isso é seis vezes maior que os óbitos
causados pela malária. A poluição
atmosférica já é a quarta causa de
morte prematura no mundo, respondendo por 2,9 milhões de óbitos
somente em 2013, conforme relatório
divulgado pelo Banco Mundial e pelo
Instituto de Métricas e Avaliação da
Saúde (IHME, sigla em inglês). Se for
somada a poluição nos lares, principalmente resultante do uso de combustíveis sólidos, como o carvão, para
calefação ou cozinha, o total de mor-
tos sobe para 5,5 milhões no mundo.
No Brasil, houve 62.246 mortes
decorrentes da poluição ambiental.
O país com o maior número
de vítimas é a China. Na nação mais
populosa do mundo, houve 1,6
milhão de mortes provocadas pela
poluição em 2013. Em segundo lugar
no ranking de países com mais óbitos está a Índia, com 1,4 milhão de
casos. As perdas de vidas humanas
são sinônimo de perdas em termos de
potenciais rendimentos e de obstáculos ao desenvolvimento econômico,
segundo o Banco Mundial. Segundo o
estudo, 87% da população do planeta
está mais ou menos exposta à poluição atmosférica.
O relatório do Banco Mundial
também mostra que a concentração
de ozônio à qual a população mundial está exposta cresceu 8,9%, com
diferenças marcantes entre países.
No Brasil, na China, na Índia, no
Paquistão e em Bangladesh, houve
aumento de até 20%. Já nos Estados Unidos e na Indonésia, o índice
registrou queda.
Outras consequências - Os óbitos também são sinônimo de perdas
em termos de potenciais rendimentos
e de obstáculos ao desenvolvimento
econômico, segundo cálculos do
Banco Mundial. O estudo avalia que
as perdas de rendimentos trabalhistas
atribuídas a essas mortes alcançaram
225 bilhões de dólares em 2013.
Além disso, a poluição provoca perdas em termos de bem-estar,
impactando grande parte dos moradores. Nesse sentido, vem em boa
hora o compromisso recém-assinado
por China e Estados Unidos em prol
da redução da poluição no mundo.
Fonte: mundosustentavel.com.br
Sugestões, dúvidas, críticas:
[email protected]
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards