1. (UEMG) Leia o texto e observe atentamente o mapa a seguir. Em

Propaganda
LISTA DE EXERICICIO PARA RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA
SÉRIE:1º ANO
DATA :
/
TURMA:
1º BIMESTRE
NOTA:
/ 2016
PROFESSOR (A): ALESSANDRO
ALUNO (A):
Nº:
1. (UEMG) Leia o texto e observe atentamente o mapa a seguir.
Em 2010, a população mundial assistiu atônita às tragédias ocorridas em dois grandes terremotos, no continente
americano. O terremoto do Haiti teve magnitude de 7,7 na escala Richter e foram milhares de mortos e
desabrigados em toda a cidade de Porto Príncipe, capital do país. No Chile, o terremoto teve magnitude 8,8 na
escala Richter e ajudou a confirmar, sobretudo, que o planeta Terra possui placas tectônicas que estão em
movimento contínuo.
A partir da análise do texto sobre catástrofes sísmicas recentes e do mapa com a divisão das placas tectônicas,
conclui-se CORRETAMENTE que
A) o Chile pertence à região do Círculo de Fogo do Pacífico e o terremoto ali ocorreu devido ao mergulho da placa
Nasca sob a placa Sul-Americana.
B) o Haiti possui a sua região localizada nas bordas da placa Caribenha, na zona que pertence ao Círculo de Fogo
do Pacífico.
C) os dois países citados encontram-se em zonas de alta instabilidade sísmica, em áreas de separação de placas
tectônicas.
D) os eventos sísmicos como os ocorridos no Haiti e no Chile mostram, sobretudo, que o planeta vem, ao longo
dos anos, atingindo a sua estabilidade geológica.
2. (ENEM)
De repente, sente-se uma vibração que aumenta rapidamente; lustres balançam, objetos se movem sozinhos e
somos invadidos pela estranha sensação de medo do imprevisto. Segundos parecem horas, poucos minutos são
uma eternidade. Estamos sentindo os efeitos de um terremoto, um tipo de abalo sísmico.
ASSAD, L. Os (não tão) imperceptíveis movimentos da Terra. ComCiência: Revista Eletrônica de Jornalismo
Científico, n. 117, abr. 2010. Disponível em: http://comciencia.br. Acesso em: 2 mar. 2012.
O fenômeno físico descrito no texto afeta intensamente as populações que ocupam espaços próximos às áreas de
A alívio da tensão geológica.
B desgaste da erosão superficial.
C atuação do intemperismo químico.
D formação de aquíferos profundos.
E acúmulo de depósitos sedimentares.
3. (UDESC) A crosta da Terra é constituída por cerca de uma dúzia de grandes placas tectônicas delimitadas por
grandes falhas e profundas fossas oceânicas. O movimento da camada mais externa da Terra produz tensões que
vão se acumulando em vários pontos. O efeito desse processo geológico de acúmulo lento e liberação rápida de
tensões entre as placas, quando as rochas atingem o limite de resistência e ocorre uma ruptura, denomina-se:
A. ( ) furacão.
B. ( ) tectônica de placas.
C. ( ) terremoto.
D. ( ) termosfera.
E. ( ) áreas de alta pressão.
4. (UNEMAT) O texto abaixo trata de certo fenômeno natural.
“De magnitude 9,3 esse terremoto submarino foi o maior terremoto do mundo desde 1964. Rompeu em torno de
1000 Km do fundo oceânico, na borda entre as placas Indoaustraliana e Euro-asiática. Além da tragédia humana
(200 mil mortos), cidades foram devastadas e o maremoto causou modificações na geografia física da região e do
mundo. Entre os efeitos, podem-se citar: o arquipélago de Nicobar foi arrastado para mais longe do continente,
ilhas foram divididas ao meio, o polo norte sofreu deslocamento de cerca de 2,5 cm, os dias ficaram mais curtos
em 2,68 milionésimo de segundos, etc.”
(Fonte:Adaptado de Almeida e Rigolin, 2009. p.141).
O desastre natural descrito no texto ocorreu no:
a. Oceano Pacífico - Costa leste do Japão
b. Oceano Atlântico - Costa oeste da África
c. Oceano Pacífico - Costa oeste do continente americano
d. Oceano Pacífico - Costa oeste do Chile
e. Oceano Índico - Costa norte da ilha de Sumatra na Indonésia
5. (FURG) “...Mais de 1200 prédios [...] desabaram no país em conseqüência de um devastador terremoto (7,6
graus na Escala Richter) que abalou a ilha na terça-feira 21. O pior tremor dos últimos 100 anos em Formosa
deixou mais de dois mil mortos, quatro mil feridos e cerca de 100 mil desabrigados.”
(Fonte: Isto É, 29 ago. 1999)
Através do texto acima, verificamos as conseqüências que um terremoto pode causar em um país.
Os terremotos são eventos catastróficos, ocasionados por
A) deslizamentos de vertentes.
B) soterramento das áreas de baixada.
C) tectonismo e vulcanismo.
D) desmatamento das florestas.
E) causas tectônicas como os furacões e falhamentos.
6. (UPF) “Foram 120 segundos. Assim que o solo parou de tremer na costa peruana, houve um breve silêncio.
Então, a histeria tomou conta de quem corria para evitar um desabamento.”
(ZH, 17/8/2007,p.56).
O fragmento de texto refere-se ao forte terremoto ocorrido recentemente no Peru. Analise as afirmativas que
seguem sobre o fenômeno e o contexto de sua ocorrência.
I. O Peru é um país da América do Sul, localizado na costa do oceano Pacífico e atravessado pela cordilheira dos
Andes em toda sua extensão norte/sul.
II. A costa ocidental da América do Sul marca a divisão entre duas placas tectônicas: a de Nazca e a
SulAmericana.
III. As zonas de terremotos e as de vulcanismo encontramse nas zonas de contato entre as placas, que formam as
áreas de instabilidade geológica.
IV. O território do Peru localiza-se numa área de instabilidade geológica e tem uma história marcada por outros
tremores.
Está correto o que se afirma em:
a) I e II apenas
b) II, III e IV apenas
c) I, III e IV apenas
d) II e III apenas
e) I, II, III e IV
7. (UERN)
“Um terremoto de 5,5 graus na escala Richter atingiu neste sábado a Região Andina de Oruro, na Bolívia,
informou o Observatório Sismológico de San Calixto. O terremoto ocorreu esta manhã, a uma profundidade de 145
quilômetros, e durou pouco menos de três minutos. O epicentro foi na província de Atahualpa, no Departamento
de Oruro, 230 quilômetros ao sul de La Paz.”
(Folha de São Paulo, 16/02/2008)
Assinale a alternativa que apresenta corretamente a causa do terremoto na Bolívia:
A) A Bolívia está localizada em uma região de estabilidade tectônica, no entanto, a presença de vulcões ativos
fazem com que ocorram constantes tremores de terra.
B) A Bolívia está localizada em uma região de estabilidade tectônica, no entanto, a simples acomodação das
rochas no subsolo ocasionam fortes tremores.
C) A Bolívia está localizada em uma região de instabilidade tectônica, a Cordilheira dos Andes, originada do
movimento de divergência entre as placas da América do Sul e Pacífico.
D) A Bolívia está localizada em uma região de instabilidade tectônica, a Cordilheira dos Andes, originada do
movimento de convergência entre as placas da América do Sul e Pacífico.
8. (UCP)
No dia 11 de março de 2011, o Japão sofreu um dos piores terremotos já registrados em sua história. O terremoto
de magnitude 8,9 na escala Richter atingiu à costa Nordeste do Japão e provocou um tsunami com ondas que
chegaram a dez metros de altura. A catástrofe japonesa deixou um rastro de destruição e mortes pela costa Leste
e Nordeste do país. Com relação a tsunamis, é INCORRETO afirmar que
(A) são grandes ondas que podem deslocar-se por milhares de quilômetros em alta velocidade, porém, com pouca
amplitude, ao atingirem profundidades menores de linhas de costa, elevam-se a grandes alturas, invadindo as
praias.
(B) eles podem originar-se a partir dos tremores sísmicos ou terremotos nas profundezas dos oceanos, causados
pela movimentação das placas tectônicas; isso fará com que a água se mova repentinamente e com grande força,
desencadeando ondas gigantescas.
(C) uma erupção vulcânica submarina violenta também pode levantar uma coluna de água e gerar um tsunami,
uma vez que um grande volume de sedimentos e rochas desloca-se e se distribui no fundo do mar, seguido do
derrame de lava no chão oceânico.
(D) as forças exógenas da Terra também são responsáveis e contribuem para a formação e ocorrência dos
tsunamis, pois a dinâmica dessas forças, através de seus agentes externos e transformadores sobre os oceanos,
desencadeia tal fenômeno.
(E) existem, à volta do Oceano Pacífico, vários locais onde as placas oceânicas mais densas deslizam sob as
placas continentais menos densas e, num processo de subducção, essas zonas tendem a uma maior
probabilidade de originar tsunamis mais facilmente.
9. (ITPAC) O ano de 2010 começou com grandes tragédias sísmicas. No dia 12 de janeiro um terremoto de 7
pontos na escala Richter atingiu o Haiti, deixando milhares de mortos. Dia 27 de fevereiro outro terremoto de
grande magnitude (8,8 pontos na escala Richter) atingiu o Chile, fazendo centenas de mortos. Assinale a
alternativa correta sobre os terremotos.
a. ( ) Estima-se que os terremotos aconteçam às centenas por ano, mas predominantemente em áreas marítimas,
por isso não causam tantos danos à população.
b. ( ) Terremotos são movimentos naturais da crosta terrestre que se propagam por meio de vibrações, podendo
ser percebidos diretamente ou por meio de instrumentos.
c. ( ) A ocorrência de terremotos não se relaciona à presença das placas tectônicas. A elas somente se pode
relacionar a presença do fenômeno designado vulcanismo.
d. ( ) No Brasil não ocorrem terremotos, apenas acomodações da crosta terrestre, que são fenômenos distintos
daqueles.
e. ( ) Terremotos e maremotos têm origens distintas, sendo estes últimos mais relacionados aos testes nucleares
nos oceanos.
10. (UNIRG)
Texto I
Depois de a região Norte do Chile registrar um novo tremor de 7,8 graus na escala Richter no dia 02 de abril de
2014 e ter novos alertas de possíveis tsunamis, a população chilena ainda sofre com as incertezas e
possibilidades de novos terremotos. Segundo o Centro Sismológico Nacional (CSN), mais de 50 réplicas 4,44 2,41
2,3 2,17 2,01 1,51 África Oceania Ásia América Latina e Caribe América do Norte Europa Taxa de fecundidade
total, segundo a América Latina e Caribe, América do Norte, Ásia, África, Europa e Oceania (2010) Fonte: United
Nation Population Division, World Population Prospects América do Norte 38 de tremores foram registrados nesta
madrugada nas localidades de Arica, Parinacota e Tarapacá. Na média, a cada seis minutos acontece uma réplica
dos terremotos registrados nos últimos dois dias, segundo o CSN.
Fonte: O Estado de São Paulo (03/04/2014)
Texto II
Um tremor de terra fez moradores de três cidades de Minas Gerais viverem momentos de pânico no dia 6 de abril
de 2014. Foi o segundo abalo sísmico em um intervalo de apenas cinco dias e cuja magnitude pode ter chegado a
4,2 graus. O impacto foi sentido principalmente em Montes Claros, mas também atingiu as cidades de Grão Mogol
e Coração de Jesus.
Fonte: O Estado de São Paulo (06/04/2014)
Analisando-se os abalos sísmicos registrados no Chile e no Brasil, pode-se concluir corretamente que
a) o terremoto do Chile está vinculado ao movimento das placas tectônicas; já o abalo sísmico de Minas Gerais
tem relação com fenômenos climáticos.
b) pelo fato de o Brasil estar situado no centro de uma placa tectônica, não há a possibilidade de ocorrência de
terremotos em seu território. Portanto, o tremor de terra registrado em Minas Gerais tem relação com a atividade
humana.
c) os dois acontecimentos estão relacionados a fenômenos geológicos.
d) os dois acontecimentos estão relacionados ao aquecimento global e às transformações causadas pelo homem
no meio ambiente.
e) a localização geográfica do Brasil e do Chile explica os abalos sísmicos, pois esse fenômeno natural ocorre
predominantemente no hemisfério Ocidental.
12. (ITPAC) Leia o fragmento de texto a seguir:
Um intenso terremoto abala o Nepal e provoca mais de 1.300 mortes
“Mais de 1.300 pessoas morreram, quase 2.000 estão feridas e um patrimônio cultural incalculável foi destroçado
no terremoto de 7,9 graus na escala Richter que sacudiu o Nepal neste sábado, segundo as últimas estimativas
oficiais, citadas pela agência Reuters. É a pior catástrofe natural sofrida pelo país desde 1934, quando outro
terremoto deixou cerca de 8.500 mortos. O tremor, que teve epicentro a 150 quilômetros a oeste de Katmandu,
afetou também a Índia, onde foram registradas mais de 30 vítimas fatais, e o Tibete, onde as autoridades chinesas
confirmaram a morte de pelo menos uma dezena de pessoas. (...).”
Disponível em:
20/06/2015
http://brasil.elpais.com/brasil/2015/04/25/internacional/1429950325-883537.html.
Acesso
em
O Nepal está localizado em uma das regiões de maior atividade sísmica do mundo. Nesta porção da Ásia é
comum a ocorrência de tremores porque:
a) Ocorre um movimento convergente entre as placas da Eurásia e da Índia, tornando a região vulnerável às
ações sismológicas com maiores magnitudes.
b) Há um deslocamento tangencial entre as placas Nazca e Indiana, liberando enorme quantidade de energia no
subsolo nepalês.
c) Sucede na região uma movimentação continental do tipo passiva, ocorrendo um, deslocamento transformante
entre as placas eurasiana e arábica.
d) A região está localizada em uma área de expansão do assoalho oceânico, que causa uma convergência
construtiva ente placas tectônicas.
e) Sucede um processo de deformação compressiva da litosfera continental, causado pelo atrito entre as placas
da Califórnia e da Índia.
1. (UPF) É a camada sólida da Terra. Sua estrutura rochosa compreende a crosta continental, formada por placas
rígidas e móveis. Representa importante meio de sobrevivência dos seres humanos e constitui o espaço ocupado
e organizado. As características referem-se à
a) atmosfera
b) biosfera
c) crioosfera
d) hidrosfera
e) litosfera
1. (UNICENTRO) A figura a seguir ilustra a Teoria de Tectônica de Placas que surgiu a partir da observação de
dois fenômenos geológicos distintos.
Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, esses fenômenos geológicos.
a) A deriva continental, apresentada por Alfred Wegener, e a observação da existência do magma nas erupções
vulcânicas.
b) A deriva continental, identificada no início do século XX, e a expansão dos fundos oceânicos, detectada pela
primeira vez na década de 1960.
c) A justaposição dos assoalhos oceânicos, identificados após a Segunda Guerra Mundial, e a observação de
evidências fósseis.
d) A movimentação do magma, através das atividades vulcânicas, e os abalos sísmicos, ambos conhecidos desde
os primórdios da civilização.
e) Os abalos sísmicos, conhecidos desde os primórdios da civilização, e a deriva continental, identificada por
Alfred Wegener em 1960.
2. (FEEVALE) Segundo Shawn Edwards, da FOX–TV, “o filme 2012 é fenomenal! É o melhor filme sobre
catástrofe já produzido”. 2012 demonstra a desestabilização da crosta terrestre, provocando o deslocamento dos
continentes e até mesmo dos oceanos. Qual é a teoria que sugere a translação dos continentes?
a) Placas tecnogênicas
b) Deriva continental
c) Placas geomorfológicas
d) Gondwana
e) Pangeia
3. (UPF) A figura mostra a representação da posição aproximada das massas continentais no final do Período
Jurássico.
A afirmativa e o mapa fazem referência ao supercontinente chamado:
a) Atlântida
b) Laurásia
c) Gondwana
d) Eurásia
e) Pangéia
4. (ENEM)
A partir da análise da imagem, o aparecimento da Dorsal Mesoatlântica está associada ao(à)
A separação da Pangeia a partir do período Permiano.
B deslocamento de fraturas no período Triássico.
C afastamento da Europa no período Jurássico.
D formação do Atlântico Sul no período Cretáceo.
E constituição de orogêneses no período Quaternário.
5. (ITPAC) A Teoria da Deriva dos Continentes foi enunciada pelo cientista alemão Alfred Lothar Wegener, em
1912. Segundo este autor a Terra teria sido formada inicialmente por um único e enorme supercontinente que foi
se fragmentando e se deslocando continuamente desde o período Mesozóico, como se fosse uma espécie de
nata flutuando sobre um magma semilíquido e passeando em diferentes direções. Assinale a alternativa que
contém o nome com o qual foi batizado este supercontinente inicial.
a. ( ) Gaia
b. ( ) Placas Tectônicas
c. ( ) Folhelhos de Wegener
d. ( ) Riftis
e. ( ) Pangéia
1. (PUC)
“Apertado entre o Tibete e a Índia, o Nepal se estende sobre uma área de 141 mil km 2 , um pouco menor que
nosso estado do Paraná. Mesmo assim, por conter a parte central da cordilheira do Himalaia, a Morada dos
deuses da mitologia indiana, possui oito das catorze maiores montanhas da Terra. “Sua altitude decresce
rapidamente de norte para sul, até encontrar a planície do Terai , a apenas 70m sobre o nível do mar, um
gigantesco contraste com os 8848 m do Everest na outra extremidade do país, a pouco mais de 180 km.”
(NICLEVICZ, Waldemar. Tudo pelo Everest 1993.)
O texto se refere à mais elevada cordilheira do mundo, o Himalaia, onde se situa o Nepal. Com suas contrastantes
altitudes, o Himalaia teve sua origem aproximadamente na mesma época e da mesma forma que as outras
grandes
cordilheiras
do
planeta.
A origem das grandes cadeias de montanhas da Terra, como o Himalaia, os Andes e as Rochosas, se deve a ...
A) falhamentos.
B) dobramentos.
C) longos processos de Erosão
D) vulcanismo.
E) formação de fossas tectônicas
2. (UNICEUMA) Levando em consideração a localização das formas de relevo, relacione a segunda coluna de
acordo com a primeira:
Coluna 1
Coluna 2
1. Cordilheira dos Andes
( ) Ásia
2. Cadeia do Atlas
( ) América do Sul
3. Cordilheira do Himalaia
( ) África
4. Cordilheira dos Apalaches
( ) Europa
5. Alpes
( ) América do Norte
Assinale a alternativa que contém a sequência correta (de cima para baixo):
a. ( ) 4 – 2 – 1 – 3 – 5
b. ( ) 1 – 5 – 4 – 3 – 2
c. ( ) 2 – 3 – 5 – 1 – 4
d. ( ) 3 – 1 – 2 – 5 – 4
e. ( ) 5 – 4 – 3 – 2 – 1
1. (UNITAU) Placas tectônicas são gigantescos blocos que compõem a camada sólida externa do planeta e estão
suspensas pelo magma incandescente do interior da Terra. Ao se movimentarem (por afastamento ou
soerguimento), provocam modificações no relevo terrestre. O dobramento das placas tectônicas Sulamericana e
de Nazca deu origem à região conhecida como
a) cordilheira dos Himalaias.
b) cordilheira dos Andes.
c) cordilheira Meso-oceânica.
d) falha de San Andreas.
e) Alpes.
2. (UFT) As placas tectônicas são grandes blocos de rochas que formam a crosta terrestre e flutuam sobre o
magma. Este por sua consistência fluída, possibilita o deslizamento dos continentes e consequentemente suas
movimentações. Como provável consequência desta movimentação das placas tectônicas é que observamos a
ocorrência do terremoto que atingiu o Chile no final de fevereiro de 2010. O mesmo chegou à magnitude de 8,8
graus na escala Richter, causando significativas perdas econômicas e de muitas vidas humanas. Na figura abaixo
temos a representação das principais placas tectônicas que compõem o planeta e seus movimentos.
Na busca de explicações das causas do terremoto que atingiu o Chile, pode-se mencionar que
I. Ocorreu devido ao movimento convergente entre placas tectônicas que abrangem o país.
II. Ocorreu devido ao movimento divergente entre placas tectônicas que abrangem o país.
III. Ocorreu devido ao epicentro estar muito próximo do país.
IV. Ocorreu devido à interação entre as placas tectônicas Pacífica e Sul Americana.
V. Ocorreu devido à interação entre as placas tectônicas de Nazca e Sul Americana.
Analisando o texto e a figura acima, são verdadeiras as assertativas
(A) I, IV e V
(B) II, IV e V
(C) I, III e V
(D) II, III e V
(E) I, II e IV
3. (UNINOVE)
O mapa refere-se à distribuição
(A) das áreas de ocorrência de furacões e ciclones.
(B) das principais placas tectônicas.
(C) das principais formações vegetais.
(D) das principais formas de relevo.
(E) dos principais tipos climáticos.
4. (UNIFEV)
Placas tectônicas são placas rígidas que formam a litosfera, possuindo espessuras que variam de 100 a 200 km, e
que se movem em várias direções, com velocidades variadas, podendo se chocar uma contra outra.
(Antônio T. Guerra e Antônio J. T. Guerra. Novo dicionário geológico-geomorfológico, 2008.)
Considerando os diferentes movimentos executados pelas placas tectônicas, é correto afirmar que, nos limites
(A) conservativos, as placas se afastam rapidamente e são responsáveis pelos tsunamis.
(B) convergentes, as placas se afastam lentamente, como ocorre na dorsal Mesoatlântica.
(C) convergentes, o choque entre as placas tende a destruir suas bordas e a abrir fendas maiores para a atividade
interna.
(D) conservativos, as placas não se encontram e nem se afastam, portanto, não há qualquer alteração da crosta
terrestre.
(E) divergentes, o encontro entre as placas não produz efeitos que podem ser sentidos pelos seres humanos.
5. (UFRGS)
Assinale a afirmação correta com relação aos pontos de 1 a 5 que constam no mapa.
A) O ponto 1 situa-se entre as placas tectônicas Sul-Americana e Nazca.
B) O ponto 3 localiza-se numa área de colisão entre as placas Africana e Indo-Australiana.
C) O ponto 5 localiza-se numa área de formação de arco de ilhas, que corresponde a uma zona de subducção.
D) O ponto 4 situa-se numa área de expansão do assoalho oceânico, responsável pela formação da Cordilheira
dos Andes.
E) O ponto 2 localiza-se numa área de separação de placas tectônicas, responsável pela formação de uma dorsal
oceânica.
6. (MACKENZIE)
A respeito das Placas Tectônicas, é incorreto afirmar que
a) devido aos choques entre as placas de Nazca e Sul-Americana, no Período Terciário, surgiu a Cordilheira dos
Andes.
b) devido ao total desgaste da crosta oceânica e à consequente colisão entre as porções continentais atuais da
Índia e da Ásia, surge o dobramento moderno do Himalaia.
c) as setas, no mapa, indicam onde as placas tectônicas se chocam e onde elas se separam. Esses movimentos
são conhecidos como Convergentes e Divergentes.
d) por meio de informações mais precisas sobre os fundos oceânicos, foi desenvolvida a teoria da Tectônica das
Placas. Segundo pesquisadores a porção superficial da crosta, a Astenosfera, flutua sobre uma camada fundida e
densa conhecida como Litosfera.
e) o material magmático, quando superaquecido, ascende das zonas mais profundas rompendo a camada
superficial em determinados pontos do manto. Essas áreas vulneráveis são os “hot spots” (pontos quentes), nos
quais existe intenso vulcanismo.
7. (FEEVALE) "As cinzas do vulcão chileno Puyehue voltaram a atrapalhar o espaço aéreo argentino, obrigando
as companhias aéreas LAN Argentina, Aerolíneas Argentinas e Austral a cancelarem dezenas de voos
programados para decolar do aeroporto de Ezeiza, em Buenos Aires, nesta terça-feira (26). No Uruguai, pelo
menos 15 voos também foram cancelados devido às cinzas".
A questão envolvendo o vulcão chileno reacendeu a discussão sobre os riscos da região da Cordilheira dos
Andes, especialmente pela existência de vulcões e terremotos, que ocorrem em função de essa região estar em
área de choque de:
a) placas tectônicas.
b) massas de ar.
c) montanhas.
d) correntes marítimas.
e) rochas.
8. (UNIMEP) Dois terremotos devastadores, um ocorrido no Haiti e outro no Chile, com um intervalo temporal de
apenas 45 dias, mostraram a violência das forças da natureza. O tremor ocorrido nesses dois países pode ser
explicado pelo fato de os mesmos estarem localizados na divisa de placas tectônicas. As placas tectônicas são
grandes blocos de rocha que compõem a crosta terrestre e que se movimentam constantemente afastando-se ou
chocando-se. Em ambos os casos liberam grande quantidade de energia que provoca tremores na superfície,
sendo as regiões de encontro entre elas as mais susceptíveis a terremotos. O Haiti e o Chile estão,
respectivamente, nas áreas de contato entre as placas: [
a) Norte-Americana e Caribenha : Nazca e Sul-Americana.
b) Norte-Americana e Euroasiática.
c) Sul-Americana e Caribenha.
d) Australiana e Pacífica.
e) Pacífica e Antártica.
9. (USF)
a) o Brasil e a África ficarão mais próximos.
b) a Austrália se aproximará da Antártica.
c) a Índia se afastará cada vez mais da China.
d) o Oceano Atlântico ficará cada vez menor.
e) o estreito de Gibraltar poderá se fechar, isolando o mar Mediterrâneo.
10. (UNILAGO)
Com base no mapa e nos conhecimentos sobre a teoria da tectônica de placas, considere as afirmativas a seguir.
I. A litosfera é constituída por placas tectônicas, separadas e distintas, que se movimentam em diferentes
direções, sobre a fluidez da astenosfera, ou seja, da zona do manto externo.
II. Com temperatura elevada, o deslizamento do magma em direção à litosfera ocorre através de um movimento
de convecção que força o deslocamento das placas tectônicas.
III. O deslocamento das placas está associado a eventos geológicos, como abalos sísmicos, e criação de
elementos topográficos, como cadeias montanhosas, vulcões e fossas oceânicas.
IV. O deslocamento da placa Sul-americana ocorre no sentido leste, enquanto a placa Africana é empurrada para
oeste, configurando zonas convergentes.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas
11. (UEG)
Analise as questões e marque V (verdadeiro) e F (falso):
( ) O mapa acima apresenta as principais placas tectônicas do planeta Terra. As placas sofrem movimentos
convergentes – que fazem que elas se afastem umas das outras, provocando a formação de um novo terreno no
fundo do mar – e movimentos divergentes – que as fazem chocarem-se umas contra as outras, provocando o
processo de subducção.
( ) A litosfera é constituída pelas crostas continental e oceânica, distribuídas em placas com dimensões e
mobilidade diferenciadas e que apresentam sinais de deslocamentos no plano horizontal, deslizando sobre o
manto. Os limites dessas placas são caracterizados, na maioria das vezes, pela presença de atividades sísmicas,
como vulcanismo e tectonismo.
( ) A crosta terrestre, ao longo da história geológica do planeta, sofreu diversos movimentos tectônicos e continua
sofrendo. As teorias afirmam que todos os continentes formavam uma supermassa, denominada Pangéia. Com o
passar de milhões de anos, ela se fragmentou, dando origem ao Oceano Atlântico. A Antártica e a Austrália
deslocaram-se e a América do Norte separou-se da Europa.
( ) A destruição de placas tectônicas resulta no aparecimento das fossas submarinas e das montanhas orogênicas
nos continentes, ambas margeando a borda continental. As montanhas orogênicas que mais se destacam são a
Cordilheira dos Andes, na América do Sul, os Pireneus e os Alpes, na Europa, o Himalaia, na Ásia, e os Montes
Atlas, na África.
( ) As margens continentais do Pacífico no litoral asiático e australiano são do tipo arco insular. A plataforma
continental é pouco profunda e muito larga e, no limite do talude continental, ocorrem ilhas vulcânicas que, em
conjunto, têm o formato de um arco. Um exemplo dessa formação insular é o arquipélago do Japão e da
Indonésia. Essas áreas são marcadas por grandes atividades tectônicas.
Assinale a alternativa que tem a seqüência CORRETA de cima para baixo:
a) V - F - F - F
b) F - V - V - V
c) V - V - F - F
d) F - F - V - F
e) F - F - F –V
12. (UENP)
a) Quanto aos movimentos das placas tectônicas, elas podem ser convergentes, divergentes, pendulares e
transumantes.
b) O Brasil está situado na placa sul-americana, a qual está divergindo da placa africana.
c) Entre a placa africana e a placa sul-americana existe a cadeia montanhosa submarina chamada dorsal
gondwânica.
d) A placa arábica se localiza entre as placas africana, indo-australiana e de nazca.
e) As placas cocos, caraíbas e filipina são consideradas as mais ativas tectonicamente e sismicamente.
13. (ITPAC) O ano de 2005 foi marcado por catástrofes naturais, as quais trouxeram destruição à vida humana,
eventos que foram amplamente divulgados na mídia internacional. Sobre essas catástrofes a Geografia ensina
que:
I – A maior parte dos fenômenos tectônicos resulta da pressão que o magma exerce sobre a crosta terrestre.
II – Terremotos, vulcanismo e tsunamis são comuns em áreas de choque de placas tectônicas.
III – O Brasil possui a totalidade de seu território no interior da placa tectônica sul-americana.
IV – Tanto nas zonas de construção como nas zonas de destruição, além da ocorrência de terremotos e
vulcanismos é comum o aparecimento de dobras ou fraturas. As dobras ocorrem em rochas frágeis e mais ou
menos plásticas, enquanto as fraturas se formam em rochas mais resistentes ou rijas.
V – Em geral, as chamadas montanhas recentes apresentam intensa atividade sísmica e vulcanismos, justamente
porque se encontram no limite de destruição das placas tectônicas.
Assinale a alternativa CORRETA.
a) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras.
c) Todas as afirmativas são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas III e V são verdadeiras.
e) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras
14. (CESUPA) Atualmente a crosta terrestre é constituída por cerca de doze placas tectônicas, que ficam
literalmente boiando em cima do magma pastoso. Há milhões de anos, quando se iniciou sua movimentação,
devia ter menos placas. Ao se moverem em vários sentidos, pelo fato de o planeta ser esférico, as placas
acabaram se encontrando em determinados pontos da crosta e dando origem aos dobramentos modernos, aos
terremotos, etc.
Assinale a alternativa que contém o nome da placa tectônica sobre a qual o Brasil está situado.
a) Placa de Cocos
b) Placa de Nazca
c) Placa do Pacífico
d) Placa Antártica
e) Placa Sul-Americana
15. (UNIRG) Eram sete e dez. Louis ligou para o serviço de informações e, quando a telefonista lhe perguntou
qual era a cidade, ele disse: Ipswich. O aparelho de telefone estava impregnado de um perfume ao qual ele talvez
fosse alérgico, tão nocivo foi o efeito sobre suas membranas nasais. Ligou para o número de Rita Kernaghan,
deixou o telefone tocar oito vezes e estava prestes a desligar quando um homem atendeu e disse com uma voz
baixa, mortiça e institucional: “Aqui fala o oficial Dobbs”. Louis pediu para falar com a sra. Kernaghan. Eunucos,
perfume, fetos. Dobbs. “Quem está falando?” “É o neto dela.” Louis ouviu o ruído abafado de uma mão tapando o
bocal do outro lado da linha e uma voz ao fundo, depois silêncio. Por fim, um outro homem veio ao telefone, um tal
sargento Akins. “Nós vamos precisar que você nos dê algumas informações”, disse ele. “Como você já deve
saber, houve um terremoto aqui. E não será possível você falar com a sra. Kernaghan, porque ela foi encontrada
morta algumas horas atrás.”
FRANZEN, Jonathan. Tremor. Companhia das Letras.
A história do livro de Franzen se passa na região de Boston, costa Oriental dos Estados Unidos. Ao retratar a
ocorrência de um terremoto, pode-se afirmar que esse fenômeno nessa região
a) é ficção, pois não há a possibilidade de ocorrência de terremotos na costa leste dos Estados Unidos.
b) é realidade, pois a ocorrência de terremotos e atividades vulcânicas é comum e de forma semelhante em todas
as regiões do planeta.
c) é possível, porém mais raro e com menor intensidade, se comparado à costa ocidental do país, sujeita a
grandes abalos sísmicos.
d) é possível, pois a região de Boston situa-se no chamado Círculo de Fogo do Pacífico, região sujeita a grandes
terremotos.
e) é possível, pois com as mudanças climáticas globais associadas à ação do homem, vêm-se intensificando a
ocorrência de terremotos em diversas regiões do planeta.
16. (ITPAC) Em setembro de 2015, o Chile enfrentou um terremoto de magnitude 8,3, o terceiro maior sismo nos
últimos cinco anos. A catástrofe deixou mais de 14 mil pessoas desabrigadas e milhares de casas destruídas, ou
com danos significativos, de acordo com relatos do Escritório Nacional de Emergências (ONEMI).
Disponível em: Acesso em: 29/09/2015, às 13h.
O terremoto no Chile é resultado do encontro de duas placas tectônicas, as placas
a) sul-americana e africana.
b) do pacífico e de Nazca.
c) indo-australiana e africana.
d) antártica e sul-americana.
e) de Nazca e sul-americana.
17. (UERN) Os deslocamentos gerais apresentados pela litosfera são chamados movimentos tectônicos. Muitas
dessas ocorrências geológicas acontecem nas bordas das placas que são áreas de tensão entre estas.
No mapa, localizamos a falha de San Andreas. Assinale, a seguir, o tipo de movimento que ocorre nesta falha.
A) Destrutiva.
B) Construtiva.
C) Conservativa.
D) De subducção.
18. (UERJ) As usinas geotérmicas são uma forma alternativa de geração de energia elétrica por utilizarem as
elevadas temperaturas do próprio subsolo em algumas regiões. Considere as informações do esquema e do mapa
a seguir:
O país cuja localização espacial proporciona condições ideais para amplo aproveitamento da energia geotérmica
é:
(A) Islândia
(B) Nigéria
(C) Uruguai
(D) Austrália
1. (UNICEUMA) O termo tectônica ou tectonismo designa
A) movimentos internos verticais e horizontais que deformam a litosfera.
B) processo que conduz ao derramamento de lavas na superfície da terra.
C) movimentos transgressivos e regressivos do nível do mar.
D) processo de desagregação física e química das rochas.
1. (FATEC) O 'tsunami' que matou, em dezembro de 2004, muitos milhares de habitantes de países banhados
pelo Oceano Índico já estava quase esquecido quando, em final de maio de 2006, um forte tremor de terras na ilha
de Java (Indonésia) fez novas vítimas, que chegam a cerca de 5 mil mortos. Os dois fenômenos, tsunamis e
terremotos,
a) estão relacionados às estruturas geológicas cristalinas, predominantes na região.
b) representam ocorrência comum nas regiões situadas no centro de uma placa tectônica.
c) resultam dos desequilíbrios geotérmicos que ocorrem no núcleo, parte central da Terra.
d) demonstram que os epicentros, locais de formação dos tremores, estão concentrados no hemisfério Sul.
e) têm origens semelhantes, pois ocorrem devido à movimentação das placas tectônicas.
2. (UFU) No ano de 2004 e 2010, foram registrados dois grandes tsunamis que causaram destruição e morte em
vários países costeiros e ilhas na Ásia, com destaque para Indonésia, Tailândia e Ilha de Sumatra. Em relação aos
tsunamis, assinale a alternativa correta.
A) Os tsunamis estão ocorrendo com maior frequência no planeta devido às alterações ambientais, que estão
potencializando não só os tsunamis, mas também o aquecimento global, a destruição da camada de ozônio e o
derretimento das calotas polares.
B) Os tsunamis são fenômenos desencadeados, principalmente, por fatores geológicos relacionados, em sua
maioria, a maremotos, vulcões submarinos e escorregamentos rápidos de encostas e geleiras em regiões
costeiras.
C) O litoral brasileiro é uma região propícia à ocorrência de tsunamis devido à instabilidade geológica causada
pela Dorsal Meso-Atlântica, que separa a placa sul Americana da Placa Africana.
D) Durante a ocorrência de um tsunami, o mar não apresenta nenhum sinal de mudança de comportamento, o que
acarreta grandes quantidades de vítimas, que são pegas de surpresa pelo avanço de ondas de vários metros de
altura sobre o litoral.
1. (FUVEST) O vulcanismo é um dos processos da dinâmica terrestre que sempre encantou e amedrontou a
humanidade, existindo diversos registros históricos referentes a esse processo. Sabe-se que as atividades
vulcânicas trazem novos materiais para locais próximos à superfície terrestre. A esse respeito, pode-se afirmar
corretamente que o vulcanismo
a) é um dos poucos processos de liberação de energia interna que continuará ocorrendo indefinidamente na
história evolutiva da Terra.
b) é um fenômeno tipicamente terrestre, sem paralelo em outros planetas, pelo que se conhece atualmente.
c) traz para a atmosfera materiais nos estados líquido e gasoso, tendo em vista originarem-se de todas as
camadas internas da Terra.
d) ocorre, quando aberturas na crosta aliviam a pressão interna, permitindo a ascensão de novos materiais e
mudanças em seus estados físicos.
e) é o processo responsável pelo movimento das placas tectônicas, causando seu rompimento e o lançamento de
materiais fluidos.
2. (PUC) Em 2002, mais uma vez os sicilianos assistiram atemorizados a um espetáculo da natureza: as erupções
do
vulcão
mais
ativo
da
Itália,
o
Etna.
Leia atentamente as afirmativas relacionadas a esse tema:
I – O vulcão Etna situa-se na extensa área de atividade vulcânica e sísmica denominada de “Círculo de Fogo do
Pacífico”.
II – A atividade vulcânica do Etna está diretamente relacionada à dinâmica das placas da litosfera terrestre.
III – Além da atividade vulcânica, a região do sul da Itália, bem como as de outras porções do Mediterrâneo, sofre,
com certa freqüência, abalos sísmicos de grande intensidade.
Assinale
a
alternativa
ou as afirmativas corretas:
A) Apenas I é correta.
B) Apenas II é correta.
que
contém
a
afirmativa
correta
C) Apenas I e II são corretas.
D) Apenas II e III são corretas.
E) As três são corretas.
3. (UNICENTRO)
As áreas destacadas no mapa correspondem
A) às áreas ecúmenas, em decorrência do predomínio de fossas tectônicas.
B) ao círculo do fogo, sujeito à ação do tectonismo.
C) aos dobramentos modernos, formados por escudos cristalinos pré-cambrianos.
D) às áreas onde se concentram os vulcões inativos.
E) aos planaltos residuais, onde os processos erosivos foram intensos, no Período Terciário.
1. (VUNESP) Analise as duas paisagens litorâneas apresentadas a seguir.
As duas paisagens são brasileiras, mas bastante diferentes. O principal fator de diferenciação entre elas é
(A) a composição climatobotânica.
(B) a movimentação das marés.
(C) a intensidade do vento.
(D) o grau de umidade do ar.
(E) a estrutura geológica.
2. (CATÓLICA DE PELOTAS) A estrutura geológica do território brasileiro é composta, basicamente, por dois
tipos: os escudos cristalinos e as bacias sedimentares. Analise as seguintes afirmativas sobre a estrutura
geológica do Brasil.
I. As formações serranas têm suas origens nos dobramentos antigos, ou seja, que existiram antes da Era
Cenozoica, como por exemplo, os dobramentos que originaram a Serra do Mar e a Serra da Mantiqueira, que são
da Era Arqueozoica.
II. As bacias sedimentares cobrem a maior parte do território brasileiro e classificam-se, quanto à extensão, em
grandes bacias, como a do Recôncavo Baiano e pequenas bacias, como a Amazônica.
III. Os crátons, por serem muito antigos, foram moldados pelos agentes externos do relevo e deram origem a
formas arredondadas, os planaltos cristalinos.
IV. Os terrenos mais antigos do país, que integram as bacias sedimentares originadas na Era Cenozoica, são
importantes do ponto de vista econômico, pois contêm minerais metálicos, como ferro, manganês e cobre.
V. As bacias sedimentares são estruturas geológicas de grande importância econômica por abrigarem jazidas de
recursos minerais energéticos, como o petróleo e o carvão.
Marque a opção correta.
A) III e IV estão corretas.
B) I e IV estão corretas.
C) I, III e V estão corretas.
D) II, IV e V estão corretas.
E) I, II e IV estão corretas.
3. (FM-ABC) Quando se fala em estrutura geológica a referência é a distribuição geográfica (espacial) das rochas
na superfície terrestre. Essa distribuição forma diferentes conjuntos como, por exemplo, os escudos cristalinos,
constituídos por rochas cristalinas (ígneas ou magmáticas e metamórficas) antigas como os granitos e gnaisses.
Tendo em vista esses conjuntos de estrutura geológica e sua associação com as formas de relevo no Brasil, é
correto afirmar que
(A) no Brasil há o Escudo Brasileiro e o Escudo das Guianas, e o padrão de relevo em suas áreas se caracteriza
por médias altitudes - 200 a 800 metros - raramente ultrapassando os 2.000 metros.
(B) as estruturas geológicas de maior extensão no Brasil são as bacias sedimentares, e o relevo nessas áreas se
caracteriza por altitudes mais elevadas do que as dos escudos cristalinos.
(C) a forma de relevo caracterizada como planalto, que são terras elevadas em meio a áreas erodidas, são
ocorrências exclusivas das áreas dominadas por escudos cristalinos, tal como o Planalto das Guianas.
(D) as bacias sedimentares, como o nome diz, constituem-se de rochas sedimentares e as mais antigas, em nosso
território, já nem podem mais ser consideradas como áreas de relevo de terras baixas.
(E) as formas de relevo dependem da estrutura geológica que as suporta, e fatores externos interferem pouco na
sua configuração, tal como acontece no Brasil.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards