filo_mollusca_17804 - Universidade Castelo Branco

Propaganda
Universidade Castelo Branco.
Curso: Ciências Biológicas.
Profº: Marcelo.
Aluno: Gilberto Fortes Lopes.
Matricula: 2007040082.
Turma: REAL - EAD – 3º período.
TRABALHO DE ARTROPODOLOGIA E MALACOLOGIA
Filo Mollusca
Os moluscos constituem um grande filo de animais invertebrados, marinhos, de
água doce ou terrestre.
São animais que têm um corpo mole e não-segmentado, muitas vezes dividido
em cabeça (com os órgãos dos sentidos), um pé muscular e um manto que protege uma
parte do corpo e que muitas vezes secreta uma concha. A maior parte dos moluscos é
aquática, mas existem muitas formas terrestres, como os corações.
A cabeça possui órgãos do sistema sensorial, como olhos, estatocistas e
tentáculos. Os estatocistos são órgãos sensoriais de equilíbrio.
O pé funciona na movimentação do organismo e a massa visceral contém os
órgãos internos.
São divididos em 8 (oito) classes:
1. Classe Aplacophora
É caracterizada por não ter concha. São moluscos marinhos de corpo
alongado e cilíndrico. Possuem escamas ou espículas calcárias. Não possuem
olhos, estatocistos, tentáculos ou nefrídeos. Possuem cabeça reduzida, rádula e
brônquios. Existem cerca de 250 espécies.
2. Classe Caudofoveata
São habitantes de águas profundas, é uma classe pequena. São
vermiformes, cilíndricas e sem concha. Não possuem pé, nem estruturas
sensoriais, como tentáculos, olhos, e estatocistos. Conhecem-se cerca de 70
espécies.
3. Classe Polyplacophora
É caracterizada pela presença de oito valvas articuladas por músculos
complexos inseridos nas valvas. A união das oito valvas é considerada uma
concha.
As valvas são classificadas de três formas básicas: Valva Cefálica,
Valvas Medianas e Valvas Anais.
Estão basicamente restritas a substratos consolidados, como conchas de
outros moluscos ou mesmo costão rochoso.
Não são conhecidos espécies das classes que não sejam marinhos.
4. Classe Monoplacophora
Foi considerada uma classe de moluscos extintos, até que em 1952 foram
recolhidos sedimentos marinhos de grande profundidade um espécime vivo, na
região do Golfo do Panamá. O nome “Monoplacophora “significa: “portador de
uma placa.”
Possuem uma única concha arredondada de simetria bilateral. Sua concha
é muitas vezes fina e frágil.
Movimentam-se através de um pé circular. Sua respiração é feita através
de quebras. Sua cabeça é reduzida e não possui olhos nem tentáculos,
alimentam-se de lama e detritos.
5. Bivalvia
São a 2ª maior classe de Moluscos, com aproximadamente 15.000
espécies. É um grupo exclusivamente aquático, bilateralmente simétrico,
caracterizado por um corpo comprimido lateralmente com uma concha externa,
composta por duas valvas.
A concha pode ser total ou parcialmente calcificada e consiste de uma
valva esquerda e uma direita. As valvas são unidas na parte dorsal, conectadas
por um ligamento elástico parcialmente calcificado e mantidas juntas por
músculos adutores. As valvas são abertas pelo ligamento e fechadas pela
contração dos músculos adutores.
Vivem principalmente enterrados em substratos arenosos ou lodosos,
podendo movimentar-se com o seu pé. Ouros como as ostras e mexilhões vivem
presos a substratos sólidos.
6. Classe Scaphopoda
Moluscos marinhos, que se caracterizam pela presença de uma concha
carbonatada em forma de cone e aberta dos dois lados.
As partes moles do animal estão confinadas à concha. O pé alongado,
cilíndrico e ponte aguda e usado para cavar, fixando o molusco na areia. Junto
do pé, na abertura basal da concha saem vários tentáculos denominados
captáculos que funcionam como órgãos tácteis e adesivos, para apreensão de
alimentos. Não existe cabeça, nem sistema circulatório organizado.
7. Classe Gastropoda
É a mais bem sucedida dentro do seu filo, conta com 60.000 a 75.000
espécies que incluem os corações, lesmas terrestres, bem como um grande
número de formas marinhas e de água doce.
A grande maioria dos gastrópodes tem o corpo protegida por uma
concha, geralmente espiralada sobre o lado direito, embora algumas formas
(como as lapas) tenham evoluído uma concha mais simples.
Os Gastrópodes apresentam uma cabeça bem marcada, munida de dois
ou quatro tentáculos sensoriais e uma boca com rádula. A cabeça encontra-se
unida a um pé ventral musculado em forma de pala.
A alimentação dos gastrópodes é bastante variada. Os gastrópodes são
bastante variados. Os gastrópodes herbívoros têm rádulas muito fortes, usam
para raspar as algas dos substratos. Os carnívoros têm peças bucais sofisticadas e
algumas formas, com os Conus, são predadores ativos que caçam pequenos
peixes. Muitos Gastrópodes marinhos têm modo de vida endobentônico, isto é,
vivem enterrados no subsolo, estes Gastrópodes apresentam um sifão extensível
que atua como respirador, permitindo ao animal o contato com a água carregada
de O2.
Três são as subclasses dos gastrópodes:
a) Pulmonata
b) Opisthobranchia
c) Prosobranchia
8. Classe Cephalopoda
Apresentam um corpo de simetria bilateral, uma cabeça e olhos bem
desenvolvidos, a boca armada de um bico quitinoso e rodeada por uma coroa de
tentáculos, é também na boca que existe a característica mais marcante dos
cefalópodes, a rádula (espécie de lixa).
São animais extremamente rápidos, tendo desenvolvido um sistema de
propulsão na forma de um funil, que é uma modificação do pé dos restantes dos
moluscos. A pele contém células pigmentadas, chamadas cromatóforos, que
mudam de cor para efeito de comunicação e camuflagem.
A concha é ausente nos polvos, é interna nos chocos e lulas e é externa
no nautilus e no argonauta. Muitos Cefalópodes possuem bolsa de tenta.
Conhecem-se cerca de 800 espécies e duas importantes subclasses.
a) Nautiloidea
b) Coleoidea
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards