NOME:
ANO: 9º
Profª Caroline de Almeida Nascimento
Nº:
Recuperação paralela preventiva – 1º trimestre
1) Observe a tirinha.
a) Interprete a tira e explique, com suas palavras, o que causa o humor nela.
O que provoca o humor na tirinha é a quebra de expectativa por parte do homem
viking, que acredita que estará resolvendo o desconforto de sua esposa ao contar piadas
sujas nas costas dela, ao invés de contar-lhe “em sua frente”.
b) Retire do texto um exemplo de período composto por subordinação em que haja uma
oração subordinada substantiva. Divida o período e classifique as orações.
Detesto/ que contem piadas sujas na minha frente
OP
Oração Subordinada Substantiva Objetiva direta
2) Divida e classifique as orações abaixo.
Legenda
Oração principal
Oração subordinada substantiva
a) Não quero que faça isso.
Oração subordinada substantiva objetiva direta
b) Precisamos da certeza de que comparecerá.
Oração subordinada substantiva completiva nominal
c) Pare com isso: desejar mal aos outros.
Oração subordinada substantiva apositiva
d) Sabe-se que falhou no exame.
Oração subordinada substantiva subjetiva
e) Ele sabe que falhou no exame.
Oração subordinada substantiva objetiva direta
f) É fundamental conversar com os pais.
Oração subordinada substantiva subjetiva reduzida de infinitivo
g) Lembro de falar com Isabela.
Oração subordinada substantiva objetiva indireta reduzida de infinitivo
h) Deixe ele repousar.
Oração subordinada substantiva objetiva direta reduzida de infinitivo.
i) Aposto que não acreditará em mim.
Oração subordinada substantiva objetiva direta
j) O importante era ajudar.
Oração subordinada substantiva predicativa reduzida de infinitivo
k) Era importante ajudar.
Oração subordinada substantiva subjetiva reduzida de infinitivo
3) Transforme as orações em períodos composto. Na sequência, divida-os e classifique.
Legenda
Oração principal
Oração subordinada substantiva
a) Marcelo prefere a solidão.
Marcelo prefere ser solitário.
Oração subordinada substantiva objetiva direta reduzida de infinitivo
b) Nada o impedirá da viagem.
Nada o impedirá de viajar.
Oração subordinada substantiva objetiva indireta reduzida de infinitivo.
c) Apoiamos sua fuga.
Apoiamos que fuja.
Oração subordinada substantiva objetiva direta
d) Seu sonho era férias.
Seu sonho era estar de férias.
Oração subordinada substantiva predicativa reduzida de infinitivo
4) Leia o texto abaixo e faça um resumo. Utilize no máximo 10 linhas.
Cachorros entendem os sentimentos dos donos
Por Carol Castro – 17 de março de 2014
Lembra quando a gente contou que os cães sentem as mesmas emoções que uma
criança? Bem, parece que o cérebro deles se parece ainda mais com o nosso.
Principalmente na hora de decifrar as emoções dos donos.
É o que sugere o estudo de pesquisadores húngaros. Eles treinaram 11 cães para ficarem
quietos numa máquina de ressonância magnética, com um fone de ouvido, durante oito
minutos. Então fizeram várias sessões para mostrar 200 sons (choros, risadas, vozes,
latidos de cachorros, barulho de carro) a eles, enquanto tinham o cérebro escaneado.
Eles fizeram o mesmo teste com 22 humanos.
As imagens mostraram que o cérebro aciona as mesmas áreas em homens e cães quando
escuta sons de vozes humanas. É ativada uma região mais anterior do lobo
temporal (área Brodmann 38). Além disso, quando os cães escutam sons como choro ou
risada uma área perto do córtex auditivo primário começa a trabalhar – e é ele o
responsável por processar informações emocionais na voz. Exatamente como acontece
com a gente.
Isso quer dizer, segundo os pesquisadores, que os cães provavelmente conseguem
entender seus sentimentos. Eles só não prestam tanta atenção assim: os sons de outros
cachorros e do ambiente podem chamar mais a atenção deles do que seu chororô.
Disponível em: http://super.abril.com.br/blogs/cienciamaluca/cachorros-entendem-ossentimentos-dos-donos/
Acessado em mar. 2015
Para que se faça um bom resumo, é essencial que se utilize suas próprias palavras para
redigir o texto.
Dentre as informações que não poderiam deixar de ser mencionadas, estão:
O funcionamento de área cerebral em animais e seres humanos de modo similar
sugerindo reconhecimento de emoções;
Breve relato da experiência realizada;
Download

Recu._preventiva_com_resposta__-_9_ano_-_1_tri_2015