Alicate Amperímetros
Para que servem?
Um amperímetro, como o próprio nome sugere, serve para medirmos
ampares, isto é, corrente. Existem amperímetros para medição em corrente
contínua (C.C., DC) e para corrente alternada (C.A., AC).
Como devo utilizá-lo?
Um amperímetro sempre deve ser conectado em série ao sistema, como é
ilustrado abaixo
.
A resistência interna do amperímetro é extremamente pequena, o que
significa que ele não interfere na resistência equivalente do circuito,
indicando uma corrente próxima a aquela que realmente existe no circuito.
Quando estamos trabalhando em um circuito de corrente alternada, não
devemos nos preocupar com a polaridade do amperímetro, isto é, tanto faz
qual cabo conectaremos em cada parte do circuito. No entanto, ao
trabalharmos em corrente contínua, devemos nos ater ao sentido da
corrente. A corrente sempre deve entrar no amperímetro pelo seu pólo
positivo (+, normalmente indicado pela cor vermelha) e sair pelo seu pólo
negativo (-, normalmente indicado pela cor preta).
Dicas
A maioria dos amperímetros possui fusíveis de proteção interna, para o
caso da corrente que for passar pelo amperímetro ser maior do que a sua
capacidade. Eventualmente, ao utilizarmos o amperímetro de forma
incorreta, esses dispositivos de proteção atuarão e terão de ser substituídos.
Por isso, mantenha um bom estoque deles em sua bancada
Certos amperímetros (principalmente os inclusos em multímetros), não
possuem proteção para certas escalas, normalmente estas são identificadas
como unfused (sem fusível, na tradução). Nestes casos, é uma idéia se
conectar um fusível em série com uma corrente nominal compatível com a
escala que estamos utilizando.
Como foi dito no item “Como devo utilizá-lo?”, é necessário conectar
sempre o amperímetro em série ao circuito. Em certas situações, veremos
que isto não é possível, como no circuito de nossa casa. Suponhamos que
queremos medir a corrente de uma das fases que alimentam o circuito
interno de uma residência. Infelizmente, não é possível “abrirmos” o
circuito sem que haja o desligamento do mesmo. Neste tipo de situação,
utilizamos o alicate amperímetro, que é um sensor de corrente que é
colocado em volta do cabo que se deseja medir, e, através de um sensor
com base no efeito hall, é feita a medição da corrente da linha, tanto
contínua quanto alternada.
Principais Erros
O principal erro ao se utilizar um amperímetro é efetuar a medição em
paralelo, não em série. O resultado disto é um curto-circuito, evidenciado
pela carbonização de alguns pontos e a possível queima da proteção do
equipamento ou mesmo de seu fusível. Vamos entender melhor o que
acontece ao conectarmos o amperímetro em paralelo a um circuito F+N,
com 127vc.a. nominais.
A resistência interna do amperímetro, como dito anteriormente, é
extremamente baixa. Como exemplo, utilizaremos o equipamento “DG 48
Alternado – Entrada 5ac.a.”, de fabricação da KRON Instrumentos
Elétricos, tal equipamento é um indicador de painel para corrente alternada
de até 5Ac.a.. Conforme o catálogo técnico do fabricante, a resistência
interna deste amperímetro de painel é de 0,02 ohms. Pela lei de ohm,
teremos uma tensão de 127Vc.a. com uma resistência de apenas 0,02 ohms,
o que nos daria absurdos 6350Ac.a. passando pelo amperímetro.
Obviamente dispositivos de segurança irão atuar, sejam m eles fusíveis,
dispositivos internos do instrumento ou até mesmo o disjuntor do quadro da
instalação em questão.
Na melhor das hipóteses, teremos apenas de substituir o fusível do
equipamento. Na pior, podemos danificar não só o equipamento, mas
também o circuito que estamos medindo.
Download

Alicate Amperímetros Para que servem? Um amperímetro, como o