Instituto / Faculdade

Propaganda
Instituto / Faculdade
Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária
Curso
Agronomia
Coordenador de Curso
Profº Aquiles Sandanielo
Colegiado de Curso
Profº Aquiles Sandanielo
Profº José Eurico Leitão de Almeida
Profº Pedro Kaiser
Profª Argon Norberto Hachmann
Prof° Aluisio Brigido Borba Filho
Profº Gilberto de Oliveira Aguiar
Discente: Rodrigo Duarte Monteiro
Histórico
Em 1974, foi fundado o Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Mato
Grosso, através da Resolução CD nº 75/74, o qual iniciou suas atividades em janeiro de 1975.
Naquela época, o CCA abrigava os departamentos de Agronomia e de Engenharia Florestal. O
ingresso dos discentes dava-se por meio de dois exames vestibulares, um no início do ano e
outro no mês de julho, com 25 alunos aprovados e matriculados por semestre, em ambos os
cursos de Graduação em Agronomia e Engenharia Florestal. Em 1991, foi aprovada a
implantação do curso de Graduação em Medicina Veterinária e, passaram a ingressar no
curso de Agronomia 35 alunos por semestre, classificados em um único vestibular. Em 2009
com o Programa de Expansão de vagas nas Universidades Federais-REUNI, o ingresso
passou para 40 alunos por semestre. Em 1992, com a reforma administrativa, criou-se a
Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária (FAMEV), abrigando os cursos de Agronomia
e Medicina Veterinária, constituído de diversos departamentos. Nessa ocasião, houve o
desmembramento do curso de Engenharia Florestal, o qual passou a ser unidade da
Faculdade de Engenharia Florestal (FENF). A FAMEV conta com o curso de Pós-Graduação
em Agricultura Tropical, a nível de mestrado criado em 1993 e a nível de doutorado com início
em 2005 e; também, com o Núcleo de Tecnologia de Armazenagem (NTA), um Hospital
Universitário em Medicina Veterinária e uma Fazenda Experimental no município de Santo
Antonio de Leverger - MT, distante 30km do Campus de Cuiabá. Decorridos 34 (trinta e
quatro) anos, foram formados 1325 (hum mil trezentos e vinte e cinco) profissionais na área de
Agronomia, oriundos das mais diversas regiões brasileiras e, principalmente de matogrossenses, nativos e adotivos. O curso de Agronomia conta com 45 (quarenta e cinco)
professores e 08 (oito) técnicos de nível superior, enquanto o curso de Medicina Veterinária
possue 36 (trinta e seis) professores. A interligação das atividades de pesquisa, ensino e
extensão, visam o fortalecimento do aprendizado e, conseqüentemente, a difusão das
pesquisas pela Extensão Rural, em campos demonstrativos ou prestação de serviços, já que a
FAMEV conta com 17 laboratórios, sendo 10 (dez) pertencentes ao curso de Agronomia e
7(sete) ao curso de Medicina Veterinária. O Currículo Pleno do Curso de Agronomia é
composto de 250 (duzentos e cinqüenta) créditos, equivalentes a 4575 (quatro mil quinhentos
e setenta e cinco) horas, sendo 4440 (quatro mil quatrocentos e quarenta) em disciplinas
obrigatórias e 135 (cento e trinta e cinco) horas em disciplinas optativas. O curso de
Agronomia da FAMEV tem-se preocupado com o ensino-aprendizagem, tanto no âmbito da
formação profissional dos alunos, como no que se refere à competência técnico - científico e
ainda quanto ao compromisso profissional para com o desenvolvimento sócio-econômico do
estado, o qual encontra-se representado por 3 (três) ecossistemas, quais sejam: pantanal,
cerrado e floresta. Assim, tem-se buscado oferecer aos discentes, uma formação eclética,
visando atender as reais necessidades do estado e região Centro-Oeste, como também se
adequar às outras regiões do país, fazendo do graduado um profissional atento às novas
tecnologias e condições diferenciadas das diversas regiões brasileiras. O curso de Agronomia
vem formando em torno de 30(trinta) estudantes por semestre, com um total de cerca de
trezentos e sessenta alunos matriculados por semestre.
Autorização
Não Informado
1
Reconhecimento
Decreto nº 83.652 de 28 de junho de 1979
Modalidade
Habilitação
Bacharelado
Engenheiro Agrônomo
Regime
Vagas
Turno de Funcionamento
Crédito Semestral
40/semestre
Matutino e Vespertino
Integralização Curricular Mínima
Integralização Curricular Máxima
10 semestres ( 05 anos )
16 semestres ( 08 anos )
Perfil Profissional
O Engenheiro Agrônomo formado pelo Curso de Agronomia da FAMEV, deverá:- Ter uma
formação baseada nos princípios da ética, honestidade, responsabilidade, justiça,
solidariedade e compromisso social de inovar, com o objetivo de retribuir o benefício recebido;Ser ciente de que deve utilizar os recursos naturais renováveis de maneira sustentável,
garantindo para as futuras gerações, condições de vidas semelhantes ou melhores às atuais,
devendo, portanto, conservar o solo, a água o ar e a biodiversidade, por meio da adoção de
tecnologia de fácil acesso a todas as camadas sociais, principalmente no meio rural;- Ser
versátil e eclético para atender os agricultores de diferentes níveis sócio-econômicos e
tecnológicos, trabalhando na construção e aplicação de tecnologias dinâmicas de
desenvolvimento agrícola, em especial para o estado de Mato Grosso e as regiões CentroOeste e Norte do Brasil, para que possam ser aplicadas de acordo com a capacidade de uso
das terras e da situação econômica do agricultor;- Ter habilidade na transferência de
tecnologia e, como meta principal, capacitar e profissionalizar os agricultores, fortalecendo
suas relações, promovendo a autoconfiança e o conhecimento sobre o agronegócio;- Ter a
preocupação em se manter atualizado em relação às tecnologias agropecuárias e
agroindustriais e entender a importância da pesquisa científica, como meio de inovar e adquirir
novos conhecimentos visando a resolução de problemas emergentes;- Estar preparado para
gerir e administrar a propriedade agrícola e o agronegócio não só para fins públicos como
também para conquistar seu espaço de trabalho na iniciativa privada.
Disciplinas do Currículo
DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS
Cálculo I
Cálculo II
Geometria Analítica e Álgebra Linear
Estatística Geral
Experimentação
Física I
Física II
Química Geral
Química Orgânica
Química Analítica Aplicada
Bioquímica
Citologia
Genética Básica
Microbiologia Agrícola
Botânica
Anatomia Vegetal
Taxonomia Vegetal
Fisiologia Vegetal
Zoologia
Anatomia e Fisiologia dos Animais Domésticos
Desenho Técnico
Introdução a Ciência da Computação
Filosofia da Ciência e Antropologia
CARGA HORÁRIA
75
60
60
60
60
60
60
45
60
75
60
60
60
75
90
60
60
75
60
75
60
60
60
2
Sociologia Rural
Ecologia Geral
Meteorologia e Climatologia Agrícola
Solos I
Solos II
Solos III
Solos IV
Entomologia I
Entomologia II
Fitopatologia
Mecânica e Motores
Máquinas Agrícolas
Topografia Agrícola I
Topografia Agrícola II
Fotointerpretação Agrícola
Melhoramento Genético Vegetal
Produção de Sementes
Fitotecnica I
Fitotecnica II
Fitotecnica III
Fitotecnica IV
Olericultura
Fruticultura
Forragicultura
Construções Rurais
Recursos Naturais Renováveis
Silvicultura Geral
Zootecnia Geral
Melhoramento Genético Animal
Nutrição Animal
Criação e Exploração de Ruminantes
Criação e Exploração de não Ruminantes
Hidráulica Agrícola
Irrigação e Drenagem
Economia Agrícola
Empreendimento Agrícola
Planejamento e Política Agrícola
Tecnologia de Alimentos de Origem Vegetal
Tecnologia de Alimentos de Origem Animal
Extensão Rural
Estágio Profissionalizante
Língua Portuguesa
DISCIPLINAS OPTATIVAS
Sensoriamento Remoto
Mecanização Agrícola
Jardinocultura
Armazenamento de Produtos Vegetais
Heveicultura
Piscicultura
Apicultura e Sericicultura
Ciência, Tecnologia e Política
Comercialização Agropecuária
Fruticultura Especial
Fitopatologia Aplicada
75
75
75
75
75
60
60
60
75
90
60
75
60
60
60
60
60
60
90
75
60
90
75
60
75
45
75
90
60
60
90
90
75
75
60
75
75
60
60
75
120
60
CARGA HORARIA
60
60
45
60
60
60
60
45
45
60
60
3
Nutrição Mineral de Plantas
Caprinocultura e Ovinocultura
Sistemas Agrícolas
Cultivo Orgânico de Hortaliças
Raízes e Tubérculos Tropicais
Matologia
60
60
60
75
60
60
Departamentos Envolvidos
Departamento /Instituto / Faculdade
Departamento de Solos e Engenharia Rural/
FAMEV
Disciplina
Armazenamento de Produtos Vegetais
Construções Rurais
Fotointerpretação Agrícola
Hidráulica Agrícola
Irrigação e Drenagem
Máquinas Agrícolas
Mecânica e Motores
Mecanização Agrícola
Meteorologia e Climatologia Agrícola
Nutrição Mineral de Plantas
Recursos Naturais Renováveis
Sensoriamento Remoto
Solos I
Solos II
Solos III
Solos IV
Topografia Agrícola I
Topografia Agrícola II
Departamento de Fitotecnia e Fitossanidade/
FAMEV
Cultivo Orgânico de Hortaliças
Entomologia I
Entomologia II
Experimentação
Fitopatologia
Fitopatologia Aplicada
Fitotecnia I
Fitotecnia II
Fitotecnia III
Fitotecnia IV
Fruticultura
Fruticultura Especial
Jardinocultura
Matologia
Melhoramento Genético Vegetal
Microbiologia Agrícola
Olericultura
Produção de Sementes
Raízes e Tubérculos Tropicais
Sistemas Agrícolas
Departamento de Zootecnia e Extensão
Rural/ FAMEV
Anatomia e Fisiologia dos Animais
Domésticos
Apicultura e Sericicultura
Caprinocultura e Ovinocultura
Ciência Tecnologia e Política
4
Comercialização Agropecuária
Criação e Exploração de Não Ruminantes
Criação e Exploração de Ruminantes
Empreendimento Agrícola
Estágio Profissionalizante do Curso de
Agronomia
Extensão Rural
Forragicultura
Nutrição Animal
Piscicultura
Planejamento e Política Agrícola
Tecnologia de Alimentos de Origem Animal
Tecnologia de Alimentos de Origem Vegetal
Zootecnia Geral
Departamento de Botânica e Ecologia/IB
Anatomia Vegetal
Botânica
Ecologia Geral
Fisiologia Vegetal
Taxonomia Vegetal
Departamento de Biologia e Zoologia/IB
Citologia
Genética Básica
Zoologia
Departamento de Matemática/ICET
Calculo I
Calculo II
Geometria Analítica e Álgebra Linear
Departamento de Química/ICET
Bioquímica
Química Analítica Aplicada
Química Geral
Química Orgânica
Departamento de Física/ICET
Física I
Física II
Departamento de Engenharia Florestal/FENF
Heveicultura
Silvicultura Geral
Departamento de Clinica Médica
Veterinária/FAMEV
Zootecnia III – Melhoramento Genético
Animal
Departamento de Ciências da
Computação/ICET
Introdução a Ciência da Computação
Departamento de Arquitetura e
Urbanismo/FAET
Desenho Técnico
Departamento de Estatística/ICET
Estatística Geral
Departamento de Letras/IL
Língua Portuguesa
Departamento de Filosofia/ICHS
Filosofia da Ciência e Antropologia
5
Departamento de Sociologia e Ciências
Políticas/ICHS
Sociologia Rural
Departamento de Economia/FAECC
Economia Agrícola
Corpo Docente
Professor
Aluísio Brigido Borba
Filho
Daniela Tiago da Silva
Campos
Daniel Cassetari Neto
Titulação
Doutorado
Departamento
Fitotecnia e
Fitossanidade
Doutorado
Fitotecnia e
Fitossanidade
Doutorado
Fitotecnia e
Fitossanidade
Elisabeth Aparecida
Doutorado
Fitotecnia e
Furtado de Mendonça
Fitossanidade
Elisangela Clarete Camili
Doutorado
Fitotecnia e
Fitossanidade
Eugenio Nilmar dos
Especialização Fitotecnia e
Santos
Fitossanidade
Fabio Nolasco
Doutorado
Fitotecnia e
Fitossanidade
João Pedro Valente
Doutorado
Fitotecnia e
Fitossanidade
Leimi Kobayasti
Doutorado
Fitotecnia e
Fitossanidade
Marcio do Nascimento
Doutorado
Fitotecnia e
Ferreira
Fitossanidade
Maria Cristina de
Doutorado
Fitotecnia e
Figueiredo Albuquerque
Fitossanidade
Mauro Mondim
Doutorado
Fitotecnia e
Fitossanidade
Orlando Sales Júnior
Doutorado
Fitotecnia e
Fitossanidade
Patricia Helena de
Doutorado
Fitotecnia e
Azevedo
Fitossanidade
Sebastião Carneiro
Doutorado
Fitotecnia e
Guimarães
Fitossanidade
Virginia Helena de
Doutorado
Fitotecnia e
Azevedo
Fitossanidade
Argon N. Hachmann
Especialização Zootecnia e
Extensão Rural
Carlos Alberto Souza
Doutorado
Zootecnia e
Gondim
Extensão Rural
Janessa Sampaio de
Abreu
Joadil Gonçalves de
Abreu
Luciano da Silva Cabral
Doutorado
Lucirdes dias Ferreira
Mestrado
Doutorado
Doutorado
Área de conhecimento
Fitotecnia-Plantas
Oleaginosas
Microbiologia Agrícola
Fitopatologia e Patologia de
Sementes
Fitotecnia/ Grandes Culturas
Fitotecnia/Horticultura
Fitotecnia/Grandes Culturas
Fitotecnia/Sistemas de
Produção
Fruticultura Tropical
Fitopatologia e Patologia de
Sementes
Entomologia e Apicultura
Sementes
Olericultura
Entomologia Agrícola
Melhoramento Genético de
Plantas
Plantas Daninhas e Plantio
Direto
Fitotecnia/Melhoramento de
Plantas
Comunicaçaõ Rural e
Projetos Institucionais
Nutrição de Animais Não
Ruminantes,Avicultura,
Estrutiocultura
Piscicultura
Zootecnia e
Extensão Rural
Zootecnia e
Forragicultura e Pastagem
Extensão Rural
Zootecnia e
Nutrição de Animais
Extensão Rural Ruminantes,
Caprinocultura,Ovinocultura
Zootecnia e
Administração e Economia
6
Marinaldo Divino Pereira
Doutorado
Messias Bhering
Mestrado
Regina Célia de
Carvalho
Vania Maria Arantes
Doutorado
Willian Bertoloni
Doutorado
Aloisio Bianchini
Aquiles Sandanielo
Carlos Caneppele
Edgar Alfredo Tzi Tziboy
Eduardo Guimarães
Couto
Emilio Carlos de
Azevedo
Francisco de Almeida
Lobo
Ismael de Barros Rocha
João Carlos de Souza
Maia
José Eurico Leitão de
Almeida
José Fernando
Scaramuzza
José Holanda Campelo
Júnior
Marcelo de Carvalho
Dias
Marcio William Roque
Oscarlina Lucia dos
Santos Weber
Doutorado
Extensão Rural
Zootecnia e
Extensão Rural
Zootecnia e
Extensão Rural
Zootecnia e
Extensão Rural
Zootecnia e
Extensão Rural
Zootecnia e
Extensão Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Mestrado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Pós-Doutorado Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Rural
Doutorado
Solos e
Engenharia
Agrícola
Bovinocultura de Leite e de
Corte, Bubalinocultura
Extensão Rural
Administração e Economia
Rural
Produção, Nutrição e
Sanidade de Animais
Domésticos, Suinocultura
Tecnologia de Alimentos
Máquinas e Mecanização
Agrícola, Manejo de Solos,
Mecânica
Agrometeorologia, Manejo
da Irrigação
Armazenamento de Grãos
Solos e Nutrição de Plantas
Levantamento e
Classificação de Solos/
Agricultura de Precisão
Ciência do Solo e Meio
Ambiente
Recursos Naturais
Renováveis e Ecofisiologia
Vegetal
Irrigação e Construções
Rurais, Hidráulica
Máquinas e Mecanização
Agrícola
Hidráulica Agrícola e
Irrigação e Drenagem
Fertilidade e Nutrição de
Plantas, Gênese, Morfologia
e Física do Solo
Agrometeorologia e
Armazenamento
Agricultura de Precisão e
Geomática
Engenharia de Àgua e Solo
Solos e Nutrição de Plantas
7
Pedro Kaiser
Mestrado
Pedro Hurtado
Mendonza Borges
Doutorado
Ricardo Santos Silva
Amorim
Doutorado
Sania Lucia Camargos
Doutorado
Walcylene Lacerda
Matos Pereira
Scaramuzza
Doutorado
Rural
Solos e
Engenharia
Rural
Solos e
Engenharia
Rural
Solos e
Engenharia
Rural
Solos e
Engenharia
Rural
Solos e
Engenharia
Rural
Topografia, Hidráulica,
Irrigação e Drenagem,
Construção de Barragens e
Licenciamento Ambiental
Computação e Topografia
Agrícola
Solos, Sensoriamento
Remoto, Hidraúlica
Fertilidade do Solo e
Nutrição de Plantas
Fertilidade do Solo e
Nutrição de Plantas
Docentes por Titulação e Regime de Trabalho
Regime de Trabalho em Horas / Semana
40HDE
20 A 39 H
10 A 19 H
ATÉ 10 H
30
04
03
37
100%
-
Titulação
Doutorado
Mestrado
Especialização
Graduação
Total
%
Docentes por Titulação e Tempo de Serviço
Titulação
Doutorado
Mestrado
Especialização
Graduação
Total
%
ATÉ 2
03
03
08
Tempo de Serviço em Anos
DE 2 A 5
DE 5 A 10
10 OU MAIS
02
03
22
04
03
02
03
29
05
08
79
Docentes Afastados para Qualificação
Titulação
Doutorado
Mestrado
Especialização
Graduação
Total
%
Especialização
-
Titulação Pretendida
Mestrado
Doutorado
01
01
03
-
Pós-Doutorado
-
Publicação Docente ( últimos 02 anos )
Titulação
Doutorado
Artigos
47
Publicações
Periódicos
Livros
27
06
Total
80
8
Mestrado
Especialização
Graduação
Total
%
47
59
27
34
06
07
80
100
Corpo Técnico Administrativo
Servidor
Airton de Abreu
Titulação
2º Grau
Antônio Marcos Iaia
Arlindo de Salles Pedroso
Mestrado
2º Grau
Dimas de Melo
Fernando Tadeu Caseiro
Irineu Pedroso da Silva
Mesrtrado
Mestrado
1º Grau
José Antonio de Sena
1º Grau
João Batista Ramos
João de Almeida
Graduação
1º Grau
João Donizete de Jesus
1º Grau
Maria Aparecida Braga Canepelle
Maria de Fatima Morbeck Elias
Maria Minervina de Souza
Doutorado
Graduação
2º Grau
Rosenir Maria de Almeida
2º Grau
Sideneia Aparecida Fiore Caldeira
Graduação
Função
Assistente
Administrativo
Eng. Agr.
Auxiliar de
Laboratório
Eng. Agr.
Técnico
Auxiliar de
Laboratório
Auxiliar
Administrativo
Técnico
Auxiliar de
Laboratório
Auxiliar de
Laboratório
Eng. Agr.
Pedagoga
Técnico de
Laboratório
Assistente
Administrativo
Té cnico de
Laboratório
Lotação
CEG/AGRO
DFF
DFF
DSER
NTA
DFF
Audio Visual
DFF
DFF
DZER
NTA
Diretoria
DSER
Secretária
Departamentos
DFF
Técnicos por Titulação e Regime de Trabalho
Titulação
Pós-Doutorado
Doutorado
Mestrado
Especialização
Graduação
Outros
Total
%
40H
01
03
03
08
15
100
Regime de Trabalho em Horas/Semana
20 A 39 H
10 A 19 H
ATÉ 10 H
-
Técnicos por Titulação e Tempo de Serviço
Titulação
Pós-Doutorado
Doutorado
Mestrado
Especialização
Graduação
Outros
ATÉ 2
-
Tempo de Serviços em Anos
DE 2 A 5
DE 5 A 10
ACIMA DE 10
01
03
03
08
9
Total
%
-
-
-
15
100
Técnicos Afastados para Qualificação
Titulação
Pós-Doutorado
Doutorado
Mestrado
Especialização
Graduação
Outros
Total
%
Especialização
-
Titulação Pretendida
Mestrado
Doutorado
-
Pós-Doutorado
-
Computadores a disposição
13computadores
Recursos Audiovisuais
17 Retroprojetor
01 Projetor de Slides
01 Tv (29’)
01 Tv (20’)
02 Video Cassete
01 DataShow
Espaço Físico
07 salas de aula
01 sala para a coordenação de Ensino
01 sala para o coordenador de Curso
32 salas para os professores
03 salas para os departamentos
01 sala da secretaria
01 sala de Laboratório de computação
01 sala para Coordenação de Estágio
01 sala de Estudo
01 sala do Centro Acadêmico
10 salas para Laboratórios
01 Centro de Biotecnologia
01 Viveiro Experimental
Pesquisa
Epidemiologia e controle de doenças em algodão no Mato Grosso.
Autor/Coordenador: Daniel de Cassetari Neto.
Registro: 065/CAP/2001
Controle de patógenos em sementes e no final do ciclo em soja no Mato Grosso.
Autor/Coordenador: Daniel de Cassetari Neto.
Registro: 064/CAP/2001
Estudo da fenologia, métodos de propagação, conservação de sementes e técnicas para
extração do látex de sanfra d’água ( Croton urucurana Baill. ) Euphorbiaceae.
Autor/Coordenador: Elisabeth Aparecida Furtado de Mendonça.
Registro: 052/CAP/2004
Monitoramento da qualidade de sementes de espécies florestais durante o armazenamento.
Autor/Coordenador: Elisabeth Aparecida Furtado de Mendonça.
Registro: 016/CAP/2003
10
Avaliação do comportamento de espécies de maracujazeiro submetidas a diferentes métodos
de propagação.
Autor/Coordenador: João Pedro Valente.
Registro: 092/CAD/2005
Avaliação do comportamento de variedades anãs de coqueiro na Baixada Cuiabana.
Autor: Nilton Ney Gaiva.
Registro: 092/CAD/1998
Avaliação de variedades anãs e híbridos do coqueiro na Baixada Cuiabana.
Autor: Nilton Ney Gaiva.
Registro: 108/CAD/1998
Cultivo in vitro de pequizeiros ( Caryocar brasiliense Camb. ).
Autor: Jeferson Dallabona Dombroski.
Registro: 018/CAD/2003
Tratamento térmico em sementes de algodoeiro com Fusarium oxysporum f. sp. Vasinfectum.
Autor: Leimi Kobayasti.
Registro: 041/CAD/2005
Controle químico de Mycrothecium roridum Tode ex. Fr. Em cultivares de algodão.
Autor/Coordenador: Leimi Kobayasti.
Registro: 128/CAD/2004
Abelhas polinizadoras na cajucultura de Mato Grosso.
Autor/Coordenador: Marcio do Nascimento Ferreira.
Registro: 021/CAD/2004
Avaliação de altas temperaturas de secagem de milho em espiga na qualidade sanitária e
fisiológica das sementes.
Autor: Maria Cristina Figueiredo de Albuquerque.
Registro: 022/CAD/2003
Métodos de propagação, sistemas de cultivo e estudos etnobotânicos de Nó-de-cachorro (
Heteropteris aphrodisiaca O. MACH. ) em Mato Grosso.
Autor/Coordenador: Maria de Fátima Barbosa Coelho.
Registro: 018/CAD/2002
Plantas de uso medicinal nos cerrados de Mato Grosso: Conservação de recursos genéticos.
Autor/Coordenador: Maria de Fátima Barbosa Coelho.
Registro: 073/CAD/2000
Diversidade microbiana e de diazotróficos simbióticos e rendimento da soja e do feijoeiro em
solos do Paraná e Mato Grosso cultivados sob os sistemas de plantio direto e plantio
convencional.
Autor/Coordenador: Maria de Fátima Loureiro.
Registro: 054/CAD/2004
Aspectos biológicos do adulto de Hippodamia converges alimentados com ovos de traça-doarroz Corcyra cephalonica.
Autor: Orlando Sales Junior.
Registro: 020/CAD/2004
Aspectos biológicos das fases imaturas de Hippodamia converges alimentado com ovos da
traça-do-arroz Corcyra cephalonica.
11
Autor/Coordenador: Orlando Sales Junior.
Registro: 022/CAD/2004
Diagnóstico rápido das chácaras do Bairro Pedra 90, Cuiabá: uma análise na perspectiva da
agricultura urbana.
Autor/Coordenador: Rodrigo Aleixo Brito de Azevedo.
Registro: 110/CAD/2002
Seletividade de tratamentos herbicidas para cultura do algodoeiro ( Gossypium hirsutum L. )
Autor/Coordenador: Sebastião Carneiro Guimarães.
Registro: 016/CAD/2004
Avaliação de alimentos para ruminantes no Estado de Mato Grosso.
Autor: Carlos Alberto de Souza Gondim.
Avaliação da seletividade de bovinos em pastagens nativas do Cerrado de Mato Grosso.
Autor: Carlos Alberto de Souza Gondim.
Avaliação de diferentes linhagens de frangos e de diferentes raças de aves para produção em
pequena propriedade rural, em sistema alternativo.
Autor: Carlos Alberto de Souza Gondim.
Recursos: FAPEMAT
Avaliação de forrageiras submetidas a diferentes taxas de lotação com ovinos, desempenho
animal, capacidade de suporte da pastagem e infestação parasitária.
Autor: Carlos Alberto de Souza Gondim.
Estabelecimento do melhor método/programa de controle da Coccidiose para aves criadas no
sistema agroecológico.
Autor: Carlos Alberto de Souza Gondim.
Recursos: FAPEMAT
Seleção de genótipos de capim-elefante.
Autor: Joadil Gonçalves de Abreu.
Recursos: EMBRAPA
Seleção de híbridos de sorgo forrageiro.
Autor: Joadil Gonçalves de Abreu.
Recursos: EMBRAPA
Avaliação de forrageiras submetidas a diferentes taxas de lotação com ovinos: desempenho
animal, capacidade de suporte da pastagem e infestação parasitária.
Autor: Luciano da Silva Cabral.
Recursos: FAPEMAT, CNPq
Avaliação de forrageiras do gênero Brachiaria sp.
Autor: Maristela de Oliveira Bauer.
Caracterização de uma pastagem nativa do cerrado, sob pastejo.
Autor: Maristela de Oliveira Bauer.
Desenvolvimento de discos de corte dentados para uso em semeadores de plantio direto.
Autor/Coordenador: Aloísio Bianchini.
Registro PROPEP: 038/CAP/2003
Desenvolvimento e avaliação de um determinador de umidade do solo baseado no princípio
do pulso de calor.
12
Autor/Coordenador: Aloísio Bianchini.
Registro PROPEP: 079/CAP/2002
Estudos sistemáticos dos solos da RPPN-SESC PANTANAL e entorno; avaliação da dinâmica
espacial e temporal de longo prazo.
Autor/Coordenador: Eduardo Guimarães Couto.
Registro PROPEP: 113/CAP/2002
Proposais selected undes NRA-01 – OES-06 for ecological research in the large-scale
biosphere-atmosphere experimenty in Amazônia (LBA-ECO): Phase II and opportunities in
terrestrial ecology.
Autor/Coordenador: Eduardo Guimarães Couto.
Registro PROPEP: 114/CAP/2002
Mapeamento de atributos de solo, da água e da planta em raízes cultivadas com algodão para
uso em agricultura de precisão, no Estado de Mato Grosso/MASAPAP-MT.
Autor/Coordenador: Eduardo Guimarães Couto.
Registro PROPEP: 008/CAP/2001
Avaliação das perdas de água e do solo por erosão sob diferentes condições de manejo do
solo no cultivo do algodão e aplicação de modelos de predição das perdas de água e/ou solo
para a região de Rondonópolis-MT.
Autor/Coordenador: Eduardo Guimarães Couto.
Registro PROPEP: 129/CAP/2004
Avaliação das perdas de solo e de água sob condições de uso e manejo de solo e proposição
de modelos para estimativa dos parâmetros de solo do modelo WEPP ( Kj, Kr, Ke, e tc ) para
os latossolos da região sul de Mato Grosso.
Autor/Coordenador: Eduardo Guimarães Couto.
Registro PROPEP: 127/CAP/2004
Variação sazonal da área foliar por estratos e suas implicações na formação da serrapilheira e
na ciclagem de nutrientes na floresta de transição em Sinop-MT.
Autor/Coordenador: Francisco de Almeida Lobo.
Registro PROPEP: 013/CAP/2006
Recursos FAPEMAT
Cultura da soja em sucessão a cultura de algodão submetido a diferentes doses de boro no
solo e na folha.
Autor: José Fernando Scaramuzza.
Registro PROPEP: 071/CAP/2002
Avaliação do efeito da irrigação no crescimento e desenvolvimento da planta e na produção de
frutas da mangabeira.
Autor/Coordenador: José Holanda Campelo Júnior.
Registro PROPEP: 023/CAP/2004
Teores de minerais em pastagens nativas do Pantanal Mato-grossense.
Autor/Coordenador: Oscarlina Lúcia dos Santos Weber.
Levantamento da fertilidade dos solos do Estado de Mato Grosso.
Autor/Coordenador: Sânia Lúcia Camargos.
Registro PROPEP: 087/CAP/2001
Toxidez de alumínio e manganês em sorgo.
Autor/Coordenador: Sânia Lúcia Camargos.
Registro PROPEP: 103/CAP/2004
13
Deficiência de macro e micronutrientes em sorgo.
Autor/Coordenador: Sânia Lúcia Camargos.
Registro PROPEP: 102/CAP/2004
Determinação da demanda hídrica das culturas ( algodão, milho, soja e trigo ) e avaliação de
sistemas de irrigação do tipo pivô central na região de Primavera do Leste.
Autor/Coordenador: Ismael de Barros Rocha.
Recursos: FAPEMAT
Avaliação da necessidade de subsolagem na cultura do algodão em solos sob vegetação de
cerrados.
Autor: Aloísio Bianchini.
Recursos: FACUAL
Desenvolvimento de sistema para aplicação localizada de calcário agrícola.
Autor: Aloísio Bianchini.
Recursos: FAPEMAT
Influência de diferentes sistemas de manejo na alteração dos principais atributos físicos do
solo para a cultura algodão em solos sob vegetação de cerrados.
Autor: João Carlos de Souza Maia.
Recursos: FACUAL
Estudo da caracterização da produção da liteira via ajuste de equações em floresta nativa e
capoeira.
Autor: Walcylene Scaramuzza.
Recursos: FAPEMAT
Diagnose nutricional de macronutrientes e micronutrientes em plantas de nim cultivadas em
solução nutitiva.
Autor: Walcylene Scaramuzza.
Recursos: CAPES
Produtividade do algodão em função da adubação orgânica, mineral e organo-mineral.
Autor: Walcylene Scaramuzza.
Recursos: FAPEMAT
Sortividade dos inseticidas endosulfan e carbofuran nas frações do solo.
Autor: Oscarlina Weber.
Recursos: FACUAL
Estimativa do índice de erosividade da chuva para o Estado de Mato Grosso.
Autor: Ricardo Santos Silva Amorim.
Avaliação da resistência do solo à penetração em função de diferentes teores de umidade de
um Latossolo Vermelho Distrófico.
Autor: João Carlos de Souza Maia.
Recursos: AGRITROP
Determinação de perdas na colheita mecânica de algodão.
Autor: João Carlos de Souza Maia.
Recuperação de pastagens no sudoeste do Estado de Mato Grosso.
Autor: Emílio Carlos de Azevedo.
Recursos: FAPEMAT
14
Análise espacial dos teores de cobre no solo em área com viticultura em Jundiaí-SP.
Autor: Emílio Carlos de Azevedo.
Recursos: FAPESP
Avaliação de atributos do solo e da planta em áreas mecanizadas no sistema de plantio direto,
em região de cerrados de Mato Grosso.
Autor: Emílio Carlos de Azevedo.
Recursos: FAPEMAT
Avaliação das condições físicas do solo sob pastagem para subsídio de recomendações de
práticas de manejo e recuperação.
Autor: Emílio Carlos de Azevedo.
Recursos: FAPEMAT
Uso do Freshfoil em instalações avícolas.
Autor: Pedro Hurtado de Mendonza Borges.
Recursos: SADIA e LAFARGE
Seqüestro de carbono em área de reflorestamento na Fazenda São Nicolau em CotriguaçuMT.
Autor: Pedro Hurtado de Mendonza Borges.
Recursos: PEUGEOT
Densidade e teor de carbono em espécies arbóreas da Fazenda São Nicolau em CotriguaçuMT – Projeto ONF Brasil.
Autor: Pedro Hurtado de Mendonza Borges.
Recursos: PEUGEOT
Processo erosivo hídrico linear associado à ocupação humana em área abandonada de
garimpo: estudo de caso no Bairro Aroeira em Cuiabá-MT.
Autor: Maria Aparecida Domingues Dias.
Extensão
O programa de extensão vem sendo realizado através de palestras técnicas em algumas
regiões produtoras de leite (bacias leiteiras) de Mato Grosso com destaque na Região de
Rondonópolis e a coordenação dos trabalhos da Horta comunitária na região do grande
Terceiro no Centro de saúde Escola pelo Prof. Messias Bhering. O programa de extensão vem
sendo realizado através de palestras técnicas nas regiões afetadas pelo NCS (Nematóide do
Cisto da Soja) e participações em dia de campo quando convidado por associações de
agricultores ou outras entidades ligadas ao setor agrícola.
Laboratórios
Nome: Laboratório de Fitopatologia
Área de Conhecimento: Doenças de plantas
Capacidade: 15 (quinze) alunos
Turno de Funcionamento: matutino e vespertino
Nome: Laboratório de Sementes
Área de Conhecimento: Testes de vigor e germinação
Capacidade: 15 (quinze) alunos
Turno de Funcionamento: matutino e vespertino
Nome: Laboratório de Fitotecnia
Área de Conhecimento: Tratos culturais e técnicas de cultivos
Capacidade: 15 (quinze) alunos
15
Turno de Funcionamento: matutino e vespertino
Nome: Laboratório de Biotecnologia
Área de Conhecimento: Propagação de mudas
Capacidade: 15 (quinze) alunos
Turno de Funcionamento: matutino e vespertino
Nome: Laboratório de Tecnologia de Alimentos
Área de Conhecimento: Inspeção e controle de qualidade dos produtos de origem animal e
vegetal
Capacidade: 15 (quinze) alunos
Turno de Funcionamento: matutino e vespertino
Nome: Laboratório de Solos
Área de Conhecimento: Manejo e conservação do solo
Capacidade: 20 (vinte) alunos
Turno de Funcionamento: matutino e vespertino
Nome: Laboratório de Microbiologia Agrícola
Área de Conhecimento: Microorganismos e suas relações solo/ planta
Capacidade: 15 (quinze) alunos
Turno de Funcionamento: matutino e vespertino
Equipamentos
Quant.
Especificação
Nome: Laboratório de Entomologia
Área de Conhecimento: Controle de pragas
Capacidade: 20 (vinte) alunos
Turno de Funcionamento: matutino e vespertino
Equipamentos
Quant.
Especificação
Nome: Centro de Controle Biológico
Área de Conhecimento: Controle biológico de pragas e doenças
Capacidade: 15 (quinze) alunos
Turno de Funcionamento: matutino e vespertino
Equipamentos
Quant.
Especificação
Nome: Laboratório do Núcleo de Tecnologia em Armazenamento
Área de Conhecimento: Produção e conservação de grãos e sementes
Capacidade: 15 (quinze) alunos
Turno de Funcionamento: matutino e vespertino
Equipamentos
Quant.
Especificação
Biblioteca Setorial
Existe uma Biblioteca setorial de responsabilidade do Centro Acadêmico de Agronomia.
Núcleos
Núcleo de Tecnologia de Alimentos – tem por finalidade a elaboração e execução de
projetos de pesquisa e de extensão voltados para a produção e conservação de grãos e de
16
sementes, processamento de produtos agropecuários e de uso de fontes alternativas de
energia.
Ementário
EMENTAS
LÍNGUA PORTUGUESA: Elementos para a redação escrita. Modalidades de composição.
Estruturação do parágrafo e da composição. Características da composição. Redaçãoprocesso e estrutura. Redação técnica.
FÍSICA I: Vetores. Cinemática. Equações dimensionais. Dinâmica. Estática. Estática e
dinâmica dos fluídos. Ondas. Acústica. Termologia.
QUÍMICA GERAL: Tabela periódica. Ácidos. Bases. Sais. Óxidos. Ligações químicas.
Estequiometria. Oxi-redução. Eletroquímica. Noções de cinética química. Propriedades
coligativas.
CITOLOGIA: Técnicas empregadas para o estudo da célula. Microscopia. Características
gerais da célula. Constituição química e ultra-estrutura celular. Energia, síntese, divisão celular
e diferenciação.
CÁLCULO I: Conjunto numérico. Relações e funções elementares. Limites e continuidade de
funções. Derivadas e suas aplicações. Diferenciais.
DESENHO TÉCNICO: Materiais usados em desenho - conhecimento e emprego. Normas da
ABNT. Formatos, dobras e cortes. Escalas. Representação gráfica. Esboços cotados.
Desenho de peças. Plantas, elevações e cortes. Plantas topográficas. Projetos arquitetônicos
simples. Noções de geometria descritiva. Perspectiva.
GEOMETRIA ANALITICA E ALGEBRA LINEAR: Coordenadas retangulares. Estudo da reta,
figuras geométricas. Coordenadas polares. Transformação de coordenadas. Matrizes.
Determinantes. Sistemas lineares.
FÍSICA II: Ótica. Eletricidade. Magnetismo. Elementos de física atômica e nuclear.
QUÍMICA ANALÍTICA APLICADA: Química analítica - conceito e classificação. Teoria da
dissociação eletrolítica. Efeitos da formação complexa. Reações químicas. Dispersão.
Soluções. Amostragens. Operações analíticas por via úmida.
QUÍMICA ORGÃNICA: Introdução à química orgânica. Estrutura e propriedades.
Hidrocarbonetos. Estereoquímica. Haletos de alquíla. Ésteres e apôsitos. Ácidos carboxílicos.
Aldeídos. Cetonas. Derivados funcionais. Aminas, fenóis, haletos de arila. Tópicos especiais:
terpenos, carboidratos e proteínas.
BOTÂNICA: Introdução à botânica. Aspectos morfológicos, vegetativos e reprodutivos dos
vegetais inferiores e superiores. Estudo da raiz, caule e folhas. Caracterização de flores
inflorescência, frutos, sementes e polinização.
ANATOMIA VEGETAL: Tecidos vegetais. Anatomia dos órgãos vegetativos e reprodutivos
das plantas vasculares.
ZOOLOGIA: Introdução à zoologia - planos de organização animal. Invertebrados - Filo
Arthropoda: características gerais das principais classes. Vertebrado - Filo Chordata:
características gerais e diferenciais, aspectos morfológicos, anatômicos, fisiológicos e
biológicos dos peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.
CALCULO II: Integrais definidas e indefinidas. Área e integração. Integrais definidas como
17
limite de uma soma. Aplicações de integrais definidas. Uso da tabela de integrais.
BIOQUÍMICA: Proteínas e aminoácidos. Enzimas. Oxidações biológicas. Metabolismo de:
glicídios, lipídios, esteróis, aminoácidos e ácidos nucléicos. Biossíntese de proteínas.
Introdução à genética bioquímica.
TAXONOMIA VEGETAL: Relações evolucionárias de ordens e famílias de plantas vasculares.
Sistemas de classificação. Coleta e identificação de representantes da flora local.
ESTATÍSTICA GERAL: Natureza da estatística. Séries estatísticas. Distribuição de
freqüência. Medidas de dispersão e de tendência central. Probabilidade. Distribuição normal,
binomial e de Poisson. Teoria da amostragem. Análise de variância. Correlação e regressão
simples.
METEOROLOGIA E CLIMATOLOGIA AGRÍCOLA: Conceito, objetivo e divisão. Atmosfera:
estrutura e composição. Terra: forma, movimento e estações do ano. Instrumental
meteorológico. Radiação solar. Temperatura do ar e do solo. Processos adiabáticos. Pressão
atmosférica. Ventos. Evaporação, evapotranspiração e balanço hídrico. Climatologia agrícola.
MECÂNICA E MOTORES: Noções básicas da física aplicada. Resistência de materiais nos
elementos orgânicos de máquinas. Mecanismos para a transmissão e transformação do
movimento. Motores empregados na agricultura. Combustíveis, lubrificantes e sistemas de
lubrificação.
TOPOGRAFIA AGRÍCOLA I: Conceito e divisão da topografia. Importância da topografia para
a agricultura. Planimetria: conceito e divisão. Geodésia. Instrumentos topográficos utilizados
na planimetria. Métodos de levantamento planimétrico. Uso do computador e do planímetro no
cálculo de áreas.
ANATOMIA E FISIOLOGIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS: Conceito de anatomia e fisiologia.
Métodos de estudos. Nomenclatura. Princípios básicos da estrutura e funcionamento do corpo
animal. Anatomia e fisiologia comparada dos sistemas esquelético, nervoso, circulatório,
respiratório, digestivo, urinário, reprodutor e endócrino das principais espécies de interesse
zootécnico.
FISIOLOGIA VEGETAL: Fotossíntese. Respiração. Transpiração. Nutrição. Permeabilidade e
absorção. O solo na fisiologia vegetal. Distribuição da seiva bruta e elaborada. Relação entre
enzimas e metabolismo. Sistemas de condução e fisiologia do crescimento. Oxidação
biológica e a integração do crescimento. Hormônios e tropismos, mecanismos fisiológicos e
biológicos de vegetais autróficos e heterotróficos.
GENÉTICA BÁSICA: Introdução à genética. Entendimento das leis da hereditariedade.
Estrutura e replicação do material genético. Função e alteração do material genético. Noções
de material genético na população.
MÁQUINAS AGRÍCOLAS: Máquinas de tração - tratores agrícolas, florestas e industrias.
Ensaios de tratores - teoria de tração, potência e custo de potência do trator. Máquinas e
implementos agrícolas e florestais - manejo e manutenção. Noções básicas de seleção de
maquinária.
TOPOGRAFIA AGRÍCOLA II: Conceito de altimetria - generalidades. Instrumentos
topográficos usado em altimetria. Aplicação da altimetria na eletrificação rural e distribuição da
água para fins agrícolas. Planialtimetria: na engenharia rural, no planejamento do uso da terra,
zootecnia e na peritagem.
SOLOS I: Aspectos gerais da litosfera. Unidades geotectônicas - bacias sedimentares e suas
bordas. Tipos de estruturas geológicas. Nomes, ocorrências e extensões das rochas ígneas,
18
metamórficas e sedimentares. Mineralogia e texturas das rochas. Processos pedogenéticos.
Intemperismo. Fatores de formação do solo. Tipos de formação de solos. Perfil do solo. Estudo
e interpretação das propriedades físicas dos solos. Mineralogia das argilas. Relação soloágua-planta.
MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA: Importância da microbiologia agrícola. Caracterização de
bactérias, fungos, vírus, micoplasmas e nematóides. Atividades dos microrganismos e seus
aspectos agronômicos - microbiologia dos alimentos, microbiologia do solo. Transformações
minerais no solo, interação entre as plantas superiores e os microrganismos do solo micorriza e fixação biológica do nitrogênio.
EXPERIMENTAÇÃO:
Metodologia
de
pesquisas233grtf.
Princípios
básicos
da
experimentação. Delineamentos experimentais simples. Esquemas fatoriais. Testes de
comparação entre médias. Eficiência relativa dos delineamentos experimentais.
FOTOINTERPRETAÇÃO AGRÍCOLA: Princípios da fotogrametria. Mosaicos e elaboração de
mapa índice. Tipos de fotografias. Estereoscopia. Fotointerpretação de tipos de solos,
vegetação e áreas cultivadas. Aplicação da fotointerpretação no levantamento de recursos
naturais.
SOLOS II: Considerações gerais sobre química e fertilidade do solo. Fenômenos físicoquímicos: absorção e troca iônica. Reações no solo. Matéria orgânica no solo. Macro e
micronutrientes no solo e na planta - determinação dos elementos essenciais; análise de
correlação e calibração. Adubos e corretivos: formulação e usos.
ENTOMOLOGIA I: Morfologia externa, anatomia e fisiologia dos insetos. Biologia dos insetos reprodução e desenvolvimento. Caracterização das ordens de importância econômica.
FITOPATOLOGIA: Importância da fitopatologia. Sintomatologia, etiologia, epifitotiologia e
controle das fitomoléstias. Nematóides fitoparasitas. Reconhecimento de agentes
fitopatogênicos.
MELHORAMENTO GENÉTICO VEGETAL: Objetivos do melhoramento. Formas de evolução
das espécies cultivadas. Sistemas reprodutivos nas plantas cultivadas. Bases genéticas e
métodos de melhoramento em plantas autógamas e alógamas de interesse agrícola.
Esterilidade masculina. Variedades híbridas e sintéticas. Melhoramento e plantas de
propagação vegetativa. Herdabilidade. Equilíbrio de Hardy-Weimberg.
FITOTECNIA I: Conceitos, importância e desenvolvimento da agricultura. Fatores mesológicos
e fisiológicos da produtividade das plantas. Preparo do solo e tratos culturais - plantas
invasoras e seu controle. Propagação das plantas. Implantação e condução de viveiros.
ZOOTECNIA GERAL: Histórico e definições de zootecnia e animais domésticos; objetivos e
divisões; relações com outras ciências. Funções zootécnicas. Estudos do indivíduo e grupos
zootécnicos. Noções de bioblimatologia e comportamento animal.
ECOLOGIA GERAL: Fatores ecológicos abióticos e bióticos. Estudo geral de biocenose e
ecossistemas. Os principais ecossistemas do mundo. As transferências de matéria nos
ecossistemas. As transferências de energia e a produtividade nos ecossistemas. As
características das populações animais. As flutuações e suas causas nas populações.
Ecologia, evolução e adaptação. Ecologia aplicada. A ação do homem sobre a biosfera.
SOLOS III: Princípios básicos para a classificação de solos. Objetivos. Critérios. Horizontes,
diagnósticos superficiais e subsuperficiais. Características analíticas dos horizontes de um
perfil de solo (Morfológicas-físicas-químicas-mineralógicas). Características diferenciais,
acessórios e acidentais. Classificação ascendente e descendente. Categorias dos sistemas de
classificação de solos. Sistemas de classificação de solos. Caracterização dos grandes grupos
19
de solos. Distribuição dos solos no Brasil e no mundo. Unidade taxonômica e unidade de
mapeamento de solos. Mapeamento de solos. Material e método; escritório, campo e
laboratório. Normas para a elaboração dos mapas de solos e respectivos relatórios.
ENTOMOLOGIA II: Ecologia de insetos - autoecologia, sinecologia e fatores ecológicos.
Importância das pragas na agricultura. Métodos de controle de pragas - controle integrado de
pragas. Toxicologia dos inseticidas - resistência dos insetos aos inseticidas, resíduos.
Caracterização e controle de pragas de culturas de importância econômica.
PRODUÇÃO DE SEMENTES: Importância das sementes - análise de sementes. Formação,
estrutura, composição química, germinação, dormência e vigor das sementes.
Estabelecimento e fiscalização de campos de produção de sementes. Colheita, secagem,
beneficiamento, armazenamento, embalagem e tratamento. Legislação de sementes.
Aspectos importantes na produção de sementes em culturas de interesse econômico.
MELHORAMENTO GENÉTICO ANIMAL: Introdução ao melhoramento genético animal.
Freqüência genética e equilíbrio de Hardy Weinberg. Parentesco e endogamia. Variação
contínua. Semelhança entre parentes e hereditariedade. Repetibilidade. Correlação entre
caracteres. Interação genótipo-ambiente. Seleção. Sistemas de acasalamento.
FILOSOFIA DA CIÊNCIA E ANTROPOLOGIA: Conhecer, fazer ciência e filosofia. Apreensão
do conhecimento. Relação homem-realidade. Problematicidade humana. Resposta dialética do
homem. A praxis do homem da terra. Confronto com a problemática antropológica e ecológica.
INTRODUÇÃO À CIENCIA DA COMPUTAÇÃO: Introdução ao estudo do processamento de
dados. Noções gerais sobre o computador eletrônico. Sistemas numéricos. Representação de
dados. Unidades funcionais. Algoritmos. Fluxogramas. Linguagem Fortran - Estrutura,
comandos: aritmético, controle, entrada e saída, especificações. Noções sobre arquivos e
registros. Sub-rotinas. Sub-programas. Aplicações.
SILVICULTURA GERAL: Conceitos gerais e importância da silvicultura. Morfologia,
germinação, dormência, obtenção, beneficiamento e armazenamento de sementes de
espécies florestais. Implantação e manutenção de espécies silviculturais. Noções de
dendrologia. Bases bioecológicas do crescimento das árvores e dos povoamentos. Métodos
silviculturais.
HIDRÁULICA AGRÍCOLA: Propriedades fundamentais dos fluidos. Hidrostática. Estruturas
hidráulicas de uso freqüente na irrigação. Fundamentos de hidrologia de águas superficiais e
subterrâneas.
SOLOS IV: Conservação de solo: importância. Objetivos. Legislação em conservação do solo.
Erosão geológica e acelerada. Erodibilidade do solo. Erosividade dos agentes. Equação
universal de perdas de solo. Práticas integradas de conservação de solo: mecânicas-edáficasvegetativas. Controle da erosão em terra não agricultadas. Recuperação física-químicabiológica de solos degradados. Planejamento para conservação do solo e da água. Controle
de sedimentação/assoreamento dos cursos e reservatórios de água.
OLERICULTURA: Aspectos gerais da olericultura. Solanáceas, alináceas, folhosas básicas,
tuberosas, cucurbitáceas e outras de interesse - importância sócio-econômica. Origem e
difusão; classificação e descrição botânica; variedades; clima e solo; exigências nutricionais;
propagação; preparo do solo e plantio; tratos culturais; operação pós-colheita.
FRUTICULTURA: Aspectos gerais das fruticulturas. Culturas de abacaxi, abacate, banana,
caju, côco, mamão, manga, maracujás, goiaba, uva e outras de interesse - importância sócioeconômica, origem e difusão; classificação e descrição botânica; variedades; clima e solo;
exigências nutricionais; propagação; preparo do solo e plantio; tratos culturais; colheita,
operação pós-colheita.
20
NUTRIÇÃO ANIMAL: Nutrientes e alimentos utilizados em nutrição animal. Exigências
nutricionais de ruminantes domésticos para manutenção, crescimento, produção e reprodução.
Carências alimentares e suas correlações. Noções de análise bromatológica convencional:
matéria seca, fibra bruta, matéria graxa, vitaminas e minerais, suplementos e aditivos.
Formulação de rações.
SOCIOLOGIA RURAL: Elementos de sociologia. Objetivo da sociedade rural. Comunidade
rural e comunidade urbana. Grupos-interações e processos nas sociedades rurais. Instituições
da sociedade rural. Classes sociais rurais. Estratificação, comportamento e valores. Posse e
uso da terra - estrutura fundiária e poder político. Urbanização. Mudança na vida rural.
CONSTRUÇÕES RURAIS: Características técnicas dos materiais de construção.
Dimensionamento de peças de concreto armado de uso geral. Estruturas de madeiras. Projeto
de construções e instalações rurais. Eletrificação rural - qualificação da demanda, usos de
energia, avaliação de pequenos potenciais hidroelétricos, fontes alternativas de energia.
IRRIGAÇÃO E DRENAGEM: Importância e desenvolvimento da irrigação. Princípios
fundamentais da irrigação. Disponibilidade, aproveitamento e qualidade da água para a
irrigação. Elementos básicos da irrigação. Sistematização de áreas para irrigação. Métodos de
irrigação: superficial, aspersão, gotejamento e sub-irrigação. Drenagem: superficial e
subterrânea.
FITOTECNIA II: Culturas de milho, arroz, soja, feijão, sorgo, trigo e outras de interesse importância sócio-econômica, origem e difusão; classificação e descrição botânica;
variedades; clima e solo; calagem e adubação; preparo do solo e plantio; tratos culturais;
colheita e secagem.
FORRAGICULTURA; Características das principais forrageiras cultivadas no país e região conhecimento morfo-fisiológico, exigências e capacidade produtiva. Produção e manejo de
pastagens e outras forrageiras. Processos de conservação de forragens: ensilagem e fenação.
Métodos de melhoramento de pastagens. Formação e utilização de capineira. Pragas,
doenças e plantas invasoras mais comuns nas pastagens e forrageiras da região.
CRIAÇÃO E EXPLORAÇÃO DE RUMINANTES: Situação atual da bovinocultura a nível
mundial, nacional e regional. Exterior e raças de bovinos. Caracterização dos sistemas de
criação. Criação e manejo de bovinos de corte e leite. Sistemas de reprodução, seleção e
melhoramento genético em bovinos. Instalação e equipamentos para bovinos. Controle
sanitário do rebanho. Noções de bubalinocultura, caprinocultura e ovinocultura.
ECONOMIA AGRÍCOLA: Conceitos básicos - sistemas econômicos: capitalismo e socialismo.
Agricultura e economia brasileira. Economia de mercado: demanda, oferta, equilíbrio - preço
agrícola, preço mínimo e preço tabelado; sistemas de mercado - mercado competitivo,
monopólio, oligopólio (cartéis). Mensuração da atividade econômica: PNB, PIB, índice de
preço. Moeda, bancos, créditos e inflação. Balanço de pagamentos e dívida externa.
FITOTECNIA III: Culturas de algodão, café, cana-de-açúcar, girassol, amendoim e outras de
interesse-importância sócio-econômica, origem e difusão; classificação e descrição botânica;
variedades; clima e solo; calagem e adubação; preparo do solo e plantio; tratos culturais;
colheita e secagem.
FITOTECNIA IV: Culturas de mamona, fumo, seringueira, cacau, guaraná, pimenta-do-reino e
outras de interesse-importância sócio-econômica, origem e difusão; classificação e descrição
botânica; variedades; clima e solo; calagem e adubação; preparo do solo e plantio; tratos
culturais; colheita e secagem.
RECURSOS NATURAIS RENOVAVEIS: Preservação, conservação e manejo de recursos
21
naturais renováveis. Recuperação de áreas degradadas. Manejo de bacias hidrográficas.
CRIAÇÃO E EXPLORAÇÃO DE NÃO RUMINANTES: Suínos e aves: origem, história e
importância. Funções econômicas, condições essenciais à exploração e raças. Manejo e
reprodução. Instalações e equipamentos. Seleção e melhoramento, planejamento e
administração. Higiene, profilaxia e principais doenças. Noções gerais de eqüinocultura.
EMPREENDIMENTO AGRÍCOLA: A empresa agrícola: individual, Ltda, S/A e cooperativas.
Gerência da empresa agrícola. Contabilidade empresarial. Administração de pessoal.
Contratos rotineiros na empresa agrícola. Estatuto da terra. Estatuto do trabalhador rural.
Legislação profissional, fundiária e florestal.
EXTENSÃO RURAL: Conceitos, filosofia e objetivos da extensão rural. Estrutura agrícola
brasileira e de Mato Groso. Caracterização dos produtores rurais. Alternativas tecnológicas na
agricultura. Métodos de aprendizagem. Processos de comunicação e difusão de inovações.
TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DE ORIGEM VEGETAL: Conservação de alimentos pelo uso
do calor, frio, concentração, desidratação, irradiação e aditivos. Tecnologia de fermentação
alcoólica, láctica e acética na produção de: picles, vinho, cerveja e vinagre. Tecnologia da
produção de açúcar e seu emprego nas conservas de frutas. Tecnologia de produção de óleos
e gorduras vegetais.
TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL: Carne - abate, maturação,
congelamento, tecnologia de embutidos, enlatados e defumados. Leite - obtenção higiênica,
controle e qualidade, pasteurização, esterilização, tecnologia de fabricação de: manteiga,
queijo e iogurte. Pescado - métodos higiênicos de pesca, conservação, alteração após o
abate, tecnologia de embutidos, defumados e salga.
PLANEJAMENTO E POLÌTICA AGRÍCOLA: Conceitos básicos de planejamento.
Planejamento normativo e positivo. Sistemas brasileiros de planejamento. Modelos
econômicos aplicados ao planejamento agrícola. Métodos e técnicas de planejamento.
Produção de alimentos e política social do Brasil. Produção para exportação e para a indústria
e a política econômica. Instrumentos de política agrícola no Brasil: preços mínimos,
financeiros, pesquisa e assistência técnica. Elaboração e avaliação de projetos agropecuários
e agroindustriais.
ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE DO CURSO DE AGRONOMIA: Estágio em instituição
e/ou empresa ligada a agricultura sob a supervisão de um professor do curso.
MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA: Estudos de campo. Planejamento de máquinas. Motores
eólicos. Noções de administração agrícola. Tração animal. Aviação agrícola.
SENSORIAMENTO REMOTO: Princípio de sensoriamento remoto. Espectro e energia da
radiação eletromagnética. Propriedades físicas da reflectância, absortância e transmitância
dos alvos naturais. Interferência atmosférica no sensoriamento remoto. Sensores remotos
ativos e passivos e os produtos obtidos. Escalas fotográficas. Métodos da interpretação
temáticos: convencionais e automáticos. Técnicas de sensoriamento remoto e suas aplicações
nos estudos de solo e agricultura.
ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS VEGETAIS; Importância da armazenagem. Estrutura da
armazenagem no Brasil. Princípios de conservação. Higrometria. Características dos produtos
armazenados. Secagem e aeração. Armazenamento. Limpeza e transporte. Controle de
pragas. Classificação de produtos vegetais.
JARDINOCULTURA: Aspectos gerais da jardinocultura. Tecnologia de cultivo de plantas
ornamentais de interesse econômico. Parques e jardins.
22
PISCICULTURA: Histórico e divisão. Instalação. Piscicultura e outras atividades. Espécies
ícticas - nutrição, métodos de reprodução, parasitas, predadores e agentes poluidores.
APICULTURA E SERICICULTURA: Histórico e importância econômica da apicultura.
Organização social, alimentação natural e artificial, polinização, inimigos das abelhas.
Exploração apícola - material apícola, instalações, colméias, o mel, a cera, a geléia real.
Histórico e importância econômica da sericultura. O bicho-da-seda e a cultura da amoreira.
Instalações utilizadas em sericultura. Diferentes etapas na obtenção da seda. Inimigos do
bicho-da-seda.
CIÊNCIA, TECNOLOGIA E POLÍTICA: Ciência e tecnologia como produto social. O processo
das descobertas científicas e seus impactos na política agrícola. O financiamento das
pesquisas aplicadas à agricultura. Custos e benefícios sociais da tecnologia agrícola.
Computação e engenharia genética na agricultura. Normas que regem o uso de produtos
químicos na produção e preservação de produtos agrícolas. Agricultura e meio ambiente.
COMERCIALIZAÇÃO AGROPECUÁRIA: Introdução. Demanda e oferta de produtos
agropecuários. Métodos de abordagem da comercialização. Análise de preços agropecuários.
Mercado de fatores agropecuários. Alternativas de comercialização. O Comércio internacional
de produtos agropecuários. O mercado a termo: hedging. Políticas de mercado agrícola.
HEVEICULTTURA: Histórico da heveicultura. Importância social e econômica da heveicultura
para o Brasil. Botânica e fisiologia da seringueira com ênfase em vasos laticíferos. Distribuição
geográfica do gênero Hevea no Brasil. Melhoramento genético da seringueira e produção de
mudas. Implantação de seringueira de cultivo. Exploração de seringais. Pragas e doenças da
seringueira. Seringais nativos. Noções de tecnologia da borracha. Estudo do programa da
borracha. Planejamento e elaboração de projetos de seringais.
MATOLOGIA: Conceito e terminologia em matologia. Biologia de plantas daninhas.
Classificação e características das plantas daninhas. Métodos de controle de plantas
daninhas. Herbicidologia. Seletividade de herbicidas. Classificação de herbicidas.
Comportamento dos herbicidas no solo. Resistência de plantas daninhas a herbicidas.
FITOPATOLOGIA APLICADA: Importância econômica, etiologia, epidemiologia, quadro
sintomatológico e controle de doenças nas culturas de: arroz, milho, feijão, mandioca,
seringueira, café, algodão, girassol, fruteiras e hortaliças.
FRUTICULTURA ESPECIAL: Culturas de figueira, anonáceas (fruta do conde, graviola,
atemóia, etc.), Frutos do cerrado (cajaí, cagaita, gariroba, etc.), Frutos da amazônia (cupuaçú,
pupunha, araça-boi, etc.), Frutas exóticas (acerola, mamey durian, etc.), e outras de interesse.
Origem, centro de origem e dispersão; Botânica - classificação, hábitos de vegetação,
florescimento e frutificação; clima e solo - exigências climáticas e edáficas - adaptação e
condições ecológicas diversas; propagação - conceitos básicos, métodos usuais; variedades
copas e porta-enxerto - principais variedades recomendadas, suas características e uso
comercial; Planejamento e implantação - Técnicas utilizadas, escolha de variedades e local,
preparo do solo e plantio. Tratos culturais - técnicas atuais recomendadas; colheita e
embalagem - métodos, legislação e práticas utilizadas; Comercialização - épocas mais
adequadas, meios e critérios apropriados.
NUTRIÇÃO MINERAL DE PLANTAS: Considerações gerais sobre nutrição de plantas. Os
nutrientes essenciais e suas funções nas plantas. Absorção e translocação de nutrientes.
Sintomas de deficiência e excesso de nutrientes. Interação entre nutrientes minerais nas
plantas. Estudo comparativo de fontes de nutrientes. Determinação dos elementos essenciais
nas folhas e interpretação dos resultados.
CAPRINOCULTURA E OVINOCULTURA: Histórico da caprinocultura, Características dos
produtos da cabra, Raças caprinas, Escolha da raça em caprinocultura, Conformação e
23
exterior das raças caprinas, Manejo reprodutivo em caprinocultura, Manejo do rebanho
caprino, Sistemas de criação em caprinocultura, Alimentação dos caprinos, Aspectos
sanitários em caprinocultura, Introdução ao estudo da ovinocultura, Pele ovina, A ovinocultura
e a produção de lã, Raças ovinas, Manejo de ovinos, Instalações em ovinocultura, Higiene
profilaxia em ovinocultura, Seleção de ovinos, Produção de carne ovina.
CULTIVO ORGÃNICO DE HORTALIÇAS: Histórico e evolução da agricultura orgânica,
Mercado de produtos orgânicos (Mundial, América Latina, Brasil), Motivos para conversão de
uma agricultura convencional para orgânica, Conceitos, objetivos e princípios da agricultura
orgânica, Métodos propícios para o Cultivo Orgânico de Hortaliças: gênese, manejo,
conservação, fertilização do solo; cultivares adaptadas e propagação; rotação, sucessão e
consorciação de culturas; cobertura morta, manejo e controle de ervas; controle alternativo de
pragas e doenças; operações de colheita, pós-colheita e comercialização. Técnicas de cultivo
orgânico para espécies olerícolas de maior potencial econômico e alimentar.
SISTEMAS AGRÍCOLAS: Conceito de sistema agrícola, Critérios para descrição de sistemas
agrícolas, Classificações dos sistemas agrícolas globais, Geografia agrícola mundial.
RAÍZES E TUBÉRCULOS TROPICAIS: Fitotecnia das espécies mandioca, batata-doce, cará
e inhame como modelos para estudo de outras raízes e tubérculos tropicais, Taxonomia,
origem e dispersão, distribuição, descrição botânica, ciclo e fenologia, plantio, tratos culturais,
colheita e processamento, usos, planejamento de cultivos. Outras raízes e tubérculos tropicais
de menor importância
24
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards