MÚSICA - Portal IFRN

Propaganda
Caderno de Provas
ARTE - MÚSICA
Edital Nº. 04/2009-DIGPE
10 de maio de 2009
INSTRUÇÕES GERAIS PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA
 Use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
 Escreva o seu nome completo e o número do seu documento de identificação no espaço indicado
nesta capa.
 A prova terá duração máxima de 4 (quatro) horas, incluindo o tempo para responder a todas as
questões do Caderno de Provas e preencher as Folhas de Respostas.
 Ao retirar-se definitivamente da sala, entregue as Folhas de Respostas ao fiscal.
 O Caderno de Provas somente poderá ser levado depois de transcorridas 3 (três) horas do início
da aplicação da prova.
 Confira, com máxima atenção, o Caderno de Provas, observando o número de questões contidas e
se há defeito(s) de encadernação e/ou de impressão que dificultem a leitura.
 A quantidade de questões e respectivas pontuações desta prova estão apresentadas a seguir:
Tipo de questão
Discursiva
Múltipla escolha
Total de
questões
02 questões
20 questões
Pontuação por
questão
15 pontos
3,5 pontos
Total de
pontuação
30 pontos
70 pontos
INSTRUÇÕES REFERENTES ÀS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA
 Confira, com máxima atenção, se os dados (nome do candidato, inscrição, número do documento
de identidade, matéria/disciplina e opção de campus) estão corretos.
 Em havendo falhas na Folha de Respostas, comunique imediatamente ao fiscal de sala.
 Assine, no espaço apropriado, a Folha de Respostas.
 A Folha de Respostas não poderá ser rasurada, dobrada, amassada ou danificada. Em hipótese
alguma, será substituída.
 Para cada questão, há apenas uma resposta certa.
 Transfira as respostas para a Folha de Respostas somente quando não mais pretender fazer
modificações. Não ultrapasse o limite dos círculos.
OBSERVAÇÃO:
As instruções referentes às questões discursivas encontram-se na capa das Folhas de Respostas
Discursivas.
NOME COMPLETO:
DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO:
_____________________________
CONCURSO PÚBLICO – GRUPO MAGISTÉRIO
EDITAL Nº. 04/2009-DIGPE/IFRN
QUESTÕES DISCURSIVAS
ESTAS QUESTÕES DEVERÃO SER RESPONDIDAS NAS FOLHAS DE RESPOSTAS DAS QUESTÕES
DISCURSIVAS.
1.
(15 pontos) A música e o cotidiano no contexto escolar é tema de pesquisas e discussões na
contemporaneidade. Considerando os conceitos de ensino e aprendizagem em Música, explique de que
forma o cotidiano é compreendido como perspectiva para a aprendizagem nas aulas de Música.
2.
(15 pontos) Com a aprovação da Lei 11.769 (em 18/08/2008), a música tornou-se obrigatória na
escola. Considerando os dispositivos dessa Lei em vigor, faça um histórico sobre os avanços da ArteMúsica como componente curricular articulado com as Leis 5.692/71 e a Lei 9.394/96.
PROFESSOR_ARTE - MÚSICA.DOC 1
CONCURSO PÚBLICO – GRUPO MAGISTÉRIO
EDITAL Nº. 04/2009-DIGPE/IFRN
QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA
AS RESPOSTAS DESTAS QUESTÕES DEVERÃO SER ASSINALADAS NA FOLHA DE RESPOSTAS
DAS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA.
1.
(3,5 pontos)
aplicadas ao
a)
b)
c)
d)
2.
oboé.
saxofone.
corne inglês.
violoncelo.
(3,5 pontos) O termo a Capella, encontrado em música, refere-se à música vocal
a)
b)
c)
d)
3.
É correto afirmar que as classificações soprano, tenor, alto e barítono podem ser
com acompanhamento instrumental simples.
em uníssono com acompanhamento de piano.
executada em capelas com acompanhamento de cravo.
sem acompanhamento instrumental.
(3,5 pontos) O termo "Educação Musical" abrange muito mais do que a iniciação musical formal, isto
é, é educação musical aquela introdução ao estudo formal da música e todo o processo acadêmico que
o segue, incluindo a graduação e pós-graduação; é educação musical o ensino e aprendizagem
instrumental e outros focos; é educação musical o ensino e aprendizagem informal de música. Desse
modo, o termo abrange todas as situações que envolvam ensino e/ou aprendizagem de música, seja no
âmbito dos sistemas escolares e acadêmicos, seja fora deles.
ARROYO, Margarete. Educação Musical na Contemporaneidade. In: Anais do II Seminário Nacional de Pesquisa em Música da
UFG. Desponível em: <http://www.musica.ufg.br/mestrado/anais/anais% 20II%20Sempem/artigos/artigo%20Magarete%
20Arroyo.pdf>. Acessado em: 10 de abr., 2009. Grifos do autor.
Sobre o texto acima, é correto afirmar que
a) os argumentos apresentados representam parcialmente o pensamento da Educação Musical
contemporânea, haja vista que não é considerado Educação Musical o ensino em espaços
informais de música.
b) os argumentos apresentados representam o pensamento da Educação Musical na
contemporaneidade.
c) os argumentos apresentados diferem do pensamento da Educação Musical na contemporaneidade.
d) a Educação Musical contemporânea, pautada nas construções socioculturais, privilegia os espaços
informais de música.
4.
(3,5 pontos) Assinale a alternativa que contém as associações brasileiras de músicos, produtoras de
encontros científicos nessa área.
a)
b)
c)
d)
CNPQ e CAPES.
ISME e ABEM.
FAEB e ISME.
ABEM e ANPPOM.
PROFESSOR_ARTE - MÚSICA.DOC 2
CONCURSO PÚBLICO – GRUPO MAGISTÉRIO
EDITAL Nº. 04/2009-DIGPE/IFRN
5.
(3,5 pontos) As diretrizes nacionais para o ensino de Arte , consideram a abordagem triangular de
Ana Mae Barbosa, que orienta o desenvolvimento de metodologias para o ensino-aprendizagem. A
abordagem triangular compreende
a)
b)
c)
d)
6.
(3,5 pontos) Os eixos norteadores do processo ensino-aprendizagem que embasam a definição de
competências a serem desenvolvidas em Arte no Ensino Médio são
a)
b)
c)
d)
7.
etnopesquisa crítica e referencial.
interdisciplinaridade e contextualização.
utilização de novas tecnologias.
temas geradores e metodologias.
(3,5 pontos) O século XX foi marcado por um grande comprometimento com o ensino da música.
Nesse contexto a proposta educacional de Carl Orff fundamenta-se na triade
a)
b)
c)
d)
9.
investigação e compreensão científica e tecnológica.
produçao, apreciação e reflexão.
representação e comunicação em ciência e tecnologia.
contextualização sócio-cultural e histórica da ciência e da tecnologia.
(3,5 pontos) A reforma curricular do Ensino Médio estabelece a divisão do conhecimento escolar em
áreas de conhecimento. Os recursos complementares propostos para ampliar as inúmeras
possibilidades de interação entre essas áreas estão fundamentados nos princípios de
a)
b)
c)
d)
8.
pesquisar, produzir e executar.
produzir, apreciar e contextualizar.
pesquisar, refletir sobre a obra elaborada e fazer circular.
fazer, executar e veicular.
ritmo, melodia e harmonia.
corpo, voz e afetividade.
música,movimento e fala.
ritmo, criação e improvisação.
(3,5 pontos) O educador musical que estuda a audição sob três aspectos (sensorial, afetivo e mental),
refletindo os três domínios da natureza (o físico, o afetivo e o mental), considerados por ele como
essencialmente diferentes entre si, é
a)
b)
c)
d)
Murray Schafer.
Edgar Willems.
H. J. Koellreutter.
Sá Pereira.
10. (3,5 pontos) O método pedagógico musical de Shinichi Suzuki propõe
a)
b)
c)
d)
o desenvolvimento da leitura musical posterior ao aprendizado do instrumento.
a criação, a improvisação e o debate como princípios básicos da aprendizagem.
o estudo da eurritmia.
o estudo da ecologia sonora.
PROFESSOR_ARTE - MÚSICA.DOC 3
CONCURSO PÚBLICO – GRUPO MAGISTÉRIO
EDITAL Nº. 04/2009-DIGPE/IFRN
11. (3,5 pontos) A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (5692/71) foi responsável por grandes
mudanças no ensino da Música nas escolas. Isso ocorreu devido
a) à obrigatoriedade do canto orfeônico nas escolas públicas brasileiras.
b) a uma nova metodologia baseada num ensino intuitivo e ativo da música.
c) à extinção da disciplina Música da educação escolar, passando a integrar, juntamente com outras
artes, a disciplina Educação Artística.
d) à criação das licenciaturas específicas para cada linguagem artística.
12. (3,5 pontos) Na história recente da Educação Musical brasileira, alguns músicos vindos de outros
países tiveram influência na formação das concepções estéticas da música contemporânea no Brasil,
com forte influência na prática dos educadores musicais. Dentre eles, o fundador do Grupo Música Viva,
que incentivava a liberdade de expressão e a busca da identidade de cada aluno. O método desse
músico [...] se baseava em algumas premissas fundamentais, que não pressupunham necessariamente
a adesão dos alunos a uma técnica musical específica [...] (NEVES, 2000). O mais importante era criar
uma escola inovadora que explorasse as possibilidades sonoras sem se prender ao formalismo da
música ocidental erudita.
NEVES, José Maria. Música Contemporânea Brasileira. São Paulo: Ricordi Brasileira, 2000.
O músico a que se refere o fragmento textual acima é
a)
b)
c)
d)
Edgar Willems.
Anton Walter Smetak.
Hans-Joachim Koellreutter.
Murray Schafer.
13. (3,5 pontos) Na nova organização do ensino médio, Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna,
Arte, Educação Física e Informática integram uma mesma área de conhecimento. Essa área é
a)
b)
c)
d)
Ciências da Natureza, Matemática e Tecnologia.
Ciências Humanas e suas Tecnologias.
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.
Linguagens, Ciências Humanas e suas Tecnologias.
14. (3,5 pontos) Um acorde menor é formado por uma terça
a)
b)
c)
d)
maior e por uma quinta aumentada.
menor e por uma quinta diminuta.
menor e por uma quinta justa.
menor e por uma sexta maior.
15. (3,5 pontos) O acorde formado pelas notas Lá, Re#, Dó# e Fá# é
a)
b)
c)
d)
Am7b5.
D#m7b5.
C#.
F#mb5.
PROFESSOR_ARTE - MÚSICA.DOC 4
CONCURSO PÚBLICO – GRUPO MAGISTÉRIO
EDITAL Nº. 04/2009-DIGPE/IFRN
16. (3,5 pontos) Comentando as perspectivas pedagógicas no ano de 1974, o professor José Maria
Neves (2009) aponta para a utilização de recursos composicionais da música contemporânea nas aulas
de música. O referido autor acrescenta: trata-se de uma técnica simples e sempre eficaz, que
pressupõe, sim, instalações especiais e maquinaria custosa, mas que, com uma boa dose de
imaginação, pode ser simplificada e adaptada aos recursos disponíveis. Na inexistência de um estúdio
apenas honesto, pode-se compor usando pequenos gravadores (temos exemplos de experiências
realizadas por crianças de 5 anos de idade que manipulam com toda segurança pequenos gravadores,
realizando, inclusive, "obras coletivas”; pode-se descobrir sons eletrônicos manipulando receptores de
rádio em faixas de freqüência especiais ou ainda usando o recurso da microfonia; pode-se descobrir
maneiras engenhosas de se justapor os sons, sem o emprego da técnica de colagem”.
NEVES, José Maria. Música contemporânea e Educação Artística: perspectivas pedagógicas no ano de 1974. Disponível em:
<http://www.latinoamerica-musica.net/ensenanza/neves/educacao-po.html>. Acessado em: 10 de abr., 2009.
O texto acima refere-se à possibilidades composicionais encontradas
a)
b)
c)
d)
na música eletroacústica.
na música ficta.
no microtonalismo.
no minimalismo.
17. (3,5 pontos) Considerando os PCNEM, a avaliação em Arte- Música deve
a) ser formativa e contínua, estruturando-se em correspondência com os conteúdos da área.
b) assegurar uma quantidade de conhecimentos memorizados, garantindo um bom desempenho do
aluno.
c) sugerir uma padronização nas ações que determinarão um modo único e eficiente de respostas.
d) garantir o ensino aprendizagem do aluno através de projetos de pesquisa.
18. (3,5 pontos) O pedagogo musical Zoltán Kodály tinha como meta ensinar o canto a todas as pessoas
por meio de um programa de alfabetização musical. Para tanto, elaborou um método gradativo com
a)
b)
c)
d)
exercícios de recitação, rítmicos e melódicos.
concepções de aprendizagem de ritmos pelo sentido muscular.
análise, estudo e domínio dos reflexos e das reações musicais.
um conjunto de sistemas de símbolos de duração rítmica, de alturas relativas e tonais conhecidos
como manossolfa.
19. (3,5 pontos) Baseado na categorização organológica proposta por Erich Von Hornbostel e Curt Sachs,
é correto afirmar que os instrumentos musicais flauta, ganzá e zabumba são considerados,
respectivamente,
a)
b)
c)
d)
cordofone, idiofone e membranofone.
idiofone, cordofone e membranofone.
aerofone, idiofone e membranofone.
aerofone, membranofone e cordofone.
PROFESSOR_ARTE - MÚSICA.DOC 5
CONCURSO PÚBLICO – GRUPO MAGISTÉRIO
EDITAL Nº. 04/2009-DIGPE/IFRN
20. (3,5 pontos) A diversidade musical que compõe as distintas culturas do Brasil constitui um dos
aspectos relevantes que precisam ser considerados para a efetivação de propostas pedagógicas
significativas e contextualizadas com a educação e a realidade sociocultural do Brasil, no século XXI.
Inserida na prática do cotidiano escolar, essa diversidade musical/cultural pode, e deve, ser instrumento
para melhor conviver e dialogar com as diferenças e similaridades culturais do alunado.
MOURA, Risaelma de Jesus Arcanjo. Educação Musical e Cultura: perspectivas para o ensino da música contemporaneidade.
Disponível em: <http://edumusicalinstrumento.wetpaint.com/page/Educa%C3%A7%C3%A3o+Musical+e+Cultura:+perspectivas
+para+o+ensino+da+m%C3%BAsica+contemporaneidade+?t=anon>. Acessado em 10 de abr., 2009.
O texto citado aborda a música como expressão da cultura e nos remete a vários autores e correntes
que influenciaram a Educação Musical como é trabalhada hoje em dia.
I. Prevalece, hoje, no ensino da Educação Musical, a lógica cartesiana e positivista.
II. A Antropologia teve grande influência na Educação Musical atual com o conceito de relativização da
cultura e dos processos e produtos culturais.
III. A Etnomusicologia e a Musicologia crítica foram importantes na reestruturação da Educação
Musical como a encontramos hoje.
Refletindo o exposto no texto, assinale quais das afirmativas acima estão corretas.
a)
b)
c)
d)
Apenas I e III.
Apenas I e II.
I, II e III.
Apenas II e III.
PROFESSOR_ARTE - MÚSICA.DOC 6
CONCURSO PÚBLICO – GRUPO MAGISTÉRIO
EDITAL Nº. 04/2009-DIGPE/IFRN
FOLHA PARA RASCUNHO
PROFESSOR_ARTE - MÚSICA.DOC 7
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards