Diversas ilustrações Bíblicas

Propaganda
O valor da Bíblia
Há muitos anos, existiu um homem muito rico que no dia do seu aniversário convocou a
criadagem à sua sala para receberem presentes.
Colocou-os a sua frente na seguinte ordem: cocheiro, jardineiro, cozinheira, arrumadeira e o
pequeno mensageiro.
Em seguida dirigindo-se a eles, explicou o motivo de tê-los chamado, e fez-lhes uma pergunta,
esperando de cada um a sua própria resposta. Essa foi a pergunta feita:
- O que você prefere receber agora: esta Bíblia ou este valor em dinheiro?
- Eu gostaria de receber a Bíblia. Respondeu pela ordem o cocheiro.
- Mas, como não aprendi a ler, o dinheiro me será bastante mais útil!
Recebeu então a nota, de valor elevado na época, e agradeceu ao patrão. Esse lhe pediu que
permanecesse em seu lugar.
Era a vez do jardineiro fazer a sua escolha e, escolhendo bem as palavras, falou:
- Minha mulher está adoentada e por esta razão tenho necessidade do dinheiro; em outra
circunstância escolheria, sem dúvida, a Bíblia.
Como aconteceu com o primeiro, ele também permaneceu na sala após receber o valor das mãos
do patrão.
Agora, pela ordem, falaria a cozinheira, que teve tempo de elaborar bem a sua resposta:
- Eu sei ler, porém, nunca encontro tempo para sequer folhear uma revista; portanto, aceito o
dinheiro para comprar um vestido novo. - Eu já possuo uma Bíblia e não preciso de outra; assim,
prefiro o dinheiro. Informou a arrumadeira, em poucas palavras.
Finalmente, chegou a vez do menino de recados. Sabendo-o bastante necessitado, o patrão
adiantou-se em dizer-lhe:
- Certamente você também irá preferir dinheiro, para comprar uma nova sandália, não é isso, meu
rapaz?
- Muito obrigado pela sugestão. De fato estou precisando muito de um calçado novo, mas vou
preferir a Bíblia. Minha mãe me ensinou que a Palavra de Deus é mais desejável do que o ouro...
Disse o pequeno mensageiro.
Ao receber o bonito volume, o menino feliz o abriu e nisso caiu aos seus pés uma moeda de ouro.
Virando outras paginas, foi deparando com outros valores em notas.
Vendo isso, os outros criados perceberam o seu erro e envergonhados deixaram o recinto.
A sós com o menino, disse-lhe comovido o patrão: “Que Deus o abençoe, meu filho, e também a
sua mãe, que tão bem o ensinou a valorizar a Palavra de Deus”.
(Autor Desconhecido)
1
Acomodação
Entrando Em Acordo Com O Inimigo
Uma Parábola Russa: Um caçador estava mirando um urso quando o urso falou
"Não é melhor falar do que atirar? O que é que você quer? Vamos negociar."
Baixando a espingarda o caçador falou "Eu quero um casaco de pelo de urso para
me cobrir." "Bom, esta é uma questão negociável" falou o urso. "Eu apenas quero
um estomago cheio. Vamos negociar."
Depois de algum tempo falando, o urso voltou sozinho para a floresta. As
negociações foram um sucesso. Cada um recebeu o que queria. O urso conseguiu
seu estomago cheio e o caçador ficou coberto de pelo de urso.
Entrar em acordo raramente satisfaz ambos os lados igualmente. Na negociação
com nosso inimigo, ele promete o que nós queremos, mas apenas pretende levar
o que ele quer - a nossa alma. Você está tentando entrar em acordo ou negociar
com o inimigo?
Michael Green, Illustrations for Biblical Preaching (Ilustrações Para Pregação
Bíblica), Grand Rapids: Baker, 1989
- Terence Patterson em James S. Hewett, “Illustrations Unlimited” (Ilustrações
Ilimitadas) (Wheaton: Tyndale House Publishers, Inc, 1988) p. 113.
A reflexão para o Ano Novo de Matthew Henry:
Não renunciando, mas repetindo e ratificando todas as minhas alianças anteriores com Deus, e
lamentando que não vivi tão de acordo com elas quanto deveria, eu, no começo desse Ano Novo,
solenemente me entrego, todo meu ser, corpo, alma e espírito a Deus o Pai, Filho e Espírito Santo,
meu Criador, Redentor e santificador, me comprometendo e prometendo, não pela minha própria
força, porque sou fraco, mas pela força da graça de Jesus Cristo, que vou me esforçar a ficar
completamente dentro da vontade de Deus. Eu sei que essa é a vontade de Deus – a minha
santificação. Senhor, permita que neste ano eu possa ser mais santo, e andar mais do que nunca em
conversas santificadas. Eu desejo ardentemente ser preenchido com seus pensamentos santos, a ser
levado em afeições santificadas, determinado por propósitos e intenções santas, e governado em
todas as minhas palavras e ações por princípios santos. Que um fio dourado de santidade possa
correr por toda a teia desse ano. – Matthew Henry em Nelson's complete book of stories,
illustrations, and quotes. Nashville: Thomas Nelson Publishers (2000).
Amor
Amor de mãe
2
Eu acredito em Jesus Cristo, o filho do Deus vivo, nascido da promessa de uma virgem
chamada Maria.
Eu acredito no amor que Maria deu ao seu filho, que levou ela a seguir ele no ministério
e ficar com ela diante da cruz quando ele morreu.
Eu acredito no amor de todas as mães, e sua importância para as vidas de seus filhos.
É mais forte que ferro, mais suave que veludo, e mais resistente do que uma palmeira
no vento.
Este amor sara feridas, derrete revolta, e permita a criança mais fraca a ficar firme e
forte nos campos da adversidade.
Eu acredito que este amor, no seu melhor momento, é apenas uma sombra do amor de
Deus, um reflexo escuro de tudo que podemos esperar dEle, tanto nesta vida como na
próxima.
E, eu acredito que uma das mais belas coisas deste mundo é uma mãe que permita este
amor maior passar por ela para seu filho, abençoando o mundo com a ternura de seu
toque e as lágrimas da sua felicidade.
Larson, Craig Brian, editor "Illustrations for Preaching and Teaching from Leadership
Journal," Grand Rapids: Baker Book House, 1993, p. 160.
O Cimento do Amor
Quando o salão do prédio onde a igreja se reúne foi construído foram usados centenas
de tijolos. Um em cima do outro. Sem estes tijolos não teríamos este salão. Podemos
até dizer que o tijolo é a matéria prima da construção numa edificação como esta. Mas,
para levantar estas parede, só é preciso de tijolos? Pode imaginar dezenas de tijolos um
em cima do outro.
O que mais é preciso? Cimento. Pode imaginar estas paredes aqui, um tijolo em cima do
outro, centenas de tijolos ao seu redor, mas sem cimento? Ou com cimento de má
qualidade?
Nós somos os tijolos que Jesus usa para construir sua igreja. A palavra até nos chama de
"pedras". 1 Pedro 2:5 diz "também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados
casa espiritual… " Cada um de nós somos a matéria prima da edificação da Igreja de
Jesus. Mas, há um material fundamental que nos mantém juntos - o amor. Este amor é
o que? É a paciência, a consideração, a confiança um no outro. Sem o cimento do amor,
todas estas pedras um dia caem. Basta o inimigo bater um pouco na parede que ela
cede. Ele bate um pouco mais e ela cai para o chão.
Na verdade, o cimento que liga dois tijolos aqui em baixo na parede, é tão importante
quanto o cimento e os tijolos ligados ali em cima. De fato, todos os tijolos desta parede
estão de certa forma em contato com todos os outros. Todos dependem, uns dos outros
- como nós dependemos uns dos outros.
Quando nós começamos a brigar, a discutir, a medir ou até retirar nosso amor uns dos
outros, o que é que acontece? A parede começa a ceder. Alguns tijolos começam a cair.
Basta uma rachadura aqui, e outro ali, e outro ali, e em pouco tempo, a casa toda cai.
Por outro lado, basta que o cimento que segura os tijolos seja bem feito, bem forte, e
todos ficam juntos. Podem resistir qualquer investida do inimigo.
3
Você não tem que segurar todos os irmãos na igreja. Você não tem que visitar todos.
Mas, você tem que amar pessoalmente aqueles que Deus colocou próximo de você.
Tem que tratar todos com a mesma consideração. Tem que amar igualmente todos.
Mas, haverão alguns, bem próximos de você que você terá que ter um amor muito forte
para eles.
Elas podem ser próximos porque são da sua casa, ou do seu pequeno grupo, ou da sua
área de serviço na igreja. Ou, pode ser que é com eles que você se acha em constante
atrito. Seja qual for o motivo, são os tijolos que Jesus, o grande construtor desta casa,
colocou próximo de você. Ame eles, com o mesmo amor que você ama a Jesus. E, a
igreja dEle ficará bem forte para sempre. Quando falamos uns com os outros, vamos
falar como quem está falando com o próprio Senhor Jesus.
– Dennis Downing www.hermeneutica.com.br
Amando O “Inimigo”
Certa vez um homem foi visitar o pastor dizendo que queriam se divorciar da sua
mulher.
O pastor disse, "Mas a Bíblia diz que você deve amar sua esposa como Cristo amou a
igreja."(Efé 5:25).
O homem respondeu, "Mas, eu não consigo. E, de qualquer forma, eu não sou perfeito
como Cristo."
O pastor disse, "Então, se não conseguir assim, lembre que Jesus nos mandou amar o
nosso próximo. Você não pode continuar a amar ela como seu próximo?" (Mar 12:33)
O homem disse "Mas, ela me traiu, ela não me trata como próximo dela. Não consigo
amar ela como meu próximo."
"Então," disse o pastor, "Só tenho mais uma palavra do Senhor. 'Amai os vossos
inimigos'." (Mat 5:44; Luc 6:27)
-- Erwin Lutzer, "Learning to Love," (Aprendendo a Amar) Preaching Today (Pregação
Para Hoje), Tape No. 99.
Doce Reunião!
Você alguma vez testemunhou uma cena como esta?
Pais jovens desesperados ansiosamente procuram numa grande loja de departamentos
sua criança de dois anos. Quem sabe como ou onde, a criancinha deles se perdeu
enquanto eles olhavam móveis. O segurança da loja está tomando informações dos pais
apavorados... estranhos se unem os esforços de busca... a jovem mãe está à beira de
histeria.
4
Quando ninguém espera, uma mulher com aparência de avó apareça com a criança nos
braços dela. Ela salvou o dia! Mas mesmo quando o pequeno menino vê a mãe dele, ele
continua chorando incontrolavelmente. O medo que ele sentiu que ele perdeu a mamãe
e o papai dele o consumiu. Entre suspiros e soluços, ele literalmente luta para respirar.
Seu coração sai para a criança e os pais.
Um evento como este aconteceu comigo e minha esposa quando nossa filha mais nova,
Kendra, tinha cerca de quatro anos. Nós a perdemos em um estádio de futebol! Levou
vários minutos de procura frenética antes que nós a localizamos. A reunião foi tão
doce!
Você alguma vez se viu como uma criança perdida, lutando desesperadamente para
respirar ... almejando os braços de seu Pai amando?
Isso é um retrato incrível de nossa dependência em Deus que nós nunca devemos
superar.
Corra aos braços dele... e respire fundo!
Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus. A minha
alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Quando poderei entrar para apresentar-me a
Deus?
- Salmo 42:1-3 NVI
- de ‘O Ponto Central’ ('The Central Point') Copyright 2002-2004 © Dennis Wheeler.
http://www.studylight.org/col/cp/
Bens Materiais
Escondendo Nossa Bondade
Vamos esconder a nossa bondade - sim, vamos esconder até de nós mesmo. Dê
com tanta freqüência, e de forma tão constante, que você nem mais nota que
tenha ajudado os necessitados do que você notaria que tenha tomado suas
refeições normais. Dê as suas esmolas sem nem sussurrar para si mesmo "Como
sou generoso!" Não dê nenhuma recompensa para si mesmo. Deixe o assunto
com Deus, que nunca deixa de ver, de notar, e de recompensar. - Este é o pão,
que comido na pressa, é mais doce do que o banquete de reis.
Charles H. Spurgeon em "O Talão de Cheques da Fé" (Faith's Checkbook).
Christianity Today, Vol. 32, no. 5.
5
Bíblia
Confortável Demais Com A Bíblia
O Teólogo Americano Thomas Merton disse: “Não há nada de confortável na Bíblia
- até que nós conseguimos fazê-lo confortável para nós mesmos. Daí, então,
talvez estejamos confortáveis demais com ela. Cuidado, para não pensar que você
já conhece a Bíblia - só porque você não tem mais problemas com ela. Será que
aprendemos a não realmente escutar a Bíblia? Será que chegamos ao ponto de
não mais questionar a Bíblia e não mais ser questionados por ela?
– “Opening the Bible” de Thomas Merton citado em "Um Guia Para Oração Para
Todo o Povo de Deus", (“A Guide to Prayer for All God's People”), p. 83 Job,
Rueben P. and Norman Shawchuck Nashville, Tenn: Upper Room Books, 1990.
A Loteria Bíblica
O manuseio honesto do texto no contexto é a maior ajuda que alguém pode dar a
si mesmo, no sentido de compreender a mensagem da Bíblia. Confiar em acaso,
sorte, destino ou qualquer "ajuda extra", no fim das contas só prejudica a
compreensão da Palavra. Não adianta concorrer numa espécie de "loteria bíblica":
a grande maioria sai perdendo.
Imagine o que acontece com alguém que abre a Bíblia em qualquer lugar e lê:
"Então Judas, ... retirou-se e foi enforcar-se" (Mt 27.5). O leitor desconfiado da
mensagem abre em outro texto, buscando confirmação, e lê: "Vai e procede tu de
igual modo" (Lc 10.37). Assustado, tenta mais uma vez, na esperança de ouvir
uma ordem mais suave. Abre o livro uma terceira vez, cheio de expectativa e lê:
"O que pretendes fazer, faze-o depressa" (Jo 13.27)!
Os exemplos extremos dados acima não são uma descrição exagerada dos perigos
de não estudar o contexto de um texto bíblico. Toda vez que tratamos a Bíblia
como se fosse uma lista de oráculos desvinculados de qualquer relacionamento
com o contexto, o resultado é algo perigoso.
- Bost, Bryan e Álvaro César Pestana Do Texto À Paráfrase – "Como Estudar a
Bíblia", São Paulo: Editora Vida Cristã, 1992, pp. 31-32.
Caráter
A Recompensa Do Trabalho
O retorno mais importante que alguém recebe pelo seu trabalho não é o que ele
recebe em recompensa, mas, aquilo que ele se torna através do seu trabalho.
– João Ruskin
Quem Você Realmente É
6
Seu ideal é o que você gostaria de ser.
Sua reputação é o que as pessoas dizem que você é.
Seu caráter é o que você realmente é.
- Green, Michael P., "Ilustrações Para Pregação Bíblica" (Illustrations for Biblical
Preaching), (Grand Rapids, Michigan: Baker Book House) 1989.
Como Caráter É Construído
Quando
Quando
Quando
Quando
semeamos
semeamos
semeamos
semeamos
um pensamento, colhemos um ato;
um ato, colhemos um habito;
um habito, colhemos caráter;
caráter, colhemos um destino.
- Green, Michael P., "Ilustrações Para Pregação Bíblica" (Illustrations for Biblical
Preaching), (Grand Rapids, Michigan: Baker Book House) 1989.
O Poder De Um Pequeno Defeito
"Viajando num trem, de repente paramos. O problema foi que um parafuso
pequeno havia quebrado e fomos obrigados a seguir lentamente com um pistão só
ao em vez de dois funcionando. Somente um pequeno parafuso estava quebrado.
Se tivesse sido corrigido o trem teria corrido sua trilha de ferro, mas a ausência
daquela peça insignificante atrapalhou tudo. A analogia é perfeita; um homem, em
todos os outros aspectos apto para ser útil pode, por causa de um pequeno
defeito, ser impedido ou até tornado inútil para o ministério.
C. H. Spurgeon, "Lições Para Meus Estudantes".
O Jovem E O Sábio
Certa vez um jovem foi a um homem sábio, pedir conselhos. O homem sábio disse
que só queria saber uma coisa.
Ele propôs uma situação imaginária. Ele disse - “Imagine que você nunca seria
pego e ninguém seria machucado. Ninguém perderia nada. Se estas circunstâncias
fossem garantidas, você mentiria por $10,000 dólares?”
O jovem pensou um pouco e respondeu. “Sim, por $10,000 e ninguém saberia e
ninguém seria machucado. Eu mentiria.” O sábio balançou a cabeça e disse.
“Tenho outra pergunta. Você mentiria por dez centavos?”
Furioso, o jovem indagou “Que tipo de pessoa você acha que eu sou?”
O sábio respondeu. “Eu já sei que tipo de pessoa você é. Estou apenas tentando
estabelecer seu preço.”
Do jornal - Does God Exist? (Será que Deus Exist?) July/Aug 96, pp. 22-3
http://www.doesgodexist.org
Cegueira Espiritual
O Dono Da Estrada E O Porco
7
Certa vez um homem andava correndo num carro novo que havia comprado. O
carro era possante e rápido. Ele gostava de carros assim e se enchia de orgulho
olhando a nuvem de poeira que subia por trás de seu carro enquanto corria nas
estradas de barro do interior.
Um belo dia ele estava correndo numa estrada assim todo satisfeito com a nuvem
de poeira e o vento batendo no seu rosto. De repente, ele avistou um carro se
aproximando da outra direção. Ele percebeu que o carro estava correndo igual ao
carro dele. Ao se aproximar mais ainda ele viu que este carro também era novo e
da mesma marca que o carro dele.
Cheio de inveja ele pisou no acelerador e resolveu dar uma lição no outro
motorista de como correr de carro em estrada de barro. Os dois carros estavam se
aproximando uma curva perigosa na estrada. O motorista orgulhoso nem tirou o
pé do acelerador, mas resolveu entrar na curva na velocidade máxima.
Assim que ele começou a entrar na curva ele percebeu que o outro carro, ao se
aproximar dele estava deslizando no barro. Parecia que o motorista estava
perdendo controle. E, o pior, ele viu que o motorista era uma mulher.
Rapidamente ele girou o volante e evitou uma batida enquanto o outro carro
passou, quase batendo. A mulher, do volante do outro carro gritou "Porco"! O
motorista orgulhoso, enraivecido revidou "E você é uma vaca"!
Mas, logo na frente, ao completar a curva o motorista orgulhoso espatifou o
grande porco que havia se deitado no meio da estrada e pelo qual aquela senhora
havia desviado e tentado avisá-lo.
Compromisso
O Dono Do Prego
Um velho pastor de Haiti falou da necessidade de compromisso com Cristo assim.
Ele contou a história de um homem que queria vender sua casa por $2,000.
Outro homem queria muito comprar aquela casa. Mas, porque ele era pobre ele
não conseguia pagar o preço do dono. Depois de muita negociação o dono da casa
concordou em vender a casa pela metade do preço.
Ele só tinha uma ressalva: ele continuaria como dono de um pequeno prego
cravado na parede em cima da porta da casa.
Depois de alguns anos, o dono original queria comprar sua casa de volta. Mas, o
novo dono não concordava em vender. Então, o dono original saiu pela estrada,
achou o cadáver de um cachorro e o pendurou na parede pelo prego que lhe
pertencia.
Em pouco tempo, a casa ficou insuportável, e a família foi obrigada a vender a
casa de volta ao dono original.
8
A conclusão do pastor Haitiano foi o seguinte: “Se nós deixamos o Diabo com
apenas um pequeno prego nas nossas vidas, ele voltará e pendurará seu podre
lixo lá, deixando as nossas vidas insuportáveis para Cristo habitar.”
Você tem um prego daqueles na sua vida? Há algum pecado ou hábito predileto
que você ainda não entregou a Jesus?
Pode ter certeza, Satanás irá voltar. O dono daquele prego, daquele pecado ou
hábito predileto irá aparecer, mais cedo ou mais tarde.
Ele vai usar aquela coisa pequena, aquele prego para estragar tudo que você quer
tentar construir de bom. E, no final, ele vai levar tudo que você tem.
Adaptado de uma ilustração em Craig Brian Larson "Ilustrações Para Pregação Bíblica
do Jornal Liderança" (“Illustrations for Biblical Preaching from Leadership Journal”),
Grand Rapids: Baker, 1993
Cooperação
Jogando como equipe
Um grande técnico uma vez falou sobre a dificuldade de compor um time. "Achar
bons atletas não é tarefa difícil", ele disse. "O que é difícil é fazer com que eles
jogam como equipe. Esta é a parte difícil."
Unidade e conflito
A unidade se torna preciosa quando você caminha pelo conflito para alcança-la.
-- Lynn Buzzard, na revista Leadership, (Liderança) Vol. 4, no. 3.
Defeitos
O Poder De Um Pequeno Defeito
"Viajando num trem, de repente paramos. O problema foi que um parafuso
pequeno havia quebrado e fomos obrigados a seguir lentamente com um pistão só
ao em vez de dois funcionando. Somente um pequeno parafuso estava quebrado.
Se tivesse sido corrigido o trem teria corrido sua trilha de ferro, mas a ausência
daquela peça insignificante atrapalhou tudo. A analogia é perfeita; um homem, em
todos os outros aspectos apto para ser útil pode, por causa de um pequeno
defeito, ser impedido ou até tornado inútil para o ministério.
C. H. Spurgeon, "Lições Para Meus Estudantes".
9
Escola Dominical
Sua Vida É Jesus Para Elas
As professores e professoras da Escola Dominical da igreja podem refletir sobre as
seguintes palavras. Seu impacto na vida das crianças que participam das suas
aulas vai muito além do que você imagina.
Sua VIDA é Jesus para elas,
Por mais fraca e falha que possa ser.
Apesar de ser cheio de erros,
Você é tudo de Deus que algumas vão ver.
Sua LINGUA é Jesus para elas.
Aquela palavra amarga de dor
Falará a um coração sensível
Talvez tudo que ela ouvirá do Senhor.
Seus ALVOS são Jesus para elas.
O que você tiver em primeiro lugar
São para elas os alvos de um Cristão,
São esses que um dia elas vão procurar.
Sua FIDELIDADE - isto para elas é Jesus.
Se Ele é fiel em tudo ou não
Depende do dia após dia, da perseverança
Que vêem em você e em seu coração.
Seu AMOR é Jesus para elas,
Para aquela que está precisando saber
Se Jesus realmente irá atrás dela
Seja quão longe ela estiver.
Cuidado para que elas não blasfemem Deus
Elas vão descobrir o que você é.
E o único Jesus que algumas vão ver
É o Jesus que conhecem através de você.
- adaptado e traduzido de "Your Life is Jesus to Someone" de Lola Conley's
Devotional.
O Professor E Os Meninos Da Escola Dominical
No começo deste século, num domingo de manhã um homem estava passando na
rua e viu quatro meninos. Pelo jeito deles o homem tinha a impressão que logo
eles acabariam em confusão. Então, ele os convidou para irem à igreja com ele.
Mas, quando ele chegou na igreja, descobriu que não havia aula para adolescentes
na sua igreja.
Então, ele começou uma aula para adolescentes. Durante quatro anos ele ensinou
aqueles jovens tudo que ele sabia. Ele não era um professor excepcional, mas ele
ensinou tudo que sabia. Toda semana ele se encontrou com aqueles jovens
10
rapazes e eles chamaram seus amigos. No final daqueles quatro anos havia um
bom grupo.
Com tempo os quatro seguiram seus próprios caminhos da vida e o homem
também. Ele nunca mais ouviu falar dos quatro. Passou-se trinta e dois anos.
No dia de seu aniversário 32 anos depois ele recebeu quatro cartas. Um dos
homens havia coordenado o contato e cada um havia escrito para ele para falar do
que estava fazendo. Uma carta veio de um missionário na China. Outra carta veio
do secretário de Comércio do governo federal dos Estados Unidos. A terceira carta
era do assistente do então presidente dos EUA, Herbert Hoover. E a quarta carta
era do próprio presidente dos EUA.
Será que no final daqueles quatro anos aquele professor tinha idéia do futuro de
seus alunos? Você sabe do futuro de seus alunos? Qualquer trabalho feito no
Reino tem possibilidades que ninguém pode medir. Você nunca sabe o quanto um
de seus alunos está ligado em você, em cada palavra, cada ação, cada atitude.
Cada momento com você é um momento especial para ele que ele talvez nunca
esqueça.
É interessante saber que o apóstolo João podia décadas depois lembrar a hora em
que ele conheceu Jesus. Foi mais ou menos às quatro horas da tarde (João 1:39).
Tão marcante foi aquele encontro que ele nunca esqueceu.
- Adaptado e traduzido de uma ilustração de Max Lucado numa pregação de 29 de
agosto, 1993.
Evangelismo
Deus Pode Salvar Qualquer Um
Certa vez, numa campanha evangelística o pregador parou a palestra e pediu que
cada pessoa falasse de seu testemunho para a pessoa de seu lado. Um menino
virou para o senhor ao seu lado e perguntou “Senhor, você conhece Jesus como
seu Salvador?” Um pouco indignado o homem olhou para o menino e disse “Meu
filho, eu sou diácono ordenado.” Com toda a inocência no mundo, o menino
respondeu, “Mas, senhor, isso não importa. Deus pode salvar qualquer um.”
- Bailey Smith, "Real Evangelism", p. 117.
A Música Do Evangelho
Fritz Kreisler (1875-1962), violinista internacionalmente famoso, quis certa vez
adquirir um violino que sabia ser de excelente qualidade, mas não tinha no
momento o dinheiro exigido. Ele voltou mais tarde, mas o violino já havia sido
vendido para alguém. Perguntou ao vendedor quem o adquirira. Em seguida, foi à
procura do comprador, conversou com ele, mas o homem não queria vender o
violino recém-adquirido. Então Kreisler, algo desanimado, pediu ao homem que
pelo menos o deixasse tocar um pouquinho antes de ir embora. Tomou nas mãos
o instrumento, fechou os olhos, e tocou tudo o que sabia. Quando acabou, o
homem estava tão encantado que disse: “Sr. Kreisler, depois do que acabo de
11
ouvir, eu não tenho o direito de guardar esse instrumento comigo. É seu, leve-o
ao mundo inteiro e faça com que as pessoas ouçam o que eu ouvi agora" - Our
Daily Bread 4-2-94 (O Pão Nosso de Cada Dia).
Nossa missão é tocar para os ouvidos do mundo a música sublime do Evangelho!
Recebemos esta sublime mensagem de graça. Vamos não parar de tocar nunca.
Vamos tocar, vamos contar o Evangelho, não porque somos mandados, mas,
porque podemos porque o Espírito quer e porque Jesus está conosco.
- autor desconhecido
12
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards