Antífona

Propaganda
Sistemas de gerenciamento para ensino a distância
Segundo Machado (1998), os Sistemas de Gerenciamento para Ensino a Distância
(SGEADS), ou IMS (Instructional Management System) são uma coleção de
ferramentas para criação de material educacional que não inclui somente
aplicativos para criação de material (texto, imagem, etc.)
mas também
ferramentas para o gerenciamento do desenvolvimento do aluno, testes e
avaliações, trabalhos extra-classe, enfim, tudo que é necessário em um ambiente
de ensino/aprendizagem. Para a IMS Project (1998), um sistema de gerenciamento
deve...
 oferecer material hipermídia para os alunos utilizarem em casa,
sala de aula ou laboratório;
 avaliar o progresso e desenvolvimento dos alunos;
 administrar avaliações, testes e exercícios mantendo os
resultados armazenados;
 ajudar os professores a administrarem aulas e notas;
 permitir facilidades de relatório das atividades realizadas;
 controlar a organização do conteúdo, agregando informações em
unidades coerentes;
 fornecer links para sites correlatos na web;
 facilitar a edição/criação das páginas na web;
 além dos serviços apresentados anteriormente, os SGEADS
podem e devem fornecer ferramentas que melhorem a
comunicação (MACHADO, 1998);
 salas de bate-papo (chats) e fóruns de discussão. A exposição do
aluno a diferentes pontos de vista é um aspecto muito importante
na etapa de construção do conhecimento;
 quadros de avisos permitem a comunicação de tarefas, e também
o trabalho cooperativo entre professores e alunos;
 edição colaborativa de documentos;
 conferência por áudio e vídeo;
 acesso a páginas pessoais de alunos e professores;
 correio eletrônico através de páginas-formulário da web, rápidas e
fáceis de utilizar;
 a utilização em conjunto de SGEADs e SGBDs (Sistemas
Gerenciadores de Bancos de Dados) pode prover manutenção e
criação automática das turmas virtuais, autenticação de acesso
aos alunos e atualização automática das notas dos alunos para
emissão de boletins.
Verifica-se, por um lado, um grande conjunto disperso de prescrições sobre EAD e,
por outro lado, observa-se a acelerada disponibilização de sistemas para criar e
aplicar cursos a distância. Para ilustrar a diversidade de sistemas na web dirigidos à
EAD, selecionamos para serem analisados quatro projetos que descrevemos a
seguir - TopClass, Virtual-U, WebCT e AulaNet. Com a análise, buscamos identificar
se os sistemas incorporam as características descritas na seção anterior. A partir
desses estudos propomos diretrizes, expressas como padrões, para elaboração de
sistemas para EAD.
TopClass
1
TopClass integra ferramentas de aprendizagem colaborativa, de entrega e
gerenciamento de conteúdo e de gerenciamento de pessoas. A conectividade entre
os participantes é baseada na web através de um browser padrão. O sistema roda
sobre a Internet ou em redes locais corporativas. Há um sistema de mensagem
para comunicação entre alunos e entre alunos-professor, a participação em
múltiplas listas de discussão e atividades personalizadas para alunos. Em TopClass,
os cursos são construídos pelo professor a partir de Unidades de Material de
Aprendizado que podem ser livremente exportadas ou importadas de curso para
curso, podendo conter testes de múltipla escolha. Os estudantes e professores são
agrupados em classes e o acesso ao material do curso, grupos de discussão e
avisos são gerenciados automaticamente, de forma que somente os participantes
autorizados possam obtê-lo. TopClass indica, para cada usuário individual, o status
do material de curso definido para ele através de mensagens do tipo: novo, velho,
lido ou não lido. O professor também tem acesso a esse status para monitorar o
progresso do aluno.
Virtual-U
Virtual-U é um sistema baseado em um servidor que possibilita a criação de cursos
em browser web. O sistema possui os seguintes componentes...




sistema de conferência: oferece a possibilidade de configurar
grupos cooperativos, definindo tarefas e objetivos e a criação de
subconferências.
ferramenta de estruturação do curso: possibilita a criação de
cursos on-line sem conhecimento prévio de programação, através
de templates que auxiliam o professor em aspectos relevantes
como leituras necessárias e definição de conferência de grupo.
livro de grau: gerencia a base de dados onde estão armazenados
os níveis de desempenho dos alunos em um determinado curso.
São apresentadas as atividades avaliadas, realizadas em forma
gráfica ou de texto.
ferramentas de administração do sistema: utilizadas pelo
administrador do sistema, incluindo criação e manutenção de
cursos e definição de privilégios de acesso.
WebCT
WebCT é um sistema para a criação de ambientes educacionais baseados na web,
fornecendo uma variedade de ferramentas, como chat, trilha do progresso do
aluno, organização de projeto em grupo, auto-avaliação, controle de acesso,
ferramentas de navegação, investigações auto-marcadas, correio eletrônico,
geração de índice automático, calendário de curso, homepages dos alunos e
pesquisas do conteúdo do curso. Um curso em WebCT está organizado em torno de
uma homepage principal, com ligações para componentes de conteúdo do curso,
como páginas de conteúdo, ou para outras páginas, além de ferramentas do curso,
como correio eletrônico, auto-avaliação e glossário. O sistema proporciona
diferentes visões do curso dependendo da classe do usuário. Há quatro classes de
usuários...


administrador: há um único administrador, que não pode
configurar ou adicionar conteúdo ao curso, mas apenas iniciar um
curso e abrir um curso vazio para um projetista. O administrador
pode cancelar cursos e mudar a senha dos projetistas;
projetista: para cada curso somente um único projetista é
considerado pelo sistema e, normalmente, esse projetista é o
2


professor do curso. O projetista pode manipular o curso de
diversos modos: criando perguntas, checando o progresso dos
alunos, definindo grupos de trabalho dos alunos etc;
instrutor: cada curso pode ter um número qualquer de
instrutores. O instrutor tem os mesmos privilégios de um
estudante mas também pode corrigir provas;
alunos: cada curso pode ter qualquer número de alunos. Os
estudantes não podem manipular o conteúdo do curso. O
projetista do curso cria as contas dos alunos.
AulaNet
AulaNet é um ambiente para criação, manutenção e assistência de cursos baseado
na web, desenvolvido no Laboratório de Engenharia de Software do Departamento
de Informática da PUC-Rio (LUCENA et al., 1998). Um curso no AulaNet é um
conjunto de aulas voltadas para a apresentação de conteúdos aos alunos. Os
conteúdos podem ser apresentados como transparências, textos de aulas, vídeo e
imagens. Para enriquecer o processo de aprendizagem, AulaNet prevê a indicação
de fontes complementares de informação. A interatividade do curso é garantida por
uma série de serviços de comunicação e cooperação, entre alunos e entre alunosprofessor, simultâneos ou não simultâneos, tais como, correio eletrônico, listas de
discussão, grupos de discussão, sessões de chat e videoconferências.
AulaNet apóia-se nas seguintes premissas básicas...






os cursos criados devem possuir grande capacidade de
interatividade, de forma a atrair a participação intensa do aluno
no processo de aprendizagem;
os mecanismos para a criação de cursos devem corresponder aos
de uma sala de aula convencional, acrescidos de outros
normalmente disponíveis no ambiente web;
deve ser possível a reutilização de conteúdos já existentes em
mídia
digital,
através
da
importação
de
arquivos.
AulaNet considera como atores envolvidos no processo de
criação/assistência;
o autor: criador do curso, participando desde a descrição inicial do
mesmo até a entrada dos conteúdos. Poderá ser ou não o
responsável pela aplicação do curso. Caso positivo, assume
também a função de Professor, podendo contar ou não com o
auxílio de professor co-autor;
o aluno: usuário final, representando o público-alvo para quem o
curso se destina. O professor pode dar ao aluno status de coautor de aulas do curso;
o administrador: facilitador da integração professor/curso/aluno,
tratando de questões de natureza eminentemente operacional,
como inscrição do aluno, divulgação da agenda e das notícias do
curso etc.
[...]
Fonte
CUNHA, Leonardo M. da; CAMPOS, Fernanda C. A.; SANTOS, Neide. Sistemas de
gerenciamento para ensino a distância. In:______. Educação a distância: padrões
para
projetos
de
sistemas.
Disponível
em:
3
<http://enlaces.c5.cl/tise99/memoriatise99/html/papers/projetos/index.htm>.
Acesso em: 22 jan. 2007.
4
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards